Título e Capa 3
Escrita / Enredo 3
Originalidade 2
Personagens 3
Final 3

Quando vi o trailer desse filme, em alguma introdutória no cinema, logo pensei: é, acho que vou assistir em casa e ver o que vai ser no fim das contas. Como de praxe vamos a sinopse para assim vocês saberem o que se passa nesse filme,  “A Terra repentinamente sofre uma série de ataques alienígenas. ..

Summary 2.8 normal
Título e Capa 5
Escrita / Enredo 5
Originalidade 5
Personagens 5
Final 5
Summary rating from 1 user's marks. You can set own marks for this article - just click on stars above and press "Accept".
Accept
Summary 5.0 great

[crítica] A 5ª Onda

Quando vi o trailer desse filme, em alguma introdutória no cinema, logo pensei: é, acho que vou assistir em casa e ver o que vai ser no fim das contas.

Como de praxe vamos a sinopse para assim vocês saberem o que se passa nesse filme, 

“A Terra repentinamente sofre uma série de ataques alienígenas. Na primeira onda de ataques, um pulso eletromagnético retira a eletricidade do planeta. Na segunda onda, um tsunami gigantesco mata 40% da população. Na terceira onda, os pássaros passam a transmitir um vírus que mata 97% das pessoas que resistiram aos ataques anteriores. Na quarta onda, os próprios alienígenas se infiltram entre os humanos restantes, espalhando a dúvida entre todos. Com a proximidade cada vez maior da quinta onda, que promete exterminar de vez a raça humana, a adolescente Cassie Sullivan (Chloe Grace Moretz) precisa proteger seu irmão mais novo e descobrir em quem pode confiar.”

já que agora já sabem o que rola no filme, espera-se algo excelente a nível de muitos outros de ficção científica que envolve alienígenas, exército e guerra, muita guerra, tipo aquelas que não faz você desgrudar o olho da tela, mas não, não é assim; a começar pelas cenas clichê que você encontra e também por falta de inspiração, ou mais originalidade na criação dos seres extraterrestres e seus aparelhos aniquiladores.

Vamos as imagens e vocês entenderão o que digo:

A-5-ª-Onda3Batalha de Los AngelesDistrito 9

Estes Filmes foram rodados (da esquerda pra direita) em: 2016 “A Quinta Onda,2013 “Batalha de Los Angeles” e 2009 ” Distrito 9″.

Não que seja totalmente ruim usar outros como referência, ou base, mas o certo é você usar a base para ser mais original que o primeiro. Assim que funciona. Mas voltando… Agora sobre as batalhas, ou seja, normalmente sem adrenalina, ou ação, que acontecem no filme, sem dizer que quando você está vendo o filme você praticamente acerta todas as cenas que seguem no decorrer do filme, o que temos é um filme totalmente previsível. Até quando o exército chega para ajudar eu fiquei com aquilo na cabeça: Poxa! O exército demorou 4 ondas para fazer algo? Que aconteceu com os poderosos exércitos que conhecemos? Na verdade isso vai ser explicado no final, só que não me convenceu. Enfim, o filme tinha uma história estupenda pela frente, mas que não é bem trabalhada, sem falar no “romancezinho” que sempre tem nos filmes teens de hoje; de todos os filmes pós-apocalípticos e esse é o que menos conseguiu atrair atenção. Mas pelo menos eu gostei mais que jogos vorazes.

Do elenco devo dizer que a Chloë Grace Moretz (eterna Hit-Girl) atuou muito bem e convenceu muito bem. Mas não diria o mesmo do restante, ou quase todos, pois muitos ali não tiveram uma boa atuação. Enfim, esse filme é daqueles típicos “Sessão da Tarde”, ou daqueles filmes que assistimos sem compromissos; ou um filme normal. Dizem que o livro é muito bom, e que será uma série. Mas não garanto do filme, a não ser que o diretor corrija o que errou no primeiro e deixe o filme com mais personalidade.

É isso aí pessoal. Não se esqueçam da inscrição no site e demais redes sociais! Se você assistiu ou leu o livro comente aí pra vermos a sua opinião. Abraços!

Aí vai o trailer:

Related posts


RESENHA - OS INCRÍVEIS 2 - BRAD BIRD


RESENHA - OS INCRÍVEIS 2 - BRAD BIRD

Após 14 anos de espera, a família preferida de heróis retorna às telonas, com uma comédia mostrando dramas e dificuldades dos super-heróis e, ao mesmo tempo, mostrando o valor da família e o companheirismo dos mesmos. A trama de Os Incríveis 2 começa imediatamente após o término do primeiro...

Crítica – Se Enlouquecer, Não Se Apaixone (2010)

Crítica - Se Enlouquecer, Não Se Apaixone (2010)


Crítica - Se Enlouquecer, Não Se Apaixone (2010)

Às vezes fico me perguntando o motivo de muitas pessoas hoje em dia acharem algo como suicídio ser tão interessante. Algo incabível para minha consciência. A sociedade está cruel, para dizer a verdade, chegam até a criar jogos que botam em riscos os jovens com a falta de endorfina, serotonina...

Resenha – Power Rangers: RPM

Resenha - Power Rangers: RPM


Resenha - Power Rangers: RPM

Sim amiguinhos. Hoje vamos falar dos heróis que não sangram, mas soltam faíscas. Os heróis que fazem toda uma coreografia para vestir suas roupas. Os heróis com os efeitos especiais mais toscos da TV. Exatamente, vamos falar de Power Rangers. Mais especificamente, Power Rangers: RPM. Vou colocar...