Título e Capa 4
Escrita / Enredo 3
Originalidade 3
Personagens 5
Final 4

Com a explosão de séries do momento, envolvendo a adolescência e questões importantes como sexo, drogas e bullying, a Netflix traz “Baby”, série italiana que abrange esses mesmos elementos de forma divertida, dramática e envolvendo o espectador nos seis episódios disponíveis. A série procura abordar esses dilemas da adolescência focando em um grupo específico de ..

Summary 3.8 Ótimo
Título e Capa 0
Escrita / Enredo 0
Originalidade 0
Personagens 0
Final 0
Summary rating from user's marks. You can set own marks for this article - just click on stars above and press "Accept".
Accept
Summary 0.0 Ruim

CRÍTICA – BABY – ANNA NEGRI E ANDREA DE SICA

Com a explosão de séries do momento, envolvendo a adolescência e questões importantes como sexo, drogas e bullying, a Netflix traz “Baby”, série italiana que abrange esses mesmos elementos de forma divertida, dramática e envolvendo o espectador nos seis episódios disponíveis.

A série procura abordar esses dilemas da adolescência focando em um grupo específico de jovens de classe média alta da cidade de Roma, Itália. A princípio, nos deparamos principalmente com 3 personagens, Chiara (Benedetta Porcaroli), Ludovica (Alice Pagani) e Damiano (Ricardo Mandolini), mostrando os problemas que lidam diariamente, fazendo-os questionar a própria existência.

Foto: Observatório do Cinema

 

Além de lidar com questões “comuns” da adolescência, a trama também aborda a prostituição infantil. Embora trate a prostituição de forma natural pelas personagens principais, Chiara e Ludo, já que ambas consideram a prática como algo comum e que as possibilita viver entre o subúrbio e a classe média alta. A série deixa claro os riscos, perigos e consequências desse estilo de vida.

Escandalosa e polêmica, a narrativa e escolha dos personagens é bem elaborada e o enredo é envolvente. Cada um dos personagens possui características particulares, também são vulneráveis e fazem escolhas cada vez mais estúpidas, nunca se contentando com os resultados finais.

Baby é sem dúvida uma ótima escolha para os amantes de séries adolescentes e dramas. Após assistirem, deixem a opinião nos comentários.

Assista o trailer: https://www.youtube.com/watch?v=2O5ZyTqFbe8&t=11s

Related posts

A ELITE (Original Netflix): Descubra do que A Elite é capaz!

A ELITE (Original Netflix): Descubra do que A Elite é capaz!


A ELITE (Original Netflix): Descubra do que A Elite é capaz!

******************************NÃO contém spoiler******************************* Com atuações afiadas, uma direção equilibrada, com bons diálogos provenientes de um roteiro bem arquitetado, A Elite, mais uma das séries originais da Netflix, vem para afirmar não só a importância de se abordar...

RESENHA – COMO AGARRAR UMA HERDEIRA – JULIA QUINN

RESENHA - COMO AGARRAR UMA HERDEIRA - JULIA QUINN


RESENHA - COMO AGARRAR UMA HERDEIRA - JULIA QUINN

Quando Caroline Trent é sequestrada por engano por Blake Ravenscroft, não faz o menor esforço para se libertar das garras do agente perigosamente sedutor. Afinal, está mesmo querendo escapar do casamento forçado com um homem que só se interessa pela fortuna que ela herdou. Blake a confundiu com...

Polar (Original Netflix): “Um bom filme de ação. Porém, uma adaptação mediana.”

Polar (Original Netflix): "Um bom filme de ação. Porém, uma adaptação mediana."


Polar (Original Netflix): "Um bom filme de ação. Porém, uma adaptação mediana."

******************************NÃO contém spoiler****************************** Mads Dittman Mikkelsen, o astro da série Hannibal , dá vida em Polar ao protagonista Black Kaiser, o sanguinário personagem criado por Victor Santos na série de HQs de mesmo nome. O filme (Original Netflix), tem por...