Título e Capa 4
Escrita / Enredo 5
Originalidade 5
Personagens 5
Final 5

Te faz rir, e te dá vontade de chorar, você olha a vida de um jeito que nunca parou para olhar: através da música. É assim, com essa frase, que eu consigo descrever o filme Mesmo se nada der certo dirigido por John Carney. Em certos momentos você se sente até parte do filme, como ..

Summary 4.8 great
Título e Capa 0
Escrita / Enredo 0
Originalidade 0
Personagens 0
Final 0
Summary rating from user's marks. You can set own marks for this article - just click on stars above and press "Accept".
Accept
Summary 0.0 bad

Crítica do Filme Mesmo se nada der certo – John Carney

Te faz rir, e te dá vontade de chorar, você olha a vida de um jeito que nunca parou para olhar: através da música. É assim, com essa frase, que eu consigo descrever o filme Mesmo se nada der certo dirigido por John Carney. Em certos momentos você se sente até parte do filme, como um amigo dos personagens. Não sou nenhuma cinéfila especialista, tudo que sei sobre os filmes é como me sinto quando assisto. E como senti quando assisti esse: posso dizer que o filme é realmente bom, do meu ponto de vista, quase perfeito.

Dan Mulligan (Mark Rufallo) e Gretta James (Keira Knightley) são completos desconhecidos, com apenas uma coisa em comum, a música, que é basicamente o que fez suas vidas estarem como estão: um mar de problemas para Dan, e tristeza e decepção para Gretta.

Logo de início vemos que Dan vive da música, um dia um produtor de sucesso, e no outro um bêbado que acaba de ser demitido da gravadora que ele próprio criou. Afogado em suas amarguras, e em álcool também, Dan é separado da esposa e tem uma filha, com quem não se dá tão bem assim. E nessa vibe de azar que Dan se vê em um bar qualquer, ouvindo Gretta cantar, e ali ele vê a magia, uma oportunidade de ser quem era, onde todos veem apenas uma garota com uma voz comum e um violão, ele vê um belo caminho rumo ao sucesso.

Mas esses são só os primeiros 10 minutos de filme, nos 95 minutos restantes muita coisa acontece, e como em qualquer amizade, eles brigam, eles se ajudam e principalmente, há uma sinceridade ali, uma sinceridade que fortalece cada vez mais aquela amizade, regada a muita música e sorrisos.

E resumindo, a mensagem que acredito que o filme queira passar, é que mesmo em meio aos problemas da vida, a correria do dia a dia, em meio ao caos da cidade, ainda sim podemos ouvir a nossa própria música, sermos nós mesmos, sem se importar com os outros, e que tudo isso, fica mais fácil se tivermos um bom amigo, que não precisa ser o melhor ou ser perfeito, só precisa ser aquele alguém que estará ali quando você precisar, na melhor música ou na pior decepção.

E vocês, já assistiram Mesmo se nada der certo? Se sim, o que acharam? Se não, eu recomendo que assistam e depois não esqueçam de deixar a sua opinião aqui nos comentários.

Related posts

Resenha – Kimi no Na wa (Your Name)

Resenha - Kimi no Na wa (Your Name)


Resenha - Kimi no Na wa (Your Name)

Sim, amiguinhos. Hoje vamos falar sobre uma animação vinda das longínquas terras do Japão, sim, aquele Japão cheio de coisas bizarras e animes que tanto amamos, ou odiamos. Vamos falar sobre Kimi no Na wa, ou como ficou conhecido aqui no ocidente, Your Name. Bem, vou colocar a sinopse logo...

O Espaço Entre Nós – Peter Chelsom

O Espaço Entre Nós - Peter Chelsom


O Espaço Entre Nós - Peter Chelsom

Muito bem, pessoal! hoje irei falar do mais novo lançamento, e e acaba de sair dos cinemas direto para a Netflix. Sim O Espaço Entre Nós agora disponível antes mesmo do que qualquer um! Mas o que se passa nesse filme? pois bem, irei deixar a sinopse com vocês: O adolescente Gardner Elliot...

Crítica: Ex Machina – Instinto Artificial

Crítica: Ex Machina - Instinto Artificial


Crítica: Ex Machina - Instinto Artificial

Posso dizer que os 108 minutos que gastei assistindo Ex Machina: Instinto Artificial foram muito bem gastos. O filme é ótimo, tem efeitos visuais incríveis, um enredo que realmente prende a sua atenção e te faz pensar em como seria se não fosse uma ficção científica e, principalmente, o quão...