Crítica – Extremis

critica-do-filme-extremis-da-netflixSabem, a vida é uma coisa linda, maravilhoso. Mas a vida tem a sua contraparte: a morte. Para quem já passou por uma situação de perder algum familiar, sabe que a dor é inimaginável, intensa e horrível. Mas e a dor das pessoas que tem um ente querido que está entre a vida é a morte? Aquelas pessoas que lutam mais que qualquer outra pela vida? Pessoas que vivem ligadas a aparelhos? Essa é a realidade que o documentário “Extremis” tenta mostrar. Como não tem uma sinopse, vou comentar sobre o documentário logo abaixo.

Extremis mostra a vida de um hospital que cuida de pacientes com doenças terminais. Pessoas que ainda tentam viver, apesar de toda a dor e sofrimento que passam. Como é um documentário, então todas as reações e situações são reais. Todo o sofrimento que as pessoas passam é real. Você pode ver a angústia no olhar de cada familiar, que se sente impotente por não fazer nada para controlar aquilo. Temos também o dilema dos médicos, que fazem de tudo para salvar essas pessoas, mas algumas coisas estão fora do seu alcance. Então a única coisa que resta a fazer é mostrar aos familiares as opções disponíveis e esperar pelo fim.

São apenas 25 minutos de filme, basicamente um episódio de TBBT ou Naruto. mas você não consegue sorrir enquanto assiste o filme. Porque não é essa a intenção deles. O diretos do documentário tenta mostrar o drama que acontece todos os dias nos hospitais ao redor do mundo. As vezes um amigo, um primo, um vizinho ou um conhecido está passando por isso. Acreditem, essa é uma das piores coisas do mundo. A sensação de se sentir impotente. De não poder fazer nada para salvar quem você ama. E cada pessoa passa por isso de um jeito. Algumas buscam consolo em Deus, outras nos familiares. Há aquelas que não conseguem superar essa dor, e acabam definhando. O fato é que isso pode acontecer com qualquer um. E não tem como estar preparado para isso. Eu não estava, quando tive que passar por situação semelhante.

Então, se você é muito sensível, assista Extremis com cautela, pois isso vai mexer muito com você. Vai fazer você pensar em muitas coisas. Talvez faça você pensar até mesmo em como você leva a sua vida e, se um dia, haverá alguém com você até mesmo nos piores momentos.

Bem, desculpem pela resenha melancólica, mas espero que vocês tenham gostado dela. E se essa é a primeira vez que visita o Mundo das Resenhas, seja bem vindo. Até a próxima.

Related posts

Resenha: Tudo Tem Uma Explicação – Kennedy Ramos

Resenha: Tudo Tem Uma Explicação - Kennedy Ramos


Resenha: Tudo Tem Uma Explicação - Kennedy Ramos

E hoje vou falar um pouco do lançamento da Editora Planeta de Livros Brasil: "Tudo Tem Uma Explicação". Escrito pelo autor e professor Kennedy Ramos e lançado sob o selo Outro Planeta, o livro chegou as livrarias para felicidade dos, assim como eu, fãs de biologia. Criador da plataforma...

Resenha: Querido Vizinho – Penelope Ward

Resenha: Querido Vizinho - Penelope Ward


Resenha: Querido Vizinho - Penelope Ward

Hoje, trago a vocês a resenha do livro Querido Vizinho, de Penelope Ward. Este é o primeiro livro da autora que leio, também é o primeiro livro do gênero romance erótico, e posso dizer que não foi exatamente como eu esperava, mas foi muito bom . Esse livro não me atraiu pela capa, ela é bonita...

Enfeitiçado – Hwang In-ho (Netflix)

Enfeitiçado - Hwang In-ho (Netflix)


Enfeitiçado - Hwang In-ho (Netflix)

Muito bem turma!!! Hoje falarei sobre um filme que foi muito aleatório para o que costumo assistir, e não é por causa de minha esposa sempre assistir coisas coreanas as famosas Doramas. Mas hoje, caros amigos, trago um filme que traz algo que eu nunca tinha visto em filmes antes. Foi isso que me...