Título e Capa 2
Escrita / Enredo 3
Originalidade 2
Personagens 2
Final 4

Pois então pessoal, hoje vamos falar um pouco sobre o novo lançamento da netflix: SIGA PELA 10, que tem nada menos que Josh Peck (eterno Josh gordinho de Drake e Josh) e Tony Revolory, um ator que estrelará o novo filme do homem aranha como Flash Thompson e que também atuou em A Quinta Onda. ..

Summary 2.6 normal
Título e Capa 0
Escrita / Enredo 0
Originalidade 0
Personagens 0
Final 0
Summary rating from user's marks. You can set own marks for this article - just click on stars above and press "Accept".
Accept
Summary 0.0 bad

Crítica: Siga Pela 10 – Netflix

2e333600b747321cc6798aef11b929ce3b347c3fPois então pessoal, hoje vamos falar um pouco sobre o novo lançamento da netflix: SIGA PELA 10, que tem nada menos que Josh Peck (eterno Josh gordinho de Drake e Josh) e Tony Revolory, um ator que estrelará o novo filme do homem aranha como Flash Thompson e que também atuou em A Quinta Onda.

Vamos começar falando um pouco do trailer que a netflix disponibilizou pra gente alguns dias antes, e pelo trailer podemos pensar que o filme se trata de uma bela comédia, mas somos surpreendidos ao ver que o filme está mais voltado para ação que comédia propriamente dita. Mas aí você se pergunta: eu vi o trailer (ou assisti o filme) e achei engraçado. Porém, as cenas “mais engraçadas” sempre envolviam palavrões, sexo, orgia e drogas. São poucas cenas (ou quase nenhuma) onde se podia ver alguma piada nova.

Quanto ao plot, podemos analisar que tem até uma boa trama, porém muito clichê também. A trama plana mostra os 2 amigos, e funcionários de um supermercado, Chester (Tony Revolori) e Chris (Josh Peck) cada um tentando chegar a algum lugar rápido. Enquanto o sonho de Chester de ir para o Brasil, Chris deseja ir ao um show de Hip Hop, só que para ir ao show ele arranja alguns problemas com um gangster Jay (interpretado por Chester Tam) e sua bela namorada Sahara (Cleopatra Coleman) durante a tentativa de garantir bilhetes para o festival de hip hop.

Alerta de Spoiler

O que mais se destaca na trama são algumas entrelinhas que você consegue ler, não sei se foi proposital do diretor, mas ele passou muito bem o que acontece com qualquer gringo americano que venha morar no Brasil: Primeiro, ele só precisou dizer que queria ir para o Brasil e pronto, ele nem precisou tirar passaporte nenhum e nem mesmo dizer se um dia voltaria; segundo: as reviravoltas na trama, mesmo sabendo que os personagens principais fazem coisas erradas (não é exclusividade dos brasileiros), a gente torce para que um deles (Chris) se ferre, mas acabamos percebendo que Chester não era tão certinho assim no final do filme, e ele tinha planos diferentes para saber que a vida dele daria tão certo no Brasil (País da impunidade).

Fim do Spoiler

Siga pela 10 é imerso em uma trilha sonora energética de hip-hop, quem gosta de Jazz Cartier e Action Bronson vão se deliciar com a trilha. Apesar de o filme não ser nota 10, e ter fugido da comédia que poderia ser, o filme consegue ainda cativar algumas pessoas, que gostam de fugir da rotina de “comédia pastelão” e ver um misto de ação e comédia. Salpicado com momentos que acabam surpreendendo (embora sejam poucos).

O final talvez seja o que mais gostei do filme, pois acabou me surpreendendo um pouco, pois é nesse momento que percebemos totalmente o que são de verdade os personagens, alguns outros têm um destino bem legal, até alguns que desaparecem no meio da trama sem alguma explicação.

E por hoje é isso, sigam nosso site, comentem, participe de nossas redes sociais,e uma última dica: NUNCA, DE MANEIRA ALGUMA, SEJA UM CHEFE BABACA.

  • 2017
  • EUA
  • DIRETOR: Chester Tam
  • ESCRITOR: Chester Tam
  • ELENCO: Josh Peck, Tony Revolori, Kevin Corrigan, Chester Tam, Cleopatra Coleman, Stella Maeve, Andy Samberg |
  • DISTRIBUIDOR: Netflix
  • DURAÇÃO: 80 minutos
  • DATA DE LANÇAMENTO: 20 de janeiro de 2017

Related posts

RESENHA – OS INCRÍVEIS 2 – BRAD BIRD

RESENHA - OS INCRÍVEIS 2 - BRAD BIRD


RESENHA - OS INCRÍVEIS 2 - BRAD BIRD

Após 14 anos de espera, a família preferida de heróis retorna às telonas, com uma comédia mostrando dramas e dificuldades dos super-heróis e, ao mesmo tempo, mostrando o valor da família e o companheirismo dos mesmos. A trama de Os Incríveis 2 começa imediatamente após o término do primeiro...

Crítica – Se Enlouquecer, Não Se Apaixone (2010)

Crítica - Se Enlouquecer, Não Se Apaixone (2010)


Crítica - Se Enlouquecer, Não Se Apaixone (2010)

Às vezes fico me perguntando o motivo de muitas pessoas hoje em dia acharem algo como suicídio ser tão interessante. Algo incabível para minha consciência. A sociedade está cruel, para dizer a verdade, chegam até a criar jogos que botam em riscos os jovens com a falta de endorfina, serotonina...

Resenha – Power Rangers: RPM

Resenha - Power Rangers: RPM


Resenha - Power Rangers: RPM

Sim amiguinhos. Hoje vamos falar dos heróis que não sangram, mas soltam faíscas. Os heróis que fazem toda uma coreografia para vestir suas roupas. Os heróis com os efeitos especiais mais toscos da TV. Exatamente, vamos falar de Power Rangers. Mais especificamente, Power Rangers: RPM. Vou colocar...