Título e Capa 5
Escrita / Enredo 5
Originalidade 5
Personagens 5
Final 4

Hoje vamos comentar sobre um livro incrível, mas eu disse incrível mesmo. Uma obra que conta a valentia de como seis meninos alemães, e ainda por cima, judeus conseguiram fugir da Alemanha Nazista. Isso mesmo, o Livro Filhos e Soldados contém um registro incrível e maravilhoso de como garotos conseguiram escapar do regime cruel dos ..

Summary 4.8 Incrível
Título e Capa 0
Escrita / Enredo 0
Originalidade 0
Personagens 0
Final 0
Summary rating from user's marks. You can set own marks for this article - just click on stars above and press "Accept".
Accept
Summary 0.0 Ruim

Resenha do Livro Filhos e Soldados – Bruce Henderson

Hoje vamos comentar sobre um livro incrível, mas eu disse incrível mesmo. Uma obra que conta a valentia de como seis meninos alemães, e ainda por cima, judeus conseguiram fugir da Alemanha Nazista. Isso mesmo, o Livro Filhos e Soldados contém um registro incrível e maravilhoso de como garotos conseguiram escapar do regime cruel dos nazistas e suas manias de superioridade e perseguição de judeus. mas antes de mais nada deixo com vocês a sinopse:

“Com a Europa ocupada pelos nazistas, a América tornou-se pátria adotiva de inúmeros garotos judeus fugindo da Segunda Guerra. Forçados a abandonar a família, a terra natal e a própria história, o novo continente era a esperança que lhes restava na luta pela sobrevivência.

Mas nem as separações, angústias e incertezas impediram que muitos desses jovens tivessem coragem de retornar à Europa que os expulsou e, heroicamente, ir de encontro a Hitler e o nazismo para lutar novamente – pela pátria que os acolheu e pela que foram obrigados a deixar para trás.

Em Filhos e soldados, o jornalista e autor best-seller Bruce Henderson conta a história inédita de seis garotos que fugiram do Holocausto e, unidos ao Exército americano, retornaram à Segunda Guerra determinados a combater o nazismo. O livro baseia-se em entrevistas originais, rico acervo de fotos e uma extensa pesquisa que recriam vividamente a história desses garotos desde a infância na Europa, a fuga para a América, até se tornarem uma das maiores armas secretas do Exército estadunidense. Um relato épico de valentia e patriotismo que vai além dos feitos e sacrifícios da guerra mais sangrenta que o mundo já viu e revela, de maneira emocionante, a tentativa desesperada desses jovens de reencontrar
seus entes queridos.”

Quem acompanha nosso site sabe muito bem por minha paixão por livros de ficção e também os livros de guerra. Isso não quer dizer que quero que o mundo exploda, apenas gosto de ler sobre a valentia de muitos que infelizmente tiveram que enfrentar uma guerra. A obra Filhos e Soldados é um exemplo de valentia e patriotismo. Quando vemos filmes sobre o Holocausto, muitas vezes parece que só vemos os os judeus sendo maltratados, algo que é realmente lastimável e mostra o quão cruel os humanos podem ser, se bem que nazistas nem podem ser considerados humanos, assim como qualquer outro que oprime o povo.

Para isso o livro de Bruce Henderson veio até nós, para mostrar os soldados valentes que mesmo sendo alemães, saíram de sua pátria para algo maior, serem libertadores dos judeus oprimidos e demais povos que sofreram nas mãos dos tiranos. Esse livro me fez pensar muito sobre o que é seguir uma ideologia maior do que sua própria nação, algo que vai além e pode considerar ser divino. “Filhos e Soldados” começa bem tranquilo, mostrando a boa vida que esses garotos tinham atá antes da guerra eclodir. Com capítulos separando bem cronologicamente, somos levados ao mundo onde somente quem viveu uma guerra pode descrever e quer esquecer. Ainda mais quando tratando de perseguição. 

Os capítulos são divididos como partes, e cada uma dessas partes são separadas com outros capítulos que nos mostram o progresso e de como as coisas viraram de uma para outra coisa. A parte 1 basicamente mostra como os garotos conseguiram fugir da Alemanha ainda antes da Segunda Guerra, o que claramente para uns demorou mais do que para outros. Depois na parte II vemos como que os garotos resolveram entrar para as forças armadas dos EUA e assim como prosseguiu seus treinamentos. e por fim a Parte III que claramente seria o retorno deles e também a Desnazificação dos alemães.

As vezes quando pensamos na Alemanha de Hitler, pensamos automaticamente que todos eram nazistas, o que na verdade é algo errado de se pensar, já que como aquele período era uma “ditadura”, muitos foram forçados a se alistarem numa guerra que não queriam estar. Resolvi destacar uma dessas passagens que descreve o pensamento de um dos garotos que a essa altura já era um Sargento dos EUA, segue então:

 “[…] como soldados americanos, teriam a responsabilidade de agir de maneira civilizada para se distinguir dos nazistas. Eles sabiam, logicamente, que nem todos os soldados alemães eram nazistas e sentiam empatia por ‘aqueles pobres coitados’ que tinham sido convencidos por Hitler e seu partido que seriam necessários para criar uma nova Alemanha quando a guerra acabasse'[…]”.

Esse livro é excelente para enriquecer seu conhecimento de mundo, leitura indispensável para aqueles que devoram livros muito bem escritos e detalhados. Aconselho a todos aqueles que estão vivendo fora do mundo e não reconhecendo o que uma ideologia de partido pode fazer com uma mente fraca.

E você? já Leu o livro? Pretende adquirir a Obra? se não não perde seu tempo e vá logo adquirir, pode acessar o link a seguir:

https://www.planetadelivros.com.br/livro-filhos-e-soldados/282103

E é isso pessoal! não deixem de comentar e cadastrar seus e-mail ou permitir nossas notificações no seu navegador! Até a próxima pessoal!

Related posts

Resenha: Piano Vermelho – Josh Malerman

Resenha: Piano Vermelho - Josh Malerman


Resenha: Piano Vermelho - Josh Malerman

Josh Malerman entrou na minha vida com o pé direito, quando eu li “Caixa de Pássaros”. Ainda posso sentir na pele toda a agonia que aquela leitura me causou (vide minha resenha da obra)... Então, assim que “Piano Vermelho” foi lançado, imediatamente entrou na minha lista de desejos. Desta vez...

RESENHA – TPM, PARA QUE TE QUERO? – JU FERRAZ

RESENHA - TPM, PARA QUE TE QUERO? - JU FERRAZ


RESENHA - TPM, PARA QUE TE QUERO? - JU FERRAZ

Desde pequenas somos vistas como o sexo frágil, histéricas e incapazes de escrever a nossa própria história. Sim, somos bombardeadas por hormônios em todas as fases da nossa vida e precisamos aprender a lidar com isso. Não é fácil! Temos oscilações de humor e às vezes simplesmente não temos...

RESENHA – SILÊNCIO – BECCA FITZPATRICK

RESENHA - SILÊNCIO - BECCA FITZPATRICK


RESENHA - SILÊNCIO - BECCA FITZPATRICK

“Nora Grey não consegue se lembrar dos últimos cinco meses. Depois do choque inicial de acordar em um cemitério e descobrir que ficou desaparecida por semanas, ela precisa retomar sua rotina, voltar à escola, reencontrar a melhor amiga, Vee, e ainda aprender a conviver com o novo namorado da...