Livro de Hank Green já ganhou edição no Brasil

Matéria original: Editora Companhia de Letras

Vlogueiro, produtor e músico, Hank Green, mais conhecido pelo canal Vlogbrothers, criado com seu irmão John Green, lançará em 2018 seu primeiro romance. An Absolutely Remarkable Thing (ainda sem título em português) tem lançamento previsto nos EUA para o segundo semestre de 2018.

O romance conta a história de April May, uma estudante de arte que vive em Nova York e tem um encontro inusitado com uma gigantesca estátua de robô em plena Manhattan. Com a ajuda de um amigo, Andy Skampt, ela filma a criatura e o batiza de Carl. Quando o vídeo viraliza, April descobre que há vários “Carls” espalhados por dezenas de cidades em todo o mundo, e ninguém sabe como eles chegaram lá. April se vê no centro desse mistério, e tenta descobrir o que esses robôs gigantes são, e o que querem da Terra.

Original e envolvente, An Absolutely Remarkable Thing trata de temas importantes para os dias atuais: como lidamos com o medo e o desconhecido e, principalmente, sobre como as redes sociais estão mudando o modo com que lidamos com a fama, a retórica e a radicalização.

Hank Green sabe muito bem o que é ser uma figura pública da internet. Ele começou a fazer vídeos no YouTube em 2007 com seu irmão, John Green, autor de best-sellers como A culpa é das estrelas Cidades de papel. Desde então, a dupla conquistou uma grande comunidade de fãs, conhecidos como Nerdfighters, ao falar sobre ciência e cultura pop. Seus vídeos, incluindo os produzidos pela sua produtora educacional, já ultrapassam a marca de 2 bilhões de visualizações.

Sobre o livro, Green afirma que “estamos vivendo em um momento realmente esquisito, e a história de April ajuda a esclarecer essas estranhezas que parecem ficar cada vez mais normais. É uma história que eu queria contar há muito tempo, bastante inspirada nas minhas experiências pessoais, mas é a história da April, e foi um prazer vê-la viver essa vida notável”.

Hank Green é CEO da Complexly, uma produtora que cria conteúdos educacionais como os canais Crash Course e SciShow. Os vídeos da Complexly já receberam mais de 2 bilhões de visualizações no YouTube.  Ele é co-criador da websérie The Lizzie Bennet Diaries e co-fundador de uma série de pequenos negócios como o DFTBA.com, que ajuda artistas e criadores de conteúdo a venderem seus trabalhos na internet, e a VidCon, maior conferência de criadores de vídeos para internet do mundo. Em 2017, a VidCon teve 40.000 participantes em eventos espalhados em cidades como Anaheim, Amsterdam e Austrália. Hank e John Green também criaram o Project for Awesome, que no ano passado levantou mais de $2,000,000 para entidades carentes como Save the Children e Partners in Health. Hank vive em Montana com sua esposa, seu filho e seu gato.

Related posts

Resenha: Piano Vermelho – Josh Malerman

Resenha: Piano Vermelho - Josh Malerman


Resenha: Piano Vermelho - Josh Malerman

Josh Malerman entrou na minha vida com o pé direito, quando eu li “Caixa de Pássaros”. Ainda posso sentir na pele toda a agonia que aquela leitura me causou (vide minha resenha da obra)... Então, assim que “Piano Vermelho” foi lançado, imediatamente entrou na minha lista de desejos. Desta vez...

Resenha do Livro Filhos e Soldados – Bruce Henderson

Resenha do Livro Filhos e Soldados - Bruce Henderson


Resenha do Livro Filhos e Soldados - Bruce Henderson

Hoje vamos comentar sobre um livro incrível, mas eu disse incrível mesmo. Uma obra que conta a valentia de como seis meninos alemães, e ainda por cima, judeus conseguiram fugir da Alemanha Nazista. Isso mesmo, o Livro Filhos e Soldados contém um registro incrível e maravilhoso de como garotos...

RESENHA – TPM, PARA QUE TE QUERO? – JU FERRAZ

RESENHA - TPM, PARA QUE TE QUERO? - JU FERRAZ


RESENHA - TPM, PARA QUE TE QUERO? - JU FERRAZ

Desde pequenas somos vistas como o sexo frágil, histéricas e incapazes de escrever a nossa própria história. Sim, somos bombardeadas por hormônios em todas as fases da nossa vida e precisamos aprender a lidar com isso. Não é fácil! Temos oscilações de humor e às vezes simplesmente não temos...