Título e Capa 4
Escrita / Enredo 4
Originalidade 4
Personagens 4
Final 4

“As Crônicas de Oliver, O segredo da pirâmide de El Dorado”, do autor Bruno di Oliveira, trata-se de uma obra nacional, publicada pela editora Planeta de Livros Brasil, sob o selo Outro Planeta. Oliver é um adolescente como muitos outros, que adora navegar na internet e jogar video game, levando uma vida relativamente normal, até ..

Summary 4.0 Incrível
Título e Capa 0
Escrita / Enredo 0
Originalidade 0
Personagens 0
Final 0
Summary rating from user's marks. You can set own marks for this article - just click on stars above and press "Accept".
Accept
Summary 0.0 Ruim

Resenha: As Crônicas de Oliver – Bruno di Oliveira

“As Crônicas de Oliver, O segredo da pirâmide de El Dorado”, do autor Bruno di Oliveira, trata-se de uma obra nacional, publicada pela editora Planeta de Livros Brasil, sob o selo Outro Planeta.

“Dizem que quando você pensa em desistir, a desistência já está consolidada, é praticamente uma realidade. Não sei se acredito, pois ali mesmo eu tinha pensado em desistir, mas essa desistência não necessariamente se concretizaria. Bastava que eu decidisse continuar em frente – todos podemos ponderar e mudar de ideia, não? Que problema havia nisso?”

Oliver é um adolescente como muitos outros, que adora navegar na internet e jogar video game, levando uma vida relativamente normal, até que um dia, precisa viajar para o Interior, para o enterro do seu avô paterno. E é nessa viagem que a, até então, vida normal de Oliver começa a virar de ponta cabeça.
Uma criatura estranha no meio da estrada e uma pedra brilhante dão início a um emaranhado de mistérios. Por que tudo naquele lugar parece tão diferente? E por que todas as pessoas parecem saber algo que Oliver não sabe? Para conseguir respostas, Oliver terá que se aventurar no meio da Floresta Amazônica, onde muitas aventuras o esperam.

Com suas 208 páginas, As Crônicas de Oliver nos faz mergulhar de cabeça em seu mundo. Narrado em primeira pessoa, e provavelmente devido ao fato do autor possuir um canal no YouTube sobre curiosidades, o livro a cada capítulo, acaba trazendo uma nova curiosidade em si, que nem sempre está ligada ao enredo principal. Oliver é um personagem que adora divagar sobre tudo, o que acaba nos trazendo essas informações à parte. Também é um adolescente com pensamentos bem maduros na maior parte do tempo, logo, não espere por um garotinho bobo nessa história.

Os capítulos curtos e o ar de mistério que ronda cada página, faz com que a leitura seja muito envolvente, trazendo aquela curiosidade infinita de “como isso tudo vai terminar?” E adivinha só? Não temos exatamente um final…
Tudo indica uma possível continuação, afinal, muitos acontecimentos são deixados em aberto.

Uma leitura super fluída e embora eu não tenha me deparado com enigmas da forma que eu esperava, (decifrar códigos, textos, etc), é uma boa recomendação ao público infanto-juvenil e aos, assim como eu, admiradores do gênero.

Essa foi a resenha de hoje, até a próxima!

Related posts

O Conde de Monte Cristo: “A Divina Comédia de Alexandre Dumas”

O Conde de Monte Cristo: "A Divina Comédia de Alexandre Dumas"


O Conde de Monte Cristo: "A Divina Comédia de Alexandre Dumas"

*****************************NÃO contém spoiler**************************** (ANÁLISE DA OBRA E SEGUNDA OPINIÃO - CONFIRA A PRIMEIRA RESENHA POSTADA DE "O CONDE DE MONTE CRISTO" CLICANDO AQUI) *** Alexandre Dumas, o grande artista literário que através de sua escrita moldou narrativas que...

Trilogia Mar Despedaçado: Vale a pena a leitura #02?

Trilogia Mar Despedaçado: Vale a pena a leitura #02?


Trilogia Mar Despedaçado: Vale a pena a leitura #02?

*****************************NÃO contém spoiler***************************** (Confira o primeiro "Vale a pena a leitura?", a resenha da trilogia "A Rebelde do Deserto" clicando AQUI) O que você espera encontrar em uma história de fantasia? Talvez você tenha pensado em diversos elementos...

Nova York – A Vida na Grande Cidade: “A personificação do poder da nona arte.”

Nova York - A Vida na Grande Cidade: "A personificação do poder da nona arte."


Nova York - A Vida na Grande Cidade: "A personificação do poder da nona arte."

******************************NÃO contém spoiler**************************** Quando o assunto é quadrinhos, Will Eisner é encarado como leitura obrigatória. Ele não é somente considerado o pai das graphics novels, como inspirou a criação da maior premiação de quadrinhos, que inclusive leva seu...