Título e Capa 4
Escrita / Enredo 4
Originalidade 4
Personagens 3
Final 3

Resenha por: Wesley Belmonte Nota: 5   Simplesmente brilhante! Caraca, já vou dizer logo: esse foi um dos melhores livros que li esse ano. Bruxos e Bruxas, entrou literalmente para a minha lista de favoritos. Os irmãos Wisty e Whit, conquistaram o meu coração logo no prólogo. O Prólogo é narrado em primeira pessoa no ..

Summary 3.6 Ótimo
Título e Capa 4
Escrita / Enredo 2
Originalidade 1
Personagens 1
Final 1
Summary rating from 1 user's marks. You can set own marks for this article - just click on stars above and press "Accept".
Accept
Summary 1.8 fraco

Resenha Dupla – Bruxos e Bruxas – James Patterson & Gabrielle Charbonnet


Resenha por: Wesley Belmonte

Nota: 5


 

livro

Simplesmente brilhante!

Caraca, já vou dizer logo: esse foi um dos melhores livros que li esse ano.

Bruxos e Bruxas, entrou literalmente para a minha lista de favoritos. Os irmãos Wisty e Whit, conquistaram o meu coração logo no prólogo.

O Prólogo é narrado em primeira pessoa no presente; já no capítulo 1, os autores (isso mesmo, são 2 autores: James Patterson e Gabrielle Charbonnet) alternam para primeira pessoa no passado. Achei simplesmente o máximo e muito ousado da parte dos autores! Fora que a narrativa do James é brilhante, rápida e nada cansativa.

O enredo me agradou muito, são dois irmãos, que acabam de descobrir que tem poderes especiais, e além de ter que lidar com esses novos poderes, tem que combater, fugir da Nova Ordem e do Único que é O Unico.

Esses irmãos bruxos roubaram meu coração, talvez seja esse o motivo d’O Único que É O Único estar os caçando… Zuera.

Apesar de todos os problemas que eles já passam, ainda eles têm que lidar com algo totalmente novo em suas vidas: a magia.

De tão louco que fiquei com o primeiro livro, comprei instantaneamente o segundo dessa série que promete!

Eu mais que indico esse belo livro. E, mais uma vez, parabéns James Patterson, você está ganhando mais um fã.


Resenha por: Jaíne Belmonte

Nota: 2



O marketing foi ótimo…

Já o livro, não foi tão ótimo assim.
Fãs de James Patterson, por favor, não me odeiem ok?
Bom, vamos lá, a primeira vez que vi esse livro, fiquei louca pra ler.Imagina, você tá andando na livraria observando os livros e dá de cara com uma capa onde está escrito: O LIVRO PROIBIDO PELA NOVA ORDEM, na hora, a curiosidade toma conta da pessoa. Como já bem disse Dan Brown: “Todo mundo ama uma conspiração” e comigo não é diferente. Fiquei imaginando como seria a história, se seria revelações ousadas dos ideias dessa seita que tanta gente por aí acredita que vai dominar o mundo dentro de alguns anos… Comecei a ler e pra minha surpresa, a história em si era mais voltada pro lado da ficção/magia/fantasia do que para uma teoria de conspiração em si.
Óbvio que me decepcionei, mas continuei a ler a história de Wisty e Whit, dois adolescentes que vão para a prisão acusados de bruxaria. Lá eles tem que se virar sozinhos e aprender a usar essa tal magia recém descoberta.
A ideia é original? É.
Fez eu me apaixonar e ficar ávida por mais? Não.
Fora que acho a maior sacanagem o nome do James estar bem grande na capa, em letras douradas e tudo mais e o nome da outra autora, estar bem menor, com nenhum pouco de ênfase. Claro, não sei quanto do livro ela escreveu, mas acho que se os autores querem compartilhar um livro, o nome dos dois tem que estar em evidência e não só um.
Afinal, se essa Gabrielle Charbonnet não é tão famosa quanto o James, o senhor James poderia ter escrito Bruxos e Bruxas sozinho.
Ah, algo meio que salvou todo o livro foi o final, eu gostei da reflexão contida nele. Mesmo assim, apenas duas estrelas.
Agora, vá ler as outras resenhas contida no endereço do blog abaixo, caso contrário, te transformarei em uma barata gorda e gosmenta. Muahaha.tumblr_m9l9rwun4D1qk5n6so1_500



Resenha do primeiro livro da série Bruxos e Bruxas

Escrito por James O Patterson e Gabrielle Charbonnet

Related posts

Resenha: Piano Vermelho – Josh Malerman

Resenha: Piano Vermelho - Josh Malerman


Resenha: Piano Vermelho - Josh Malerman

Josh Malerman entrou na minha vida com o pé direito, quando eu li “Caixa de Pássaros”. Ainda posso sentir na pele toda a agonia que aquela leitura me causou (vide minha resenha da obra)... Então, assim que “Piano Vermelho” foi lançado, imediatamente entrou na minha lista de desejos. Desta vez...

Resenha do Livro Filhos e Soldados – Bruce Henderson

Resenha do Livro Filhos e Soldados - Bruce Henderson


Resenha do Livro Filhos e Soldados - Bruce Henderson

Hoje vamos comentar sobre um livro incrível, mas eu disse incrível mesmo. Uma obra que conta a valentia de como seis meninos alemães, e ainda por cima, judeus conseguiram fugir da Alemanha Nazista. Isso mesmo, o Livro Filhos e Soldados contém um registro incrível e maravilhoso de como garotos...

RESENHA – TPM, PARA QUE TE QUERO? – JU FERRAZ

RESENHA - TPM, PARA QUE TE QUERO? - JU FERRAZ


RESENHA - TPM, PARA QUE TE QUERO? - JU FERRAZ

Desde pequenas somos vistas como o sexo frágil, histéricas e incapazes de escrever a nossa própria história. Sim, somos bombardeadas por hormônios em todas as fases da nossa vida e precisamos aprender a lidar com isso. Não é fácil! Temos oscilações de humor e às vezes simplesmente não temos...