Título e Capa 4
Escrita / Enredo 5
Originalidade 3
Personagens 5
Final 4

” – Eu sei o que é se transformar em algo que você odeia. Sei como dói. Mas a vida é cheia de dores. – As sombras juntaram-se ao redor dos olhos como se estivessem provando suas palavras. – E sua capacidade de suportá-la é muito maior do que você imagina.” “Crave a Marca”, chegou ..

Summary 4.2 great
Título e Capa 5
Escrita / Enredo 5
Originalidade 5
Personagens 5
Final 5
Summary rating from 1 user's marks. You can set own marks for this article - just click on stars above and press "Accept".
Accept
Summary 5.0 great

Resenha: Crave a Marca – Veronica Roth

Resenha Crave a Marca” – Eu sei o que é se transformar em algo que você odeia. Sei como dói. Mas a vida é cheia de dores. – As sombras juntaram-se ao redor dos olhos como se estivessem provando suas palavras. – E sua capacidade de suportá-la é muito maior do que você imagina.”

“Crave a Marca”, chegou ao Brasil no mês de janeiro, publicado pela editora Rocco.
O livro dá início a nova trama construída por “Veronica Roth”, a aclamada autora da série Divergente, que angariou milhares de fãs ao redor do mundo.

A história de Crave a Marca se passa em uma galáxia, entremeada pela Corrente, uma força misteriosa que oferece dons aos seus habitantes.
Nessa galáxia mágica, estão os nossos personagens principais: Akos e Cyra.
Akos, habita o planeta-nação Thuvhe, e é um jovem tímido, que muitas vezes sequer é ouvido pelas pessoas ao seu redor.
Cyra é a portadora de um dom da corrente extremamente incomum, que a faz sentir dor o tempo inteiro. Habita a nação de Shotet, que ao contrário dos demais planetas da galáxia, não é considerado um planeta-nação (sequer consta no mapa impresso no livro) e não preciso nem dizer que o povo Shotet não gosta nem um pouco dessa discriminação, não é?
Apesar da distância que separa Akos e Cyra e das vidas diferentes que levam, seus caminhos acabam se entrelaçando, quando o irmão de Akos e ele próprio, são sequestrados e levados para Shotet.
Devido ao dom da corrente que Akos possui (que não revelarei aqui), ele é designado por Ryzek, soberano de Shotet e irmão de Cyra, a ficar junto da garota 24 horas por dia.
Mas isso não o impede de continuar seus planos de fugir daquele lugar, e levar junto seu irmão.
Mas agora, tendo que conviver com Cyra, seus planos podem vir a ser atrapalhados, até porque, Cyra já vem construindo seus próprios planos…

O marketing usado para promover essa obra, dizia que fãs de Star Wars e de Divergente iriam adorar.
Pois bem, não sou fã de nenhum dos dois (nunca li nem vi os filmes), então dei início a leitura sem saber o que esperar, até porque, seria meu primeiro contato com essa escritora.

Os capítulos do livro são divididos em capítulos mostrando o lado de Akos, em terceira pessoa e capítulos mostrando o lado de Cyra, em primeira pessoa.
Essa alternância repentina de várias páginas em terceira pessoa, depois várias páginas em primeira pessoa, podem até dar uma confundida na mente, mas é muito bem colocada.
Os personagens são muito bem desenvolvidos, apesar de eu achar que alguns pontos são muito parecidos com outras histórias que já existem por aí.
Conhecem Estilhaça-me? É uma trilogia bem famosa, cuja personagem principal inflige muita dor, e até a morte, em qualquer um que ela toque… Qualquer semelhança com Cyra deve ser mera coincidência… ou não.
Tirando esse fato, acho que a autora construiu muito bem um novo universo de ficção.
Alguns pontos, como os dons da corrente e as fortunas atribuídas a alguns personagens (não é dinheiro, garanto), são coisas que ficam mais claras ao longo da história.
A mudança que ocorre na personalidade tanto de Akos quanto de Cyra, é muito visível e dá um ar de amadurecimento tanto para eles quanto para o livro em si.
Os acontecimentos que se dão ao final da história despertam e muito a curiosidade pela continuação do próximo livro da “provável” duologia.

Por fim, posso dizer que meu primeiro contato com Veronica Roth foi com o pé direito. Gostei muito de Crave a Marca e recomendo a todos vocês, mesmo quem não seja fã de star wars e divergente.
Venham conhecer o lado da corrente da força!

Até a próxima, galera!

RESENHA DO LIVRO CRAVE A MARCA ESCRITO POR VERONICA ROTH

Não há lugar para a honra na sobrevivência.

Em um planeta onde a violência e a vingança imperam, em uma galáxia onde alguns são afortunados, todos desenvolvem habilidades especiais – o dom-da-corrente – um poder único para moldar o futuro. Enquanto a maioria se beneficia desses dons, Akos e Cyra não. Seus dons-da-corrente os tornam vulneráveis ao controle dos outros.

Será que vão conseguir recuperar o controle de seus dons, de seus destinos e das próprias vidas, e ainda instaurar o equilíbrio de poder no mundo?

Cyra é irmã de um tirano brutal que governa o povo de Shotet. Os dons especiais da jovem causam dor, mas trazem poder – algo explorado por seu irmão, que a usa para torturar seus inimigos. Mas Cyra é muito mais do que uma arma na mão do irmão: ela tem uma resistência fora do comum, o raciocínio rápido e é mais esperta do que ele imagina. Akos vem de Thuvhe, a nação amante da paz, e a lealdade à sua família não tem limite.

Mesmo protegido por um dom especial incomum, Akos não evita que ele e seu irmão sejam capturados por soldados inimigos shotet. Akos se desespera e quer resgatar o irmão vivo, não importa a que custo. Quando Akos é empurrado para o mundo de Cyra, a inimizade entre seus países e famílias parece intransponível. Acreditando ser a única saída, Akos decide se unir a Cyra. Uma união que pode resultar na sobrevivência – ou na destruição de ambos…

Numa narrativa eletrizante, no viés de Star Wars e Divergente, Veronica Roth explora – com equilíbrio e pungência – a história de um jovem que faz uma aliança com o inimigo para escapar da opressão que governa sua vida. Juntos, partem em busca de seus únicos objetivos: para um, a redenção; para o outro, a vingança.

CRAVE A MARCA

  • Autor: Veronica Roth
  • Tradução: Petê Rissatti
  • Preço: R$ 39,50
  • 480 pp. | 15,7×22,5 cm cm
  • ISBN: 978-85-7980-328-4
  • Assuntos: ficção – romance/novela, fantasia, ficção científica/distopia
  • Selo: Rocco Jovens leitores

Booktrailer

Conheça

Related posts

Resenha: Coração de Tinta – Cornelia Funke

Resenha: Coração de Tinta - Cornelia Funke


Resenha: Coração de Tinta - Cornelia Funke

Senhoras e senhores, peguem suas xícaras de chá, acomodem-se em suas poltronas, ou em qualquer lugar confortável, e deleitem-se com mais um resenha. Hoje, vamos conhecer um pouco sobre um mundo que existe ao mesmo tempo que não existe. Um mundo de fábulas, onde pessoas brincam, dançam e...

Resenha: A Rainha de Tearling – Erika Johansen

Resenha: A Rainha de Tearling - Erika Johansen


Resenha: A Rainha de Tearling - Erika Johansen

A Rainha de Tearling, chegou ao Brasil com toda a sua majestade em janeiro de 2017, publicado sob o selo Suma de Letras, da Editora Companhia das Letras. A obra, primeiro livro de uma trilogia, é o romance de estreia da autora Erika Johansen e terá em breve, sua adaptação exibida nas telas do...

Sociedade J.M Barrie – Barbara J. Zitwer

Sociedade J.M Barrie - Barbara J. Zitwer


Sociedade J.M Barrie - Barbara J. Zitwer

Se há uma coisa que eu gosto muito é um bom livro, ou um bom romance. Sim, aqueles livros que se aprofundam em cada personagem, nos fazendo, assim, pensar como eles, ou pelo menos entender suas motivações e ações. Outra coisa que um romance não deixa de lado é uma enrolação no enredo. Afinal, se...