Título e Capa 4
Escrita / Enredo 5
Originalidade 5
Personagens 5
Final 5

Resenha elaborada por Jaíne Belmonte e Wesley Belmonte  Fantástico! Incrível, maravilhoso, estupendo..  Eu poderia passar o dia escrevendo dezenas de adjetivos para esse livro maravilhoso! Hoje vamos comentar sobre um dos livros que mais me baquearam no decorrer e no final do livro, porém não vou enchê-los de spoilers, pois seria uma maldade sem tamanhos falar ..

Summary 4.8 great
Título e Capa 0
Escrita / Enredo 0
Originalidade 0
Personagens 0
Final 0
Summary rating from user's marks. You can set own marks for this article - just click on stars above and press "Accept".
Accept
Summary 0.0 bad

Resenha Conjunta: Desaparecido para Sempre – Harlan Coben

Resenha elaborada por Jaíne Belmonte e Wesley Belmonte 

Fantástico!

Incrível, maravilhoso, estupendo..  Eu poderia passar o dia escrevendo dezenas de adjetivos para esse livro maravilhoso!

resenha do livro Desaparecido para sempre Harlan CobenHoje vamos comentar sobre um dos livros que mais me baquearam no decorrer e no final do livro, porém não vou enchê-los de spoilers, pois seria uma maldade sem tamanhos falar que Will é… Calma lá gafanhoto, não vou metralhar vocês mesmo, pois esse é um livro que se eu contar qualquer coisa estraga sua leitura. O que posso dizer dessa magnifica obra prima do nosso queridinho: Harlan Coben.

Já conhecem o novo livro do Harlan Coben, Não Fale com Estranhos? Leiam nossa resenha sobre o livro.

Além de afirmar: esse foi sim o livro mais surpreendente que li dele, fatos e revelações que são reveladas durante a leitura vão tornando a trama que começa fraca, à la James Joyce, te prenderem como uma aranha em uma teia e não deixar vocês desgrudar os olhos das páginas e te deixar vidrado querendo sempre mais um capítulo.

Vamos à trama: Will Klein é um homem que acabara de perder a mãe, só que no leito de morte ela lhe revela algo bombástico, seu irmão, Ken Klein, Desaparecido há mais de dez anos, está vivo. O que acaba fazendo o mundo de Will virar de cabeça para baixo, por mais que ele ele tivesse esperança de que seu irmão ainda estivesse vivo, aquela revelação mudava tudo, pois ele não estava somente preso à vagas esperanças.

Além da morte de sua mãe, a revelação de que seu irmão estava vivo, para completar o pacote de desgraças e notícias bombásticas, sua namorada e amor da sua vida, Sheila Rogers, desaparece, e no momento que ele Will mais precisava dela.

Se vocês pensam que soquei vocês de spoilers, fiquem tranquilos, isso acontece ainda nas primeiras páginas do livro. E a verdadeira odisseia começa após a metade do livro, que vai se construindo durante a leitura. Mesmo ele sendo um pouco demorado para começar a fluir ele vai se encaixando perfeitamente, assim como falei na resenha do livro Alta Tensão, Desaparecido para sempre é um livro que te envolve aos poucos e te joga várias granadas no final.

O livro é narrado entre terceira e primeira pessoa, entre as visões de Will e as narrativas de outros personagens importantes na trama, o que te faz ficar ainda mais envolvido. Esse fato é perfeito para quem tem conhecimento de leitura, pois uma pessoa que não está acostumada, pode acabar se perdendo, mas se prestar atenção não fica difícil de entender, pois essa divisão entre narrativas são separadas por capítulos e não dentro de um capítulo.

Fechem os olhos e imaginem um livro, não qualquer livro, mas sim um livro que te intriga, te choca, te emociona… Imaginaram? Pois agora corram e leiam “Desaparecido Para Sempre“, pra esse tipo de livro não ficar só na imaginação de vocês!
Durante todo o livro eu senti todas as emoções de Will Klein e a ânsia dele para saber a verdade se tornou minha também.
Mais do que entrou para a minha lista de favoritos.
Parabéns Harlan, parabéns!

RESENHA DO LIVRO DESAPARECIDO PARA SEMPRE – HARLAN COBEN

Confiram a entrevista do Harlan Coben falando sobre “Cilada”

Related posts

Resenha: A Menina Mais Fria De Coldtown

Resenha: A Menina Mais Fria De Coldtown


Resenha: A Menina Mais Fria De Coldtown

Para quem gosta de um bom romance com muita aventura, perigo e vampiros, A Menina Mais Fria De Coldtown de Holly Black é uma ótima escolha. Com capítulos intercalados entre os acontecimentos atuais e flashbacks que dão sentido a história, o livro narra em terceira pessoa a história de Tana, uma...

Resenha: O Purgatório Mental – Henrique Medeiros

Resenha: O Purgatório Mental - Henrique Medeiros


Resenha: O Purgatório Mental - Henrique Medeiros

"Em minha última manhã eu percebi que sempre fui o nada que temia me tornar." (Thy Light)  "O Purgatório Mental", trata-se de uma obra nacional de romance/fantasia, que chegou ao mercado literário nesse ano de 2017. O autor, Henrique Medeiros, escreveu a história quando tinha apenas 17...

Resenha: Sono – Haruki Murakami

Resenha: Sono - Haruki Murakami


Resenha: Sono - Haruki Murakami

Um livro muito pequeno, considerando suas poucas 120 páginas, mas com certeza de uma leitura intrigante e definitivamente indispensável. Sono do escritor japonês Haruki Murakami traz o relato de uma mulher aparentemente comum, dona de casa, mãe e mulher, mas com um pequeno detalhe de diferença...