Título e Capa 5
Escrita / Enredo 4
Originalidade 4
Personagens 4
Final 4

Se você gosta de animais, se você é um amante de gatos (tipo eu), você precisa ler a história fofa desse gatinho laranja. Lembrando que é uma história real! Se você tem um gato, vai ver seu gatinho em cada uma das façanhas de Dewey e se você não tem, vai se encantar e querer ..

Summary 4.2 great
Título e Capa 0
Escrita / Enredo 0
Originalidade 0
Personagens 0
Final 0
Summary rating from user's marks. You can set own marks for this article - just click on stars above and press "Accept".
Accept
Summary 0.0 bad

Resenha: Dewey, Um Gato Entre Livros – Vicki Myron & Bret Witter;

dewey-um-gato-entre-livrosSe você gosta de animais, se você é um amante de gatos (tipo eu), você precisa ler a história fofa desse gatinho laranja.
Lembrando que é uma história real!
Se você tem um gato, vai ver seu gatinho em cada uma das façanhas de Dewey e se você não tem, vai se encantar e querer adotar um imediatamente.
Mas quem é Dewey, afinal?
Bom, é um gato que foi abandonado na madrugada mais fria do ano, numa caixa de devolução de livros na biblioteca pública de Spencer. Uma história com um início extremamente triste, mostrando a crueldade do ser humano em largar um animalzinho inocente com poucas semanas de vida a própria sorte…
Mas um acontecimento que tinha tudo para ter um final péssimo, acaba tendo uma continuação feliz! O pobre gatinho acaba sendo adotado pela bibliotecária e, a partir daí, passa a ser o “mascote” da biblioteca.
A narração dos momentos ao longo da vida de Dewey, são extremamente fofos, engraçados e faz você se ver apegada ao bichano… mas tenho uma crítica.
O livro, em tese, seria para descrever a vida de Dewey, certo? Mas parece que rolou uma pequena biografia por parte da bibliotecária responsável pela adoção dele. Poxa, eu queria ler sobre o gato e não sobre a história de vida de quem o adotou, porque, neste caso, o foco do livro parecia ser totalmente voltado para o felino, então não deveria ter sido abordado tão a fundo a vida da mulher.
No começo do livro, há capítulos totalmente voltados a humana da história que mal citam o gato, então achei meio chato isso.
Tudo bem, dar uma descrição rápida das pessoas que cercavam o gato, mas não fazer uma biografia da vida de uma delas. Afinal, se fosse para ser uma biografia, era para ser do Dewey!
Tirando esse fato, o livro é lindo! Eu mais do que recomendo a vocês!
Gatos são amor, então é óbvio que esse livro é amor puro! Deem uma conferida na sinopse oficial do livro:

“A rotina da pacata cidade de Spencer, Iowa, Estados Unidos, se transforma após Dewey, um gato, ser encontrado na Biblioteca Pública. A diretora da Biblioteca, que achou o gatinho na caixa de devolução, resolve contar a história e lança o livro, Dewey, um gato entre livros. O livro escrito por Vicki Myron, com colaboração de Bret Witter é a história real de um gato que fez da biblioteca – e da cidade de Spencer- sua casa e de seus habitantes, os melhores amigos.”

RESENHA DO LIVRO DEWEY: UM GATO ENTRE LIVROS

Related posts

Resenha: A Menina Mais Fria De Coldtown

Resenha: A Menina Mais Fria De Coldtown


Resenha: A Menina Mais Fria De Coldtown

Para quem gosta de um bom romance com muita aventura, perigo e vampiros, A Menina Mais Fria De Coldtown de Holly Black é uma ótima escolha. Com capítulos intercalados entre os acontecimentos atuais e flashbacks que dão sentido a história, o livro narra em terceira pessoa a história de Tana, uma...

Resenha: O Purgatório Mental – Henrique Medeiros

Resenha: O Purgatório Mental - Henrique Medeiros


Resenha: O Purgatório Mental - Henrique Medeiros

"Em minha última manhã eu percebi que sempre fui o nada que temia me tornar." (Thy Light)  "O Purgatório Mental", trata-se de uma obra nacional de romance/fantasia, que chegou ao mercado literário nesse ano de 2017. O autor, Henrique Medeiros, escreveu a história quando tinha apenas 17...

Resenha: Sono – Haruki Murakami

Resenha: Sono - Haruki Murakami


Resenha: Sono - Haruki Murakami

Um livro muito pequeno, considerando suas poucas 120 páginas, mas com certeza de uma leitura intrigante e definitivamente indispensável. Sono do escritor japonês Haruki Murakami traz o relato de uma mulher aparentemente comum, dona de casa, mãe e mulher, mas com um pequeno detalhe de diferença...