Título e Capa 4
Escrita / Enredo 5
Originalidade 3
Personagens 4
Final 4

Não deixe de Ler a Nossa Resenha do Segundo Livro: Desastre Iminente Vai Fazer Você Se Apaixonar… Um cara lindo, forte e, pasmem, inteligente, embora seja um tanto quanto canalha.  E uma garota, que como qualquer outra, não quer um cara canalha na vida dela. Mas como eu disse ali em cima, o canalha é ..

Summary 4.0 great
Título e Capa 0
Escrita / Enredo 0
Originalidade 0
Personagens 0
Final 0
Summary rating from user's marks. You can set own marks for this article - just click on stars above and press "Accept".
Accept
Summary 0.0 bad

Resenha do Livro Belo Desastre – Jamie McGuire

Livro Belo Desastre - Resenha por Jaíne Belmonte

Não deixe de Ler a Nossa Resenha do Segundo Livro: Desastre Iminente

Vai Fazer Você Se Apaixonar…

Um cara lindo, forte e, pasmem, inteligente, embora seja um tanto quanto canalha.  E uma garota, que como qualquer outra, não quer um cara canalha na vida dela.
Mas como eu disse ali em cima, o canalha é lindo, forte e inteligente. E se interessa pela garota. É o enredo de romance perfeito para entreter qualquer adolescente, certo?
Desde que a adolescente não seja eu. MAS, algo de muito louco aconteceu, coisa que não acontecia há muito tempo se tratando de um livro de romance. O livro me prendeu. Não conseguia largar.

Travis Maddox é o cara que tem as características descritas acima e Abby Abernathy é a garota que não quer se envolver com caras assim. Óbvio do óbvio que eles acabam envolvidos.  Se na contracapa o livro é descrito como sexy e apaixonante, a história faz juz as palavras. Mas, não caiam na ladainha de já começar o livro indo pelos comentários nas orelhas do livro, que dizem que você vai amar e odiar Travis Maddox.

Qual é, quem eu vivia a odiar ao longo da história era a Abby. Tenho minha crítica, é claro.
Outro detalhe da sinopse do livro, é que Abby tem um passado que tenta esconder a todo custo. O que você pensa ao ler isso?
Que ela deve ter um passado muito punk, pra querer fugir assim, pra um lugar que ninguém a conheça e você cria essa expectativa.
Eu pensando que a menina poderia até ter sido uma assassina no passado e quando foi revelado… Puf, a maior decepção. Não achei nada surpreendente no passado dela. Nada. Autora fez drama quanto a isso pra nada.

Agora o Travis Maddox, ele sim foi um personagem totalmente apaixonante. Caso lançarem um filme baseado no livro e eles escolherem um autor que faça juz as características do Travis, todas as meninas que fossem assistir ao filme, na certa saíriam suspirando. Você vai ficar suspirando ao ler o livro.  Tem momentos “awnt que fofo!” e momentos “não acredito nisso!”.

É um romance bem legal de se ler, pelo menos esse primeiro livro foi, se o próximo for ruim, vou detonar, primeiro porque já acho que não deveria ter próximo, o final de belo desastre já poderia ter sido tido como final definitivo. Mas vamos ver qual é a da continuação dessa história.

Eu recomendo (e olha que eu, Jaíne Belmonte, recomendar um livro de romance puro, é difícil de acontecer), então, tratem de ler.

Resenha - Belo Desastre - Jamie Mcguire

Resenha do Livro Belo Desastre – Jamie McGuire

Confiram a Resenha do segundo Livro: Desastre Iminente

Related posts

Resenha: A Menina que não Acredita em Milagres

Resenha: A Menina que não Acredita em Milagres


Resenha: A Menina que não Acredita em Milagres

Milagres não existem para pessoas como Campbell. Ela não era alguém que podia arcar com os custos do privilegio da mágica. E com essa crença, ou “ descrença”, se entrega a doença terminal, que pouco a pouco, vai esvaindo a vida de seu corpo, bem como, sua vontade de lutar para permanecer aqui...

Resenha – It, A Coisa – Stephen King

Resenha - It, A Coisa - Stephen King


Resenha - It, A Coisa - Stephen King

"Ele soca postes de montão e insiste que vê assombração" Tenho que respirar fundo antes de começar essa resenha, porque esse livro me tirou completamente o ar! "Este livro foi iniciado em Bangor, Maine, no dia 9 de setembro de 1981, e terminado em Bangor, Maine, em 28 de dezembro de 1985"...

Mentiras como o amor, Louisa Reid

Mentiras como o amor, Louisa Reid


Mentiras como o amor, Louisa Reid

OS LUGARES DA DOR: EU E A MINHA DEPRESSÃO, POR AUDREY MORGAN. A história conta sobre a vida de Audrey e sua família, uma adolescente, que como muitos outros, enfrenta problemas emocionais. Atinge o que parece ser a meta da narrativa: tocar o leitor, o jovem, que se detém no precipício que é a...