Título e Capa 5
Escrita / Enredo 4
Originalidade 5
Personagens 4
Final 4

Hoje eu falarei um pouquinho sobre a obra “Eles Precisam Morrer”, da autora parceira do Mundo das Resenhas, Monica Dombroski, publicado sob o selo da Chiado Editora. Trata-se de uma ficção com um quê de sinistra e muito suspense. O título, em si, já desperta uma curiosidade enorme em relação a história, que é a ..

Summary 4.4 great
Título e Capa 0
Escrita / Enredo 0
Originalidade 0
Personagens 0
Final 0
Summary rating from user's marks. You can set own marks for this article - just click on stars above and press "Accept".
Accept
Summary 0.0 bad

Resenha: Eles Precisam Morrer – Monica Dombroski

“Os momentos que fazem nossa vida mudar completamente de rumo acontecem o tempo todo. Mas há aqueles que são mais perceptíveis e a gente nunca esquece.”

Hoje eu falarei um pouquinho sobre a obra “Eles Precisam Morrer”, da autora parceira do Mundo das Resenhas, Monica Dombroski, publicado sob o selo da Chiado Editora.
Trata-se de uma ficção com um quê de sinistra e muito suspense.
O título, em si, já desperta uma curiosidade enorme em relação a história, que é a seguinte:

Clara, Amanda e Alicia são três adolescentes, que moram em um típica cidade do interior: pequena e sem muita diversão, chamada Fontana. Apesar das diferenças entre si, ela possuem uma semelhança: não estão satisfeitas com as vidas que levam.
Amanda, precisa trabalhar para comprar as medicações de sua avó doente e ranzinza, com quem ela mora e de quem cuida, sozinha.
Clara, tem obesidade mórbida e não vê vantagens em viver.
Alicia, detesta Fontana e sua própria família, tendo como único desejo a vontade de sair da cidade em busca de um novo começo.
Ao longo do tempo, as garotas começam a achar que todos os problemas pelos quais passam, são causados por outras pessoas e decidem que esse causadores precisam morrer.
A partir daí, uma morte acabará gerando um ciclo vicioso, onde vidas começarão a ser perdidas e fará surgir uma grande reflexão: de quem realmente é a culpa?

Eles Precisam Morrer, possui um ritmo de narração acelerado, com capítulos curtos que despertam a curiosidade de ler o próximo, ao final de cada um.
Você quer saber se as personagens de fato serão capazes de fazer o que dizem e acaba se surpreendendo com a resposta que obtém a cada capítulo.
Como eu falei, a história tem uma pegada bem sinistra, então garanto que você se deparará com cenas bem sanguinárias, seguidas de cenas tristes e cenas extremamente reflexivas.
A narração é feita em terceira pessoa e dividida em acontecimentos relacionados a cada uma das três personagens principais, embora o enfoque maior seja em Alicia, a adolescente que odeia Fontana (e que eu gerei uma antipatia quase automática).
Devorei a obra em poucos dias, pois queria saber qual seria o desfecho de uma história tão atípica e tão difícil de se ter um final feliz.
É uma boa história para os fãs do gênero de ficção/suspense, que vai surpreender e muito, qualquer um que ler, vocês não fazem ideia do que essas três adolescentes, aparentemente inofensivas, serão capazes de fazer!

Eles Precisam Morrer… E você… Precisa ler essa história!

Bom, essa é a resenha de hoje! Até a próxima, pessoal!

Related posts

Resenha – A Intuitiva – Hannah Howell

Resenha - A Intuitiva - Hannah Howell


Resenha - A Intuitiva - Hannah Howell

“Inglaterra, século XVIII. Assim como a maioria de seus familiares, Alethea Vaughn Channing possui dons especiais. Desde pequena ela tem visões recorrentes de um homem desconhecido. Passados 15 anos desde a primeira visão, ela prevê um risco de morte. Ela precisa encontrá-lo, contar sobre sua...

Saiba como tudo começou: Crônicas de Morrighan: A Origem do Amor

Saiba como tudo começou: Crônicas de Morrighan: A Origem do Amor


Saiba como tudo começou: Crônicas de Morrighan: A Origem do Amor

A ORIGEM DO SENTIMENTO QUE ERGUEU UM NOVO REINO Quando o primeiro volume das Crônicas de Amor & Ódio chegou ao Brasil, os leitores souberam na hora que era amor à primeira vista. A jornada de Lia — repleta de aventura, fantasia, poder e romance — fez com que os darklovers se entregassem de...

Resenha – Kimi no Na wa (Your Name)

Resenha - Kimi no Na wa (Your Name)


Resenha - Kimi no Na wa (Your Name)

Sim, amiguinhos. Hoje vamos falar sobre uma animação vinda das longínquas terras do Japão, sim, aquele Japão cheio de coisas bizarras e animes que tanto amamos, ou odiamos. Vamos falar sobre Kimi no Na wa, ou como ficou conhecido aqui no ocidente, Your Name. Bem, vou colocar a sinopse logo...