Título e Capa 5
Escrita / Enredo 3
Originalidade 3
Personagens 4
Final 3

Você mandaria um vilão fazer o trabalho de um herói? Hoje temos uma resenha de mais um livro infantojuvenil, intitulado “Escola de Vilões“, primeiro livro da série escrito pela autora Norte-Americana “Jen Calonita“. O livro foi publicado pela Editora Gente, com o selo ùnica, em 2015, e é bem curtinho, com 195 páginas. Finalizei a leitura em questão ..

Summary 3.6 good
Título e Capa 5
Escrita / Enredo 5
Originalidade 5
Personagens 5
Final 5
Summary rating from 1 user's marks. You can set own marks for this article - just click on stars above and press "Accept".
Accept
Summary 5.0 great

Resenha – Escola de Vilões

Resenha do Livro Escola de Vilões

Você mandaria um vilão fazer o trabalho de um herói?

Hoje temos uma resenha de mais um livro infantojuvenil, intitulado “Escola de Vilões“, primeiro livro da série escrito pela autora Norte-Americana “Jen Calonita“. O livro foi publicado pela Editora Gente, com o selo ùnica, em 2015, e é bem curtinho, com 195 páginas. Finalizei a leitura em questão de três dias.

Vou colocar a sinopse e em seguida farei meus comentários sobre a escrita, enredo, final.

Será que um vilão pode se recuperar?

Gilly não se considera exatamente uma garota má… Porém, quando se tem cinco irmãos e irmãs mais novos, é preciso ser criativo para ajudar nas despesas. Ela é uma ladra muito boa, e disso tem certeza e pode se gabar. Até ser pega.

Depois de roubar uma presilha, é sentenciada a passar três meses no Reformatório de Contos de Fadas – no qual os professores são aqueles antigos vilões que já conhecemos, como o grande Lobo Mau e a malvada Madrasta da Cinderela. Quando, porém, ela faz amizade com alguns estudantes, como Jax e Kayla, aprende que esse reformatório vai muito além de sua missão heroica. Há uma batalha ganhando forma e Gilly precisa descobrir: os vilões podem realmente mudar?

Descubra o Lado B dos contos de fadas.

O livro faz parte de uma série que, pelo enredo e tudo que li, bem ousada. Digo ousada, pois quando vemos todos aqueles contos de fadas que conhecemos de cor e salteado ganhar uma sequência, vejo uma tremenda ousadia em se criar um enredo baseado em todas essas tramas, pois qualquer deslize, pode ser fatal para o prosseguimento da série.

Nossa protagonista é uma ladra, que faz seus furtos por um bem maior: sua família. Ela mora no reino dos contos de fadas. O ponto interessante sobre a história, é que se passa na terra dos contos de fadas (Encantadópolis). E lá temos Cinderela, Branca de Neve, Bela Adormecida… Mas também temos os famosos Vilões de cada conto de fadas, como o Lobo Mau, A Madrasta da Cinderela. Porém todos eles foram regenerados de suas falhas e dão aulas no Reformatório dos Contos de Fadas. Como, por exemplo, a madrasta da Cinderela, que é a diretora do RCF; que Reintegra as pessoas que cometem crimes em Encantadópolis.

Nossa protagonista Gilly comete seu terceiro delito e é levada, com consentimento de seus pais, para o RCF. E lá, além de fazer novos amigos e inimigos, ela tem que tentar mudar sua ânsia em roubar qualquer coisa que ache valiosa, e descobrir quem está por trás de alguns eventos suspeitos dentro do Reformatório. Além de toda a trama, o livro tem suas originalidades, mesmo usando como base os contos de fadas e dando um novo rumo para todos eles, deixando todos no mesmo universo.

Não posso dar muitos spoilers sobre o que acontece no final, mas o que posso dizer é que Escola de Vilões é uma leitura fácil, com um enredo cativante, e bem gostosa, porém não achei tão difícil sacar quem eram as pessoas culpadas pelos eventos que ocorreram no decorrer das páginas. Mas que ainda tenho suspeitas sobre a continuação da série.

Não estou com tanta ansiedade para ler os próximos livros da série, já que o Livro Escola de Vilões, mesmo sendo um livro bom, não é aquele livro que me fez ficar louco pelo próximo.

 Resenha do Livro Escola de Vilões, Escrito por Jen Calonita

Resenha do Livro Escola de Vilões

Related posts

Resenha: Não me Abandone Jamais – Kazuo Ishiguro

Resenha: Não me Abandone Jamais - Kazuo Ishiguro


Resenha: Não me Abandone Jamais - Kazuo Ishiguro

"Não me Abandone Jamais", do autor Kazuo Ishiguro, publicado no Brasil pela Companhia das Letras, foi o ilustre ganhador do prêmio NOBEL de literatura de 2017. O romance/ficção aborda a história de Kathy H., uma mulher adulta, de 31 anos, que desempenha o papel de "cuidadora". Criada no...

Resenha: Nunca Deixe de Acreditar – Christina Rickardsson

Resenha: Nunca Deixe de Acreditar - Christina Rickardsson


Resenha: Nunca Deixe de Acreditar - Christina Rickardsson

"Nunca Deixe de Acreditar - das Ruas de São Paulo ao Norte da Suécia", escrito pela ex menina de rua e atual empreendedora, Christina Rickardsson, foi Publicado no Brasil pela Editora Novo Conceito, sob o selo Novas Ideias. Christina, começou a vida morando com a mãe em uma caverna, cercada...

Resenha: Ressurreição (Resurrection) – Primeira Temporada

Resenha: Ressurreição (Resurrection) - Primeira Temporada


Resenha: Ressurreição (Resurrection) - Primeira Temporada

  "Ressurreição", a “nova” série restrita da ABC que estreou na TV aberta pela Rede Globo dia 8 de novembro de 2017, começa com um menino que retornou dos mortos. Esta é uma coisa muito moderna para ele fazer. Enquanto "The Walking Dead" continua a ser um gigante de classificação com as suas...