Título e Capa 4
Escrita / Enredo 4
Originalidade 4
Personagens 5
Final 3

John Consntantine… em um reality show? Sim, meus amigos, é exatamente o que vocês leram. John Constantine já participou de um reality show. Mas é claro que não foi um simples reality. Passagens Sombrias é uma graphic novel onde Constantine é contratado por uma emissora de televisão para participar do Reality Show “Passagens Sombrias”, pois ..

Summary 4.0 Incrível
Título e Capa 0
Escrita / Enredo 0
Originalidade 0
Personagens 0
Final 0
Summary rating from user's marks. You can set own marks for this article - just click on stars above and press "Accept".
Accept
Summary 0.0 Ruim

Resenha Hellblazer – Passagens Sombrias

resenha-da-graphic-novel-hellblazer-passagens-sombrias-vertigo-comics

Capa da Graphic Novel “Passagens Sombrias”, da Vertigo Comics. Publicado no Brasil pela Panini Comics

John Consntantine… em um reality show?

Sim, meus amigos, é exatamente o que vocês leram. John Constantine já participou de um reality show. Mas é claro que não foi um simples reality.

Passagens Sombrias é uma graphic novel onde Constantine é contratado por uma emissora de televisão para participar do Reality Show “Passagens Sombrias”, pois algumas coisas não estavam saindo como o combinado. Esse programa é como se fosse um BBB, mas com um pequeno diferencial: a casa era assombrada. Pelo menos, a ideia era que os sustos fossem controlados pela equipe do programa, mas as coisas começaram a fugir do controle, e a única saída foi colocar um especialista no programa.

Devo admitir que, quando eu li a sinopse dessa história, eu pensei que ia ser uma galhofa. Mas eu quebrei a cara. Apesar dos desenhos serem em preto e branco, a história é muito boa, digna de Hellblazer, com demônios e fantasmas, e Constantine sendo o cara canastrão, sarcástico e filho da p*#@ de sempre. A única coisa que eu realmente não gostei foi que o grande mistério da história foi apresentado muito rápido e foi muito jogado na cara do leitor, quando ele menos estava esperando. Como a edição tem mais de 200 páginas, acho que dava para preparar o terreno por mais algumas páginas, para não ficar tão corrido o final.

Os coadjuvantes foram desenvolvidos do jeito certo. Afinal, como era um grupo grande de pessoas, cada uma teria uma personalidade diferente. E isso é bem apresentado durante a história, claro que tudo isso muda com a revelação do mistério principal da história.

Considerações finais

Recomendo para quem gosta de uma boa história de demônios, fantasmas ou ocultismo em geral. Também recomendo para os fãs de Constantine, pois é uma história que faz jus ao seu nome. E para quem só conhece John pelo filme, ou pela série, também recomendo, para você ver o quanto a personalidade dele foi desperdiçada e aproveitada, respectivamente. E pra quem não chegou a ver nada sobre a série, pelo fato de ter sido cancelada, logo abaixo será postado o trailer da série Constantine.

Bem, acho que por hoje é só. Leiam, comentem, curtam e compartilhem. Propaguem o Mundo das Resenhas para seus familiares, amigos e inimigos. Até mais.

Resenha da História em Quadrinhos Hellblazer – Passagens Sombrias, da Vertigo Comics

Related posts

Resenha: Piano Vermelho – Josh Malerman

Resenha: Piano Vermelho - Josh Malerman


Resenha: Piano Vermelho - Josh Malerman

Josh Malerman entrou na minha vida com o pé direito, quando eu li “Caixa de Pássaros”. Ainda posso sentir na pele toda a agonia que aquela leitura me causou (vide minha resenha da obra)... Então, assim que “Piano Vermelho” foi lançado, imediatamente entrou na minha lista de desejos. Desta vez...

RESENHA – SILÊNCIO – BECCA FITZPATRICK

RESENHA - SILÊNCIO - BECCA FITZPATRICK


RESENHA - SILÊNCIO - BECCA FITZPATRICK

“Nora Grey não consegue se lembrar dos últimos cinco meses. Depois do choque inicial de acordar em um cemitério e descobrir que ficou desaparecida por semanas, ela precisa retomar sua rotina, voltar à escola, reencontrar a melhor amiga, Vee, e ainda aprender a conviver com o novo namorado da...

Não se apega, não! – Isabela Freitas

Não se apega, não! - Isabela Freitas


Não se apega, não! - Isabela Freitas

Desapegar: remover da sua vida tudo que torne o seu coração mais pesado. Loucos são os que mantêm relacionamentos ruins por medo da solidão. Qual é o problema de ficar sozinha? Que me desculpe o criador da frase “você deve encontrar a metade da sua laranja”. Calma lá, amigo. Eu nem gosto de...