Título e Capa 5
Escrita / Enredo 5
Originalidade 4
Personagens 5
Final 4

Devo admitir que nunca li muita coisa do Homem-Aranha. Apenas vi seus filmes e li resumos de histórias clássicas na Wikipédia. Mas eu sei um pouco sobre o comportamento e modo de agir do teioso, o que me fez ter uma experiência muito satisfatória com o livro “Homem-Aranha: Entre Trovões”. Um dos primeiros livros que ..

Summary 4.6 Incrível
Título e Capa 0
Escrita / Enredo 0
Originalidade 0
Personagens 0
Final 0
Summary rating from user's marks. You can set own marks for this article - just click on stars above and press "Accept".
Accept
Summary 0.0 Ruim

Resenha – Homem-Aranha: Entre Trovões

Homem-aranha entre trovõesDevo admitir que nunca li muita coisa do Homem-Aranha. Apenas vi seus filmes e li resumos de histórias clássicas na Wikipédia. Mas eu sei um pouco sobre o comportamento e modo de agir do teioso, o que me fez ter uma experiência muito satisfatória com o livro “Homem-Aranha: Entre Trovões”. Um dos primeiros livros que traz os heróis da Marvel direto para as paginas de um livro. Sem desenhos. Apenas palavras e a nossa imaginação.

Quando o amigo da vizinhança é atacado por um exercito de robôs assassinos e um antigo vilão, Electro, Peter Parker começou a suspeitar que houvesse alguém controlando todo esse plano nos bastidores. As pistas apontavam para J. Jonah Jameson, o editor do Clarim Diário e a pessoa que sempre liderou uma verdadeira “caça as bruxas” contra o teioso. Mas, se o seu famoso sentido-aranha estava lhe dizendo que até as pessoas que ele mais ama eram perigosas, em quem Peter poderia confiar?

Basicamente é o enredo de uma das melhores histórias de heróis que eu já li, vi ou joguei. Uma narrativa mediana no quesito dificuldade, pois temos alguns termos técnicos e descrições de movimentos um tanto ousadas, a história é leve, com o humor característico do teioso, mas com mais seriedade, pois Peter não é mais um garoto do colegial. Agora, casado com Mary Jane Watson-Parker e trabalhando como um professor em uma escola para crianças “agitadas”, ele não pode mais ficar fazendo piadas enquanto briga com os vilões, embora o instinto supera a seriedade, e vez ou outra temos alguma piada infame do escalador de paredes.

Mas o ponto alto da história é como o relacionamento entre Homem-Aranha e JJJ é levado ao extremo, pois um começa a caçar o outro, em uma convicção insana de que o outro é culpado por tudo que vem acontecendo em Nova York. Pra mim, o ponto alto foi quando eles foram obrigados a trabalhar juntos. Leve spoiler: O “beijo na boca” que o teioso dá no JJJ foi, pra mim, a parte mais engraçada do livro todo. Fim do spoiler.

Outra coisa que eu gostei foi que você não precisa saber de toda a história do teioso pra ler Entre Trovões, pois ele te deixa muito bem situado dos acontecimentos ao longo da vida de Peter. Com narrativas breves que explicam o essencial à história, o autor fez um ótimo trabalho.

E por fim as aparições especiais de alguns dos heróis da Marvel, como Os Vingadores e o Quarteto Fantástico, nos deixa com aquele gosto de “quero ver isso nos filmes”

Considerações finais:

Pra quem gosta de uma história com ação, comédia, um pouco de drama (bem pouco) e heroísmo, Entre Trovões foi feito para você. Nem preciso dizer que é uma leitura obrigatória para qualquer fã do Homem-Aranha.

Então essa foi a resenha de hoje. Leiam, compartilhem e comentem. Só assim saberemos que vocês realmente estão lendo. Deixem suas opiniões, críticas, detalhes ou apenas um “oi” nos comentários. Iremos responder a todos. Até a próxima e lembrem-se sempre de ter cartuchos de teias extras. Nunca se sabe quando será preciso.

Resenha do Livro Homem-Aranha: Entre Trovões, de Christopher L. Bennett

Resenha do Livro Entre trovoes - Homem-aranha - cristopher l bennett

Related posts

David Copperfield: O clássico dos clássicos?

David Copperfield: O clássico dos clássicos?


David Copperfield: O clássico dos clássicos?

******************************NÃO contém spoiler****************************** Editora: Cosac & Naify Autor: Charles Dickens / Idioma: Português / Romance de formação - Clássico inglês/ 1.312 páginas Charles Dickens é conhecido como o maior escritor da literatura inglesa e foi...

The Mad Ship (Os Mercadores de Navios-Vivos #2): Superou O Navio Arcano?

The Mad Ship (Os Mercadores de Navios-Vivos #2): Superou O Navio Arcano?


The Mad Ship (Os Mercadores de Navios-Vivos #2): Superou O Navio Arcano?

******************************NÃO contém spoiler****************************** (CONFIRA A RESENHA DE O NAVIO ARCANO CLICANDO AQUI) Editora: Harpervoyager Autora: Robin Hobb / Gênero: Fantasia / Idioma: Inglês / 915 páginas O que posso dizer sobre “The Mad Ship” (*O Navio Insano)? Melhor...

Wytches: A representação de um medo ancestral

Wytches: A representação de um medo ancestral


Wytches: A representação de um medo ancestral

******************************NÃO contém spoiler****************************** Editora: Darkside Books Autor: Scott Snyder / Ilustrador: Jock / Tradutor: Érico Assis / Gênero: Graphic Novel / 192 páginas / Capa dura Esqueça as mulheres assustadoras que voam em vassouras, que possuem...