Título e Capa 5
Escrita / Enredo 3
Originalidade 3
Personagens 3
Final 4

TÍTULO: “Lobos de Loki“ SÉRIE: Crônicas de Blackwell EDITORA: Rocco – Jovens Leitores PÁGINAS: 320 AUTORAS: K.L ARMSTRONG  & M. A. Marr Olá, leitores. Hoje vou falar um pouco sobre uma nova série de livros que alguns consideram o “Percy Jackson da Mitologia Nórdica”, mas eu discordo um pouco. Pois o que foi usado para ..

Summary 3.6 Ótimo
Título e Capa 0
Escrita / Enredo 0
Originalidade 0
Personagens 0
Final 0
Summary rating from user's marks. You can set own marks for this article - just click on stars above and press "Accept".
Accept
Summary 0.0 Ruim

Resenha: Lobos de Loki – Crônicas de Blackwell

Resenha do Livro Lobos de Loki - Cronicas de Blackwell

  • TÍTULO: “Lobos de Loki
  • SÉRIE: Crônicas de Blackwell
  • EDITORA: Rocco – Jovens Leitores
  • PÁGINAS: 320
  • AUTORAS: K.L ARMSTRONG  & M. A. Marr

Olá, leitores.

Hoje vou falar um pouco sobre uma nova série de livros que alguns consideram o “Percy Jackson da Mitologia Nórdica”, mas eu discordo um pouco. Pois o que foi usado para a construção da trama foi só a “fórmula” tão utilizada pelo titio Rick Riordan. A série ainda não caiu no gosto dos jovens e adultos, pois as autoras Kelley Armstrong e Melissa Marr não são nomes tão conhecidos para o público infantojuvenil; K. L. Armstrong escreveu uma trilogia de livros que ainda tenho vontade de ler: Darkest Powers. Já M. A. Marr é novidade para mim, pois ela escreve livros adultos, a série mais famosa dela é Wicked Lovely .

O primeiro livro da série Crônicas de Blackwell, intitulado “Lobos de Loki”, foi lançado no Brasil em 2015, e no mês passado (junho) foi lançado o segundo livro da série: “Corvos de Odin“. O terceiro livro da série já tem versão em inglês: Thor’s Serpents. Que,  seguindo pela lógica terá o título: “Serpentes de Thor“. E mais uma novidade que tenho, segundo o site oficial da autora M. A. Marr, a série irá para os vídeo games. É aguardar para saber em qual plataforma teremos.

  • Mitos de BlackwellUm artigo que fala sobre os mitos citados no livro, um bom tira dúvidas de termos da mitologia nórdica.
  • Descendentes do NorteConheça os personagens do livro Lobos de Loki

Quando pensamos em mitologia, já pensamos rapidamente em deuses gregos, ou mesmo egípcios. Porém, nos tempos atuais, tem crescido muito o conteúdo voltado à mitologia nórdica, herdada dos vikings. Que é muito forte nos países nórdicos. Na minha opinião, a mitologia nórdica é uma das melhores, mas que não foi muito aproveitada.  Porém se você tem interesse em conhecer um pouco mais e se introduzir com histórias sobre Deuses nórdicos leia essa série, mesmo que não seja uma aula de mitologia o que nos é apresentado na trama, mas faz com que te aguce a vontade de conhecer mais sobre essa cultura. E, se por acaso, você não conseguir se situar bem no livro ou ter uma prévia da trama, tem alguns posts feitos pela editora Rocco que vão te tirar muitas dúvidas e te auxiliar na leitura nos links que deixei acima.

O livro tem um ritmo frenético,tanto para os personagens, que não têm descanso algum em toda a trama, quanto para nós, que não te deixa respirar em momento algum. Com nosso grupo tentando deter o Ragnarök, o fim do mundo da mitologia nórdica. Matt Thorsen, Fen e Lara Brekke, são os descendentes dos deuses nórdicos, mortos há muito tempo.

O ponto forte do livro são as reviravoltas que acontecem no decorrer da trama, as quais te deixam instigado a descobrir os mistérios que envolvem nossos protagonistas, e os pontos principais no enredo que explicam bem sobre a mitologia nórdica, e que te fazem ter uma boa ideia de como era; mas não espere que isso te faça um expert e saiba tudo, pois são somente os fatos que têm relevância para o enredo que são explicados cuidadosamente.

O ponto negativo do livro são as formas fáceis e milagrosas que os personagens saem das enrascadas. As autoras poderiam ter tido o cuidado de ter colocado um background que envolvesse os personagens, pois o background utilizado (o Ragnarök) não teve muita influência no enredo. Sei que é somente a introdução de uma história muito bem elaborada, mas como já li o segundo sei bem sobre o que estou falando, e ainda não foi bem desenvolvida a ideia central que é deter o Ragnarök.

Indico essa série para o público infantojuvenil, e também para as pessoas que gostam de livros com mitologia, mas que não sejam fissurados nos livros do tio Rick, pois você irão comparar muito, e como são mitologias diferentes, não é justo fazer tais comparações.

Se gostaram da resenha, não se esqueça de se inscrever em nosso site e comentar ali em baixo, pois isso nos fortalece, para sempre trazermos novidades do mundo literário. E não se esqueçam: Deuses nórdicos não são imortais!

RESENHA DO LIVRO LOBOS DE LOKI – CRÔNICAS DE BLACKWELL

 

Related posts

Resenha: Piano Vermelho – Josh Malerman

Resenha: Piano Vermelho - Josh Malerman


Resenha: Piano Vermelho - Josh Malerman

Josh Malerman entrou na minha vida com o pé direito, quando eu li “Caixa de Pássaros”. Ainda posso sentir na pele toda a agonia que aquela leitura me causou (vide minha resenha da obra)... Então, assim que “Piano Vermelho” foi lançado, imediatamente entrou na minha lista de desejos. Desta vez...

Resenha do Livro Filhos e Soldados – Bruce Henderson

Resenha do Livro Filhos e Soldados - Bruce Henderson


Resenha do Livro Filhos e Soldados - Bruce Henderson

Hoje vamos comentar sobre um livro incrível, mas eu disse incrível mesmo. Uma obra que conta a valentia de como seis meninos alemães, e ainda por cima, judeus conseguiram fugir da Alemanha Nazista. Isso mesmo, o Livro Filhos e Soldados contém um registro incrível e maravilhoso de como garotos...

RESENHA – TPM, PARA QUE TE QUERO? – JU FERRAZ

RESENHA - TPM, PARA QUE TE QUERO? - JU FERRAZ


RESENHA - TPM, PARA QUE TE QUERO? - JU FERRAZ

Desde pequenas somos vistas como o sexo frágil, histéricas e incapazes de escrever a nossa própria história. Sim, somos bombardeadas por hormônios em todas as fases da nossa vida e precisamos aprender a lidar com isso. Não é fácil! Temos oscilações de humor e às vezes simplesmente não temos...