Título e Capa 4
Escrita / Enredo 5
Originalidade 5
Personagens 5
Final 5

Mais do que um livro, uma lição de vida! “O maior objetivo da vida é amar. O resto é silêncio.” Ao longo da resenha vou inserir algumas das mais belas citações que há no livro, espero que elas tefaçam sentir oque senti ao ler essa obra maravilhosa. Essa foi a segunda obra do autor “Paulo ..

Summary 4.8 Incrível
Título e Capa 0
Escrita / Enredo 0
Originalidade 0
Personagens 0
Final 0
Summary rating from user's marks. You can set own marks for this article - just click on stars above and press "Accept".
Accept
Summary 0.0 Ruim

Resenha – Manuscrito Encontrado em Accra – Paulo Coelho

Resenha do Manuscrito encontrado em AccraMais do que um livro, uma lição de vida!

“O maior objetivo da vida é amar. O resto é silêncio.”

Ao longo da resenha vou inserir algumas das mais belas citações que há no livro, espero que elas tefaçam sentir oque senti ao ler essa obra maravilhosa.

Essa foi a segunda obra do autor “Paulo Coelho” que li, a outra não gostei muito, mas essa…  eu simplesmente amei! Na verdade, nas primeiras notas do livro Paulo Coelho nos dá uma descrição rápida de seu conteúdo, nos mostrando que o conteúdo do livro nada mais é do que um manuscrito que nosso autor nos transcreveu (daí o nome “Manuscrito encontrado em Accra“).

“Não tente ser útil. Tente ser você: isso basta, e faz toda a diferença.”
Manuscrito encontrado em Accra. P. 46.

Repleto de conselhos maravilhosos e lições para diversos campos da vida, essa obra toca lá no fundo da alma. Ouvi certa vez de uma professora que livro bom é aquele que muda alguma coisinha em você e de acordo com essa definição, posso dizer que esse é um livro mais do que bom!

Queria que a galera das “modinhas”, que só leram aqueles romances clichês que viraram febre, lessem esse livro para saberem o que é uma verdadeira leitura profunda e que te faz refletir.

 Há tempos não dava 5 estrelas para um livro e é com orgulho que digo: ESSE MERECE ATÉ MAIS!

“Só é amado e respeitado aquele que se ama e se respeita. Jamais procure agradar a todo mundo, ou irá perder o respeito de todos.”

“Abençoados sejam aqueles que não temem a solidão. Que não se assustam com a própria companhia, que não ficam desesperados em busca de algo com que se ocupar, se divertir ou para julgar.”

“E chegará o dia em que os momentos difíceis serão apenas histórias que contarão, orgulhosos, para aqueles que quiserem escutar. E todos os ouvirão com respeito e aprenderão três coisas importantes: A ter paciência para esperar o momento certo de agir. Sabedoria para não deixar a próxima oportunidade escapar. E orgulho de suas cicatrizes.”

“Amamos porque o amor nos liberta. E passamos a dizer palavras que não tínhamos coragem de sussurrar nem para nós mesmos.”

“ E se a vitória não for desta vez, será na próxima. E se não for na próxima, será mais adiante. O pior não é cair, é fica preso ao chão. Só é derrotado quem desiste.”

“ Não estou aqui para dizer que a derrota faz parte da vida; isso todos nós já sabemos. Só os derrotados conhecem o amor. Porque é no reino do amor que travamos nossos primeiros combates, e geralmente perdemos. Estou aqui para dizer que existem pessoas que nunca foram derrotadas. São aquelas que nunca lutaram.”

Resenha – Manuscrito Encontrado em Accra – Paulo Coelho

SINOPSE

14 de julho de 1099. Enquanto Jerusalém se prepara para a invasão dos cruzados, um grego conhecido como Copta convoca uma reunião com os jovens e velhos, homens e mulheres da cidade.

A multidão formada por cristãos, judeus e muçulmanos chega à praça achando que irá ouvir uma preleção sobre como se preparar para o combate, mas não é isso que Copta tem a lhe dizer.

Tudo indica que a derrota é iminente, mas o grego só quer instigar as pessoas a buscarem a sabedoria existente em sua vida cotidiana, forjada a partir dos desafios e dificuldades que têm de enfrentar.

O verdadeiro conhecimento, acredita, está nos amores vividos, nas perdas sofridas, nos momentos de crise e de glória e na convivência diária com a inevitabilidade da morte. Na tradição de O Profeta, de Khalil Gibran.

Manuscrito encontrado em Accra é um convite à reflexão sobre nossos princípios e nossa humanidade.

“Ame. Não falo aqui apenas do amor por outra pessoa. Amar significa estar disponível para os milagres, para as vitórias e derrotas, para tudo o que acontece durante cada dia que nos foi concedido caminhar sobre a face da terra”.

Related posts

RESENHA – SILÊNCIO – BECCA FITZPATRICK

RESENHA - SILÊNCIO - BECCA FITZPATRICK


RESENHA - SILÊNCIO - BECCA FITZPATRICK

“Nora Grey não consegue se lembrar dos últimos cinco meses. Depois do choque inicial de acordar em um cemitério e descobrir que ficou desaparecida por semanas, ela precisa retomar sua rotina, voltar à escola, reencontrar a melhor amiga, Vee, e ainda aprender a conviver com o novo namorado da...

Não se apega, não! – Isabela Freitas

Não se apega, não! - Isabela Freitas


Não se apega, não! - Isabela Freitas

Desapegar: remover da sua vida tudo que torne o seu coração mais pesado. Loucos são os que mantêm relacionamentos ruins por medo da solidão. Qual é o problema de ficar sozinha? Que me desculpe o criador da frase “você deve encontrar a metade da sua laranja”. Calma lá, amigo. Eu nem gosto de...

RESENHA – FALCÃO, MENINOS DO TRÁFICO – MV BILL E CELSO ATHAYDE

RESENHA - FALCÃO, MENINOS DO TRÁFICO - MV BILL E CELSO ATHAYDE


RESENHA - FALCÃO, MENINOS DO TRÁFICO - MV BILL E CELSO ATHAYDE

“Este livro é um contundente relato pessoal de Celso Athayde e MV Bill dos bastidores da produção de um documentário explosivo sobre o universo dos meninos que trabalham no tráfico de drogas em diversas partes do país. Narrado em primeira pessoa, o livro revela as dramáticas experiências que...

Resenha: O Conde de Monte Cristo – Alexandre Dumas

Resenha: O Conde de Monte Cristo - Alexandre Dumas


Resenha: O Conde de Monte Cristo - Alexandre Dumas

"Esperar e ter esperança" Ah, aquele livro enorme, que te proporciona infinitos suspiros ao término da leitura e a certeza que cada página lida valeu a pena... Assim é "O Conde de Monte Cristo". Esse romance atemporal de Alexandre Dumas, nos apresenta a Edmond...

Resenha: O orfanato da Srta. Peregrine para crianças peculiares – Ransom Riggs

Resenha: O orfanato da Srta. Peregrine para crianças peculiares - Ransom Riggs


Resenha: O orfanato da Srta. Peregrine para crianças peculiares - Ransom Riggs

Desde o prólogo somos apresentados a Jacob, um garoto muito apegado a seu avô, Abraham Portman (Abe) e a todas as suas histórias, no mínimo "fantasiosas" frente a ótica comum. As memórias de Abe descreviam um mundo muito diferente do que a lógica nos permite acreditar: monstros, crianças...

Resenha: Jantar Secreto – Raphael Montes

Resenha: Jantar Secreto - Raphael Montes


Resenha: Jantar Secreto - Raphael Montes

E hoje vou falar um pouco, de uma leitura nenhum pouco recomendada para quem tem estômago sensível: o “Jantar Secreto”, do autor "BR", “Raphael Montes”. O primeiro contato que tive com esse brasileiro, de histórias nada convencionais, foi ao ler "O Vilarejo" – se você não conhece, trate de...