Título e Capa 4
Escrita / Enredo 5
Originalidade 4
Personagens 5
Final 4

Ouso dizer que, nos últimos anos, “The Walking Dead” trouxe todo o universo dos zumbis de volta aos holofotes. Mesmo tendo vários filmes, livros e séries, estávamos carentes de uma boa história de zumbis, com todo aquele suspense e terror dos clássicos. Porém, a série acabou por chamar muitos fãs, colocando novamente esse universo em foco e ..

Summary 4.4 great
Título e Capa 0
Escrita / Enredo 0
Originalidade 0
Personagens 0
Final 0
Summary rating from user's marks. You can set own marks for this article - just click on stars above and press "Accept".
Accept
Summary 0.0 bad

Resenha – O Vale dos Mortos – Rodrigo de Oliveira;

o-vale-dos-mortos-rodrigo-de-oliveiraOuso dizer que, nos últimos anos, “The Walking Dead” trouxe todo o universo dos zumbis de volta aos holofotes. Mesmo tendo vários filmes, livros e séries, estávamos carentes de uma boa história de zumbis, com todo aquele suspense e terror dos clássicos. Porém, a série acabou por chamar muitos fãs, colocando novamente esse universo em foco e fazendo mais obras a esse respeito surgirem desde então.

E eis que nos deparamos com “O Vale dos Mortos”, um livro com essa temática E nacional. 

Aqui está a sinopse oficial desta obra:

2017… UMA PROFECIA ESQUECIDA DO LIVRO DO APOCALIPSE, REITERADA POR OUTROS PROFETAS MODERNOS, RESSURGE…
Cientistas descobrem um planeta vermelho em rota de colisão com a Terra. Depois de muito pânico nos quatro cantos do mundo, eles asseguram que o corpo celeste passaria a uma distância segura de nós. E todos ficam tranquilos acreditando que nada iria acontecer…
Então 2/3 de todas as pessoas no Planeta caem desmaiadas, vítimas de um estranho surto… “E abriu-se o poço do abismo, de onde saíram seres como gafanhotos com poderes de escorpiões. E os homens buscarão a morte e a morte fugirá deles.” – Apocalipse 9, 2-6.
E um grupo luta para sobreviver num mundo dominado pelo mal.

Com passagens por São Paulo, Brasília, Estados Unidos, China e França, O Vale dos Mortos baseia-se na profecia de que um planeta intruso ao sistema solar, ao raspar por nossa orbita, fatalmente desencadearia a transformação em grande parte da humanidade, não havendo lugar seguro e ambientes sem infecção, pois ela ocorreria simplesmente pela aproximação do astro. Pegos de surpresa, e tentando entender o que acontecia enquanto buscavam se salvar, um casal e seus filhos iniciam uma jornada para restabelecer alguma condição de vida no que restou de seu próprio mundo.”

Embora existam diversas histórias de zumbis, cada uma apresenta uma teoria diferente sobre o surgimento desses seres e eu gostei bastante da teoria criada pelo senhor “Rodrigo de Oliveira”. Aliás, ele diz que o livro surgiu após um pesadelo super realístico. Olha, seu pesadelo proporcionou um ótimo resultado, então, parabéns!

Enfim, no ano de 2017, um planeta está aparentemente em rota de colisão com a terra, todos se desesperam achando que o fim da humanidade chegou, mas, é notificado que o tal planeta não se colidirá conosco, mas passará bem perto. Toda a população suspira aliviada, mas, ao se aproximar da Terra, um fenômeno talvez pior que a destruição acontece… Boa parte da população de todo o mundo sofre um mal súbito, desmaia e ao acordar já não são mais pessoas normais… Resta a quem não foi atingido por esse fenômeno lutar para sobreviver.

Por ser passado em território nacional, o livro faz você se imaginar muito mais vivendo a história, se apegando a luta de sobrevivência dos personagens, etc e tal.

Além do clássico “tentando sobreviver num apocalipse zumbi”, o livro aborda relações familiares, laços construídos diante de tragédias, esperança e é claro que, mesmo com os zumbis rondando por aí, sempre tem os humanos que, mesmo sendo “normais”, conseguem ser piores que as feras.

Minha avaliação final e geral? Gostei bastante dessa obra! Vamos ver como serão as próximas, que já estão na fila de leitura aguardando sua vez.
Autor nacional e, pelo menos segundo esse primeiro livro, bom! Procurem e leiam!

E se tiverem interesse em ler outra obra sobre apocalipse zumbi e também ambientada em território brasileiro, procurem por “Sobreviventes do Apocalipse” aí no Google e adquiram, sou suspeita para falar, mas, oh, também é muito bom!

Até a próxima galera!

Related posts

Resenha: A Menina Mais Fria De Coldtown

Resenha: A Menina Mais Fria De Coldtown


Resenha: A Menina Mais Fria De Coldtown

Para quem gosta de um bom romance com muita aventura, perigo e vampiros, A Menina Mais Fria De Coldtown de Holly Black é uma ótima escolha. Com capítulos intercalados entre os acontecimentos atuais e flashbacks que dão sentido a história, o livro narra em terceira pessoa a história de Tana, uma...

Resenha: O Purgatório Mental – Henrique Medeiros

Resenha: O Purgatório Mental - Henrique Medeiros


Resenha: O Purgatório Mental - Henrique Medeiros

"Em minha última manhã eu percebi que sempre fui o nada que temia me tornar." (Thy Light)  "O Purgatório Mental", trata-se de uma obra nacional de romance/fantasia, que chegou ao mercado literário nesse ano de 2017. O autor, Henrique Medeiros, escreveu a história quando tinha apenas 17...

Resenha: Sono – Haruki Murakami

Resenha: Sono - Haruki Murakami


Resenha: Sono - Haruki Murakami

Um livro muito pequeno, considerando suas poucas 120 páginas, mas com certeza de uma leitura intrigante e definitivamente indispensável. Sono do escritor japonês Haruki Murakami traz o relato de uma mulher aparentemente comum, dona de casa, mãe e mulher, mas com um pequeno detalhe de diferença...