Título e Capa 5
Escrita / Enredo 5
Originalidade 5
Personagens 5
Final 5

Após 14 anos de espera, a família preferida de heróis retorna às telonas, com uma comédia mostrando dramas e dificuldades dos super-heróis e, ao mesmo tempo, mostrando o valor da família e o companheirismo dos mesmos. A trama de Os Incríveis 2 começa imediatamente após o término do primeiro filme  e, como sempre, a família ..

Summary 5.0 Incrível
Título e Capa 0
Escrita / Enredo 0
Originalidade 0
Personagens 0
Final 0
Summary rating from user's marks. You can set own marks for this article - just click on stars above and press "Accept".
Accept
Summary 0.0 Ruim

RESENHA – OS INCRÍVEIS 2 – BRAD BIRD

“Quando Helena Pêra é chamada para voltar a lutar contra o crime como a super-heroína Mulher-Elástica, cabe ao seu marido, Roberto, a tarefa de cuidar das crianças, especialmente o bebê Zezé. O que ele não esperava era que o caçula da família também tivesse superpoderes, que surgem sem qualquer controle”.

Após 14 anos de espera, a família preferida de heróis retorna às telonas, com uma comédia mostrando dramas e dificuldades dos super-heróis e, ao mesmo tempo, mostrando o valor da família e o companheirismo dos mesmos.

A trama de Os Incríveis 2 começa imediatamente após o término do primeiro filme  e, como sempre, a família Pera tentando salvar a cidade de um vilão que, como bem lembramos, é o Escavador, uma mistura de homem com toupeira.

A tentativa de salvar a cidade não ocorre como planejado e a família é acusada pela polícia como infratores, já que a prática de heroísmo é ilegal. Agora sem apoio do governo e morando num hotel, Helena e Roberto precisam de uma alternativa para conseguirem retomar a vida e sustentar os filhos.

Quando tudo parecia perdido, um casal misterioso de irmãos convidam os heróis, Mulher Elástica, Senhor Incrível e Gelado, para uma reunião secreta. A intenção é trazer os heróis de volta à ativa e propõem uma campanha publicitária para mudar a opinião pública sobre os mesmos.

O filme traz uma série de mudanças já que a escolhida para ser a porta-voz dos heróis é Helena, mostrando que as mulheres podem assumir papéis importantes e estar no centro das atenções sem precisar da ajuda dos homens.

A mudança causa ciúmes e insegurança em Beto, já que agora ele deve assumir o papel de dona de casa e conseguir deixar tudo em ordem, para que Helena continue trabalhando e sustentando a família.

O filme é desenvolvido de forma eficiente, viciante e envolvente, proporcionando altas risadas e diversão em cada cena. Além de ser um filme infantil, aborda aspectos sociais muito discutidos atualmente.

Personagens que antes não foram tão abordados, agora ganham espaço e se destacam, como o bebê Zezé, que possui vários poderes e causa olheiras e cansaço em Roberto. Violeta, que agora é uma garota desinibida e com opinião forte e, por fim, Flecha, com suas atitudes engraçadas e piadas ao longo do filme.

A espera com certeza valeu a pena, já que o filme é I N C R Í V E L. As cenas de ação são bem-feitas, fogem do tradicional e temos a inserção de novos personagens, proporcionando algo novo e com qualidade.

E vocês? Já assistiram? Comentem aí sobre o que acharam ^^

 

 

Related posts

Crítica: Extinção – Original Netflix

Crítica: Extinção - Original Netflix


Crítica: Extinção - Original Netflix

Muito bem galera,! hoje lhes trago mais uma obra, ou seja lá o que isso tenha sido. Acredito que o filme do qual irei falar hoje entra para a categoria de: você ama ou odeia. Primeiramente vamos começar com a sinopse, que foi o que me cativou e me fez querer assistir o filme, já que em minha...

Resenha – A Morte do Superman (2018)

Resenha - A Morte do Superman (2018)


Resenha - A Morte do Superman (2018)

Em 2016 nós tivemos o que prometia ser o verdadeiro pontapé inicial do universo cinematográfico da DC Comics com Batman vs Superman: A Origem da Justiça. Com decisões de roteiro bastante questionáveis, vemos que esse filme só serviu para trazer mais dúvidas sobre o futuro dos heróis da DC nos...

Resenha – O seu jeito de andar (2014)

Resenha - O seu jeito de andar (2014)


Resenha - O seu jeito de andar (2014)

De um lado Jay, um cara na condicional, filho de família rica, devendo 35 mil para caras nada legais, e trabalhando de faxineiro em um hospital psiquiátrico. Do outro Daisy, uma paciente recém chegada misteriosa que vivia completamente isolada do mundo. Esse é o casal que torna o filme O seu...