Título e Capa 4
Escrita / Enredo 5
Originalidade 4
Personagens 3
Final 5

  Um livro de zumbis totalmente diferente ♥ Muitas pessoas dizem que é um “Crepúsculo” de zumbis.Se eu posso indicar pra vocês lerem um livro esse ano, com certeza é esse! Já ouvi muitas criticas sobre ele, porém, nego a cada uma delas. Então, minha opinião sobre esses comentários é a seguinte: se você pega um livro, ..

Summary 4.2 great
Título e Capa 0
Escrita / Enredo 0
Originalidade 0
Personagens 0
Final 0
Summary rating from user's marks. You can set own marks for this article - just click on stars above and press "Accept".
Accept
Summary 0.0 bad

Resenha – Sangue Quente – Isaac Marion

 

Livro Sangue Quente - Meu Namorado éum zumbiUm livro de zumbis totalmente diferente ♥

Muitas pessoas dizem que é um “Crepúsculo” de zumbis.Se eu posso indicar pra vocês lerem um livro esse ano, com certeza é esse!

Já ouvi muitas criticas sobre ele, porém, nego a cada uma delas.

Então, minha opinião sobre esses comentários é a seguinte: se você pega um livro, como crepúsculo pra ler, pensando em ler um livro sobre vampiros, lobisomens, sangue, matança, caça & ETC. Com toda certeza, você não vai gostar, não importa o livro ou seja lá o que for. Isso se chama ansiedade. Todos nós sabemos que ansiedade acaba com tudo, até mesmo um amor. Se colocarmos algo em em nossas mentes e nada sai como planejado, acabamos nos decepcionando. 

Agora chega, vamos ao que interessa.

O livro é um Romance de zumbis, onde o autor se diferencia, é nesse detalhe.

Ele nos mostra como um zumbi age e o que ele pensa. Não que seja verdade, mas, já que não existem zumbis, ele pode fazer o que bem entender com uma história de ficção. Esse zumbi que se chama R, pois é, ele só se lembra da primeira letra de seu nome, sai pra caçar e saciar sua “fome” (ele nos explica que zumbis não sentem fome de carne, mas sim de energia vital, talvez por sentirem inveja de estarmos vivos e eles não) Após comer o celebro um jovem chamado Perry, o zumbi R começa a ter flashs da vida do Perry em sua mente. A partir daí, a todo custo ele quer salvar proteger a namorada de Perry: Julie; mesmo que tenha que enfrentar todos os zumbis. Mas esse não é o objetivo do livro – o romance – mas sim, como poderá haver uma cura para essa doença que acabou o mundo. Só por explicar esses detalhes, pode parecer que o livro não tem um bom enredo, mas a narrativa se sobressai e nos cativa. Isaac Marion sabe escrever um bom enredo, pois não tem falhas e segue totalmente à risca como deve ser um bom romance com um toque de suspense. 

O final  é imprevisível, nem mesmo em meus pensamentos mais profundos imaginei o que aconteceria com R & Julie.


Boa leitura! 😀

Curiosidade: Para quem não leu o livro e quer saber um pouco de como é a história, pode assistir o filme Meu Namorado é um zumbi, que foi até uma boa adaptação do livro, não tão perfeita, mas mesmo assim foi bem produzido. O título no brasil é uma merda, mas vamos fingir que o título é sangue quente….

Trechos

‎”Não precisou muito para se derrubar o castelo de cartas que era a civilização. Apenas algumas rajadas de vento e estava feito, o equilíbrio estragado e o feitiço quebrado. Os bons cidadãos descobriram que as linhas que haviam moldado suas vidas eram imaginárias e facilmente cruzadas. Eles tinham desejos e necessidades e o poder de satisfazê-las, e foi o que fizeram. No momento em que as luzes se apagaram, todo mundo parou de fingir.” 


“O que tem de errado comigo? Olho para minha mão e sua carne cinza e pálida, fria e dura, e sonho com ela rosa, quente e flexível, e que pode manejar, construir, acariciar.”

Resenha do livro Sangue quente de isaac marion

Livro que inspirou o filme Meu Namorado é um zumbi (Warm Bodies)

Related posts

Resenha: Coração de Tinta – Cornelia Funke

Resenha: Coração de Tinta - Cornelia Funke


Resenha: Coração de Tinta - Cornelia Funke

Senhoras e senhores, peguem suas xícaras de chá, acomodem-se em suas poltronas, ou em qualquer lugar confortável, e deleitem-se com mais um resenha. Hoje, vamos conhecer um pouco sobre um mundo que existe ao mesmo tempo que não existe. Um mundo de fábulas, onde pessoas brincam, dançam e...

Resenha: A Rainha de Tearling – Erika Johansen

Resenha: A Rainha de Tearling - Erika Johansen


Resenha: A Rainha de Tearling - Erika Johansen

A Rainha de Tearling, chegou ao Brasil com toda a sua majestade em janeiro de 2017, publicado sob o selo Suma de Letras, da Editora Companhia das Letras. A obra, primeiro livro de uma trilogia, é o romance de estreia da autora Erika Johansen e terá em breve, sua adaptação exibida nas telas do...

Sociedade J.M Barrie – Barbara J. Zitwer

Sociedade J.M Barrie - Barbara J. Zitwer


Sociedade J.M Barrie - Barbara J. Zitwer

Se há uma coisa que eu gosto muito é um bom livro, ou um bom romance. Sim, aqueles livros que se aprofundam em cada personagem, nos fazendo, assim, pensar como eles, ou pelo menos entender suas motivações e ações. Outra coisa que um romance não deixa de lado é uma enrolação no enredo. Afinal, se...