Título e Capa 4
Escrita / Enredo 4
Originalidade 4
Personagens 4
Final 4

Sempre Haverá Você, livro indicado para os prêmios de melhor livro de 2015 das associações Carnegie Book u UK Literacy, da autora Heather Butler, chegou às livrarias brasileiras recentemente, sob o selo da Editora Novo Conceito. Pela capa e pelo título, já imaginamos que a história envolverá um cachorro. Logo, vem na mente filmes e ..

Summary 4.0 great
Título e Capa 0
Escrita / Enredo 0
Originalidade 0
Personagens 0
Final 0
Summary rating from user's marks. You can set own marks for this article - just click on stars above and press "Accept".
Accept
Summary 0.0 bad

Resenha: Sempre Haverá Você; Heather Butler

sempre haverá você

E eu bato a mão aberta na dele e digo com voz de robô:
— A promessa será cumprida.
Porque é isso que nós sempre dizemos quando contamos um ao outro coisas que não queremos que ninguém mais saiba.

Sempre Haverá Você, livro indicado para os prêmios de melhor livro de 2015 das associações Carnegie Book u UK Literacy, da autora Heather Butler, chegou às livrarias brasileiras recentemente, sob o selo da Editora Novo Conceito.
Pela capa e pelo título, já imaginamos que a história envolverá um cachorro. Logo, vem na mente filmes e livros cujos protagonistas são cachorrinhos carinhosos e fofos que sempre nos fazem chorar mares ao morrer no final. Bem, isso é o que a capa transparece, a realidade é um pouquinho diferente em Sempre Haverá Você.
Os protagonistas da história são os irmãos Theo, de 7 anos e George, de 10 anos. Este último, é quem narra todos os acontecimentos para nós.
Os meninos vivem com seus pais, e com seu cachorro, Goffo, fofo mas meio porquinho.
Uma família típica e normal, como a de muita gente, mas algo de diferente está acontecendo nessa família.
A mãe de Theo e George está doente e caberá a eles, juntamente com Goffo e o restante da família, continuar fazendo a mamãe feliz.

“O papai enfia a cabeça pela porta para ver se nós estamos bem, e estamos, porque nada pode dar errado quando você está vendo televisão, jogando no PlayStation ou fazendo a lição de casa.”

Como eu disse anteriormente, o narrador dessa história é George, um garotinho de 10 anos, então temos uma narrativa infantil, muito leve, descontraída e direta, relatando os pensamentos de um menino dessa idade, a vida escolar e a vida familiar.
Temos uma boa dose de humor nas primeiras páginas, uma dose enorme de drama (você vai chorar) nas últimas e muito, mais muito amor em todas!

“— Está tudo bem? – ela pergunta para mim.
Eu sorrio para ela e balanço a cabeça.
Às vezes, é mais fácil concordar do que dizer o que você está realmente pensando.”

Considerações finais:

Sempre Haverá Você é um livro é curto, 256 páginas e a narrativa é tão leve e direta, que é aquele livro para se ler em um final de semana.
Alegria, afeição, tristeza, é incrível a quantidade de sentimentos diferentes que um garotinho de 10 anos consegue te passar nessa leitura.
Está esperando o que para ler?
Não espere nem mais cacacatorze minutos, leia agora!
(Quem já leu, captou a referência.)

Até a próxima, galera!

Related posts

Resenha: A Menina Mais Fria De Coldtown

Resenha: A Menina Mais Fria De Coldtown


Resenha: A Menina Mais Fria De Coldtown

Para quem gosta de um bom romance com muita aventura, perigo e vampiros, A Menina Mais Fria De Coldtown de Holly Black é uma ótima escolha. Com capítulos intercalados entre os acontecimentos atuais e flashbacks que dão sentido a história, o livro narra em terceira pessoa a história de Tana, uma...

Resenha: O Purgatório Mental – Henrique Medeiros

Resenha: O Purgatório Mental - Henrique Medeiros


Resenha: O Purgatório Mental - Henrique Medeiros

"Em minha última manhã eu percebi que sempre fui o nada que temia me tornar." (Thy Light)  "O Purgatório Mental", trata-se de uma obra nacional de romance/fantasia, que chegou ao mercado literário nesse ano de 2017. O autor, Henrique Medeiros, escreveu a história quando tinha apenas 17...

Resenha: Sono – Haruki Murakami

Resenha: Sono - Haruki Murakami


Resenha: Sono - Haruki Murakami

Um livro muito pequeno, considerando suas poucas 120 páginas, mas com certeza de uma leitura intrigante e definitivamente indispensável. Sono do escritor japonês Haruki Murakami traz o relato de uma mulher aparentemente comum, dona de casa, mãe e mulher, mas com um pequeno detalhe de diferença...