Mundo das Resenhas
A Gaiola de Ouro: Então… A Gaiola de Ouro: Então…
3
******************************NÃO contém  spoiler****************************** Autora: Camilla Läckberg Editora: Arqueiro / Gênero: Thriller psicológico / Idioma: Português / 320 páginas Quando me deparei com a sinopse... A Gaiola de Ouro: Então…

******************************NÃO contém  spoiler******************************

Autora: Camilla Läckberg

Editora: Arqueiro / Gênero: Thriller psicológico / Idioma: Português / 320 páginas

Quando me deparei com a sinopse de “A Gaiola de Ouro” da autora Camilla Läckberg e constatei que se tratava de um thriller onde vingança seria o tema principal, logo o providenciei, e assim que o mesmo foi lançado o li em uma madrugada. O livro teve a capacidade de me viciar, de prender minha atenção o suficiente para que eu quisesse navegar freneticamente por suas páginas até chegar ao final. Mas engana-se quem pensa que se trata de um thriller excelente, cujo desenvolvimento e desfecho merecem cinco estrelas. Ele tem suas qualidades, mas também possui diversos problemas.

Ao apresentar a protagonista Faye, a autora nos desperta sentimentos ambíguos, se utilizando de técnicas que humanizam a personagem central, ao mesmo tempo que nos confronta com atitudes e pensamentos no mínimo questionáveis. Uma esposa dedicada, uma mulher submissa, uma mãe atenciosa e preocupada, uma amiga para toda a vida, mas acima de tudo… uma mulher determinada e vingativa. Faye é o tipo de mulher que abandona tudo pra se dedicar integralmente a família, e para ajudar o marido a construir um império reconhecido mundialmente. Tendo que lidar com uma nova realidade onde seu casamento passa a desmoronar, onde a ingratidão do marido juntamente com sua frieza passam a atormentá-la, Faye acaba sendo testemunha de um acontecimento que mudará seu comportamento e suas atitudes com todos ao seu redor. Desejando e planejando uma vingança contra aquele que ela tanto amou e se doou, a personagem passa a ser guiada por uma personalidade outrora esquecida.

Com uma estrutura narrativa onde entrega ao leitor duas linhas temporais, nos dando a oportunidade de acompanharmos o desenvolvimentos dos personagens e suas relações, Läckberg brinca com flashbacks que instiga nossas curiosidades acerca da protagonista. Quem de fato é essa mulher? O que o passado dela esconde ao ponto dela querer esquecer quem foi? Com um início interessante, “A Gaiola de Ouro” se perde no meio do caminho, não conseguindo sustentar seus próprios mistérios; tendo um desenvolvimento que desmorona ao longo da leitura. Com temas mal inseridos, trabalhados com negligencia e com questionamentos e posicionamentos sobre feminismo os quais não concordo, o novo lançamento da editora Arqueiro acaba se tornando apenas mais um thriller no meio de tantos outros.

As primeiras 160 páginas são lentas, as vezes cansativas, onde a impressão que dá é que o livro não chegará a lugar nenhum. Apesar disso, a escrita da autora é boa. Nos prende no meio do cansaço e se desenvolve de forma instigante. As personalidades e psicológicos dos personagens são bem construídos, mas se chocam com comportamentos esquisitos e acontecimentos inverossímeis. Adoro o tema vingança e esse foi o principal aspecto que me fez ler a obra de Camilla Läckberg na velocidade da luz. Gostei e torci pela protagonista e acredito que muitas mulheres irão gostar de acompanhar a queda de um homem arrogante e machista, o famoso macho escroto. Mas situações fáceis demais, crimes perfeitos, situações mal explicadas e distorções de pensamentos feministas, transformaram ao meu ver “A Gaiola de Ouro” em um thriller repleto de buracos que me incomodou e me fez terminar a leitura muito decepcionado. Pra quem gosta de thrillers, eu indico.Mas indico já avisando para você ir com calma e sem expectativas. O thriller de Camilla Läckberg é só mais um livro, de leitura fácil, rápida, problemática e bastante esquecível.

 

 

Você também pode avaliar a obra, vote! .
0 / 5 Avaliações: 0 0

Your page rank:

Compartilhe
Share

Fernando Lafaiete

O que vocês devem saber sobre mim? Me Chamo Fernando Henrique Lafaiete, mas vocês podem me chamar de China. Apelido este, dado pelos meus melhores amigos. Sou viciado em leitura, sou poliglota, auditor de hotel, professor de inglês, fã de fantasia, fã de livros policiais, fã de YA, fã terror e fã de clássicos. Luto ao máximo contra o preconceito literário que alimenta a conduta dos pseudo-intelectuais e sou fã de animes e qualquer coisa que envolva super-heróis. Amo escrever todo tipo de texto, em especial resenhas. Espero que minhas opiniões sejam de alguma valia para todos que tiverem acesso as mesmas. Sou sempre sincero e me comprometo a dividir minhas opiniões da maneira mais verdadeira possível. Agradeço o convite para fazer parte do grupo de resenhistas do site e que minha presença aqui seja duradoura.

0 0 votos
Article Rating
Inscrever.
Notificação de:
guest

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

1 Comentário
Mais velho.
Mais novo. Mais votado.
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários
trackback

[…] CONFIRA A RESENHA DE A GAIOLA DE OURO CLICANDO AQUI […]

Share
1
0
Adoraria ver seu comentário ♥x
()
x
%d blogueiros gostam disto: