Mundo das Resenhas
A Outra Face (1970) – Sidney Sheldon #01 | A psicanálise em uma boa trama policial. A Outra Face (1970) – Sidney Sheldon #01 | A psicanálise em uma boa trama policial.
3.5
*******************************NÃO contém spoiler***************************** Autor: Sidney Sheldon Editora: Record / Gênero: Romance Policial / Idioma: Português / 239 páginas Quando se trata de livros de... A Outra Face (1970) – Sidney Sheldon #01 | A psicanálise em uma boa trama policial.

*******************************NÃO contém spoiler*****************************

Autor: Sidney Sheldon

Editora: Record / Gênero: Romance Policial / Idioma: Português / 239 páginas

Quando se trata de livros de suspense, Sidney Sheldon é considerado um dos principais escritores do gênero, sendo considerado leitura indispensável para quem curte um bom romance policial. Lançado em 1970, A Outra Face, vencedor do aclamado prêmio Edgard Allan Poe na categoria romance de estreia e romance do ano, colocou no mercado quem se tornaria um dos maiores escritores do suspense de todos os tempos, tornando-se alguém a se admirar e a se ler sem pensar duas vezes. Iniciando um projeto pessoal de ler os grandes autores de thrillers em ordem cronológica, embarquei na leitura de tão importante romance tentando a todo custo controlar minhas expectativas acerca do que encontraria e esperando que no mínimo fosse ter uma experiência mediana. Minhas expectativas não foram de todas supridas, mas a leitura valeu a pena?

Com uma escrita extremamente ágil, o autor nos insere em uma trama intrincada em que confiar em alguém se torna uma tarefa complexa demais, ao ponto de desconfiarmos do próprio protagonista e de toda a narrativa em si. Quando o psicanalista Judd Stevens se vê diante de dois crimes bárbaros de pessoas próximas a ele, se vê diante de um enigma que aos poucos vai ganhando contornos ainda mais obscuros que o leva a crer que confirar em alguém pode ser o fim da linha. Quem o deseja morto? Em quem confiar e em quem desconfiar? Seria ele realmente o verdadeiro alvo ou seria ele o verdadeiro assassino que devido a um psicológico distorcido teria cometido tais atrocidades em um relapse de sua própria consciência?

“[…] Ela estava nua, as mão amarradas nas costas com uma corda de piano. Haviam-lhe jogado ácido no rosto, nos seios e entre as coxas. Os dedos da mão direita estavam quebrados. O rosto estava bastante machucado e inchado, e um lenço embolado fora enfiado em sua boca.”

A Outra Face possui todos elementos necessários e quase que obrigatórios de um bom thriller. Repleto de curvas narrativas, o romance entrega uma trama envolvente capaz de prender a atenção dos leitores e nos levar a devorar as páginas em poucas horas. Sidney Sheldon vai direto ao ponto, sem perder tempo com descrições exageradas, prolixas ou com partes que poderiam ser consideradas por leitores mais analíticos e críticos como sendo descartáveis ou enfadonhas demais para terem sido mantidos no texto final. Contudo, não posso deixar de ressaltar que tamanha agilidade não traz apenas o bônus e apresenta ao longo do virar de páginas alguns ônus a serem considerados e devidamente analisados. Em se tratando de uma obra de 1970, não me surpreendi em me deparar com trechos e situações que posso dizer com convicção que não envelheceram bem. Com diálogos e posicionamentos por vezes racistas, machistas e homofóbicas, A Outra Face pode vir a incomodar leitores cujo separação temporal (de visão e psicionamento de mundo) é algo impossível de se colocar em prática. Apesar de me considerar um leitor bastante consciente no que se diz respeito a historiografia de algo que leio, não posso negar que ler determinados absurdos me incomodou e me fez revirar os olhos algumas vezes.

Outro ponto que não posso deixar de mencionar são as diversas tramas paralelas que trazem peso narrativo e assuntos interessantes a serem abordados, mas que por apenas orbitarem ao redor da trama principal, acabam sofrendo de desenvolvimentos superficiais que empobrecem alguns pilares do romance; o que ocorre também muitas vezes com alguns relacionamentos pessoais e interpessoais do personagem central. O que não significa que A Outra Face seja uma obra superficial, mas sim que que navega entre a superficialidade e a profundidade narrativa quase que na mesma proporção. Empolga, incomoda, funciona e deixa claro que Sidney Sheldon era alguém que deveria ser acompanhado de perto e que prometia grandes histórias ao mundo.

Em síntese, o primeiro livro do famoso escritor pode e talvez deva ser encarado como um execelente escopo emocional de seus personagens, onde encararmos seus psicológicos seja o grande desafio que nos levará aos escombros de mentes perturbadas e aparentemente incompreensíveis que servirá de combustível para que não abondonemos a leitura até que tudo seja devidamente esclarecido. Um leitura com defeitos, qualidades e uma agilidade impecável que te fará perceber de antemão ao iniciar a leitura, que a fama de Sidney Sheldon é merecida e que o sucesso era a ele algo esperado e inevitável.

Você também pode avaliar a obra, vote! .
0 / 5 Avaliações: 0 0

Your page rank:

Compartilhe
Share

Fernando Lafaiete

O que vocês devem saber sobre mim? Me Chamo Fernando Henrique Lafaiete, mas vocês podem me chamar de China. Apelido este, dado pelos meus melhores amigos. Sou viciado em leitura, sou poliglota, auditor de hotel, professor de inglês, fã de fantasia, fã de livros policiais, fã de YA, fã terror e fã de clássicos. Luto ao máximo contra o preconceito literário que alimenta a conduta dos pseudo-intelectuais e sou fã de animes e qualquer coisa que envolva super-heróis. Amo escrever todo tipo de texto, em especial resenhas. Espero que minhas opiniões sejam de alguma valia para todos que tiverem acesso as mesmas. Sou sempre sincero e me comprometo a dividir minhas opiniões da maneira mais verdadeira possível. Agradeço o convite para fazer parte do grupo de resenhistas do site e que minha presença aqui seja duradoura.

0 0 votos
Article Rating
Inscrever.
Notificação de:
guest

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

0 Comentários
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários
Share
0
Adoraria ver seu comentário ♥x
()
x
%d blogueiros gostam disto: