Mundo das Resenhas
ASCENSÃO: ELEVE-SE! ASCENSÃO: ELEVE-SE!
******************************NÃO contém spoiler****************************** Autor: Stephen King Editora: Suma / Idioma: Português / Gênero: Ficção científica – terror psicológico / Tradutora: Regiane Winarski / 144... ASCENSÃO: ELEVE-SE!

******************************NÃO contém spoiler******************************

Autor: Stephen King

Editora: Suma / Idioma: Português / Gênero: Ficção científica – terror psicológico / Tradutora: Regiane Winarski / 144 páginas

ASCENSÃO: ELEVE-SE!Claramente inspirado em O Homem Que Encolheu, romance de Richard Matheson lançado em 1956, Ascensão de Stephen King nos agracia com diversas referências a obras suas, com metáforas sobre a vida, navegando pela essência da natureza humana e nos fazendo refletir sobre nosso papel como seres humanos e indivíduos de uma sociedade. O conto aborda de maneira leve e significativa a aceitação de nossa condição humana e a transformação social tão necessária em um mundo plural quanto o que vivemos.

Apresentando um personagem que possui o mesmo nome do protagonista de Matheson, King aborda um tema assustador que traz em suas camadas criativas questões desesperadoras, necessárias e metafóricas. Como seria perder peso de forma desenfreada sem perder massa corporal? O que aconteceria quando chegássemos a peso zero? Sustentado por assuntos como amizade, sexualidade e interação com o novo, o autor capricha nos simbolismos e nas mensagens subliminares de forma a nos emocionar e nos deixar apreensivos quanto os reais significados de sua narrativa. O que King quis de fato dizer com  Ascensão? Seria o conto uma extensão de seu estado emocional atual?

Com um desenvolvimento simples, a narrativa não se aprofunda em temas como política e sexualidade, mas os utiliza para abrir nossos olhos quanto a importância de mudarmos tanto nosso interior quanto o ambiente que fazemos parte. A história tem um desfecho bonito que traz algumas resoluções ao meu ver utópicas, mas que fazem sentido se analisarmos a intenção da obra em si.

Considerado decepcionante para muitos, Ascensão foge do estilo consagrado de King. É um texto despretensioso, simplório e bem estruturado. Uma narrativa que deixa claro que não importa a condição a qual você se encontra… Se aceite e eleve-se! O que isso significa? Difícil dizer.. mas é um enigma interessante que vale a pena pensarmos sobre.

 

Você também pode avaliar a obra, vote! .
0 / 5 Avaliações: 0 0

Your page rank:

Compartilhe
Share

Fernando Lafaiete

O que vocês devem saber sobre mim? Me Chamo Fernando Henrique Lafaiete, mas vocês podem me chamar de China. Apelido este, dado pelos meus melhores amigos. Sou viciado em leitura, sou poliglota, auditor de hotel, professor de inglês, fã de fantasia, fã de livros policiais, fã de YA, fã terror e fã de clássicos. Luto ao máximo contra o preconceito literário que alimenta a conduta dos pseudo-intelectuais e sou fã de animes e qualquer coisa que envolva super-heróis. Amo escrever todo tipo de texto, em especial resenhas. Espero que minhas opiniões sejam de alguma valia para todos que tiverem acesso as mesmas. Sou sempre sincero e me comprometo a dividir minhas opiniões da maneira mais verdadeira possível. Agradeço o convite para fazer parte do grupo de resenhistas do site e que minha presença aqui seja duradoura.

0 0 votos
Article Rating
Inscrever.
Notificação de:
guest

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

0 Comentários
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários
Share
0
Adoraria ver seu comentário ♥x
()
x
%d blogueiros gostam disto: