Título e Capa 5
Escrita / Enredo 5
Originalidade 5
Personagens 5
Final 5

******************************NÃO contém spoiler****************************** (CONFIRA A CRÍTICA DA SÉRIE TITÃS CLICANDO AQUI) *** Para quem assistiu a série Titãs da Netflix e gostou, acredito que sempre é bom ler algo dos personagens e conhecer um pouco mais sobre eles e sobre os diversos membros que fazem ou fizeram em algum momento parte da equipe. Então aqui ..

Summary 5.0 Incrível
Título e Capa 0
Escrita / Enredo 0
Originalidade 0
Personagens 0
Final 0
Summary rating from user's marks. You can set own marks for this article - just click on stars above and press "Accept".
Accept
Summary 0.0 Ruim

Caça aos Titãs: Excelente!

******************************NÃO contém spoiler******************************

(CONFIRA A CRÍTICA DA SÉRIE TITÃS CLICANDO AQUI)

***

Para quem assistiu a série Titãs da Netflix e gostou, acredito que sempre é bom ler algo dos personagens e conhecer um pouco mais sobre eles e sobre os diversos membros que fazem ou fizeram em algum momento parte da equipe. Então aqui vai a primeira indicação de vários quadrinhos que pretendo resenhar sobre a equipe de suporte mais famosa da DC Comics.

Escrita por Dan Abnett, com arte de Paulo Siqueira e Stephen Segovia, o encadernado de 196 páginas que engloba as oito partes da história, vem com uma proposta interessante… a de responder o que ocorreu com os heróis que fizeram parte de uma das primeiras formações da equipe. O que aconteceu que fez com que eles se separassem?

Para quem não sabe, a equipe composta pelos personagens que aparecem na série, é a mais popular, mas não é a original. Titãs se uniu pela primeira vez em 1964 na HQ “Team up The Brave and the Bolt #54″ e era formada unicamente por Robin, Aqualad e Kidflash. Recebendo novos membros nos anos seguintes (a equipe apresentada na HQ aqui resenhada) e formando a equipe retratada na série da Netflix apenas em 1980 com a série repaginada de Marv Wolfman, que passou a ser chamada de “The New Teen Titans”, que apresentava os membros fundadores como adultos.

A primeira união de Robin, Aqualad e Kidflash aconteceu com a intenção de enfrentarem o vilão Dr. Ciclone, que é também o vilão de Caça aos Titãs. Começamos vendo os heróis (Robin, Aqualad, Moça-Maravilha, Gnarrk, Lilith, Vox, Columba II, Rapina e Ricardito)  separados e desmemoriados, sendo perseguidos por flashbacks e muitas vezes se enfrentando como se fossem inimigos.

O roteiro é muito bom!! O traço é bom, os diálogos são bons e as cenas de ação são espetaculares. Curti tudo que li e adorei voltar as raízes desta equipe que tanto gosto. Pra quem gosta dos personagens, esta HQ é mais que indicada. O final deixa aquele gostinho de quero mais; dando esperanças de que vem mais coisas por aí. Equipe incrível e HQ excelente!

Compartilhe
Share

Related posts

RESENHA – NASCIDA À MEIA NOITE – C.C. HUNTHER

RESENHA - NASCIDA À MEIA NOITE - C.C. HUNTHER


RESENHA - NASCIDA À MEIA NOITE - C.C. HUNTHER

“Kylie Galen está na pior. Seus pais vão se divorciar, seu namorado acaba de romper com ela e, uma noite depois de ser presa por estar na festa errada, com as pessoas erradas e na hora errada, sua mãe a manda para Shadow Falls -um acampamento para adolescentes problemáticos, localizado numa...

Macunaíma: O retrato cultural de uma nação

Macunaíma: O retrato cultural de uma nação


Macunaíma: O retrato cultural de uma nação

******************************NÃO contém spoiler****************************** Macunaíma: O Herói Sem Nenhum Caráter Autor: Mário de Andrade Editora: Penguin Companhia / Gênero: Clássicos brasileiros / Idioma: Português / 232 páginas Bordão do protagonista: "Ai que...

Pequenas Realidades: Bizarro, medíocre & decepcionante.

Pequenas Realidades: Bizarro, medíocre & decepcionante.


Pequenas Realidades: Bizarro, medíocre & decepcionante.

******************************NÃO contém spoiler****************************** Autora: Tabitha King / Tradução: Regiane Winarski Editora: Darkside Books / Gênero: Thriller Psicológico / Idioma: Português / 420 páginas Publicado pela primeira vez no Brasil em 1985 pela extinta editora...

1 Comment

  1. Trackback: Crítica da Série Umbrela Academy | Mundo das Resenhas

Leave a comment