Título e Capa 5
Escrita / Enredo 5
Originalidade 4
Personagens 5
Final 4

Imagine morar numa pequena cidadezinha onde não há sinal de GPS, telefones que funcionem direito e com uma internet que não é das melhores. Onde uma família poderosa domina as principais fontes de renda, a prefeitura e a maioria das pessoas e, para piorar, com um grande índice de assassinatos e crimes. Esse é o ..

Summary 4.6 Incrível
Título e Capa 0
Escrita / Enredo 0
Originalidade 0
Personagens 0
Final 0
Summary rating from user's marks. You can set own marks for this article - just click on stars above and press "Accept".
Accept
Summary 0.0 Ruim

CRÍTICA – LABIRINTO VERDE 1ª TEMPORADA

Imagine morar numa pequena cidadezinha onde não há sinal de GPS, telefones que funcionem direito e com uma internet que não é das melhores. Onde uma família poderosa domina as principais fontes de renda, a prefeitura e a maioria das pessoas e, para piorar, com um grande índice de assassinatos e crimes. Esse é o cenário de Villefranche, cidade isolada em meio a floresta e às montanhas.

A série francesa, “Labirinto Verde”, nos apresenta vários casos de investigação policial, onde a personagem principal, major Laurene Weiss, Suliane Brahim, lida com esse cenário caótico, em meio a decisões difíceis e situações de extremo risco. Além de toda a bagunça da cidade, Laurene também é atormentada pelo passado sombrio, seu caso com o prefeito e o promotor misterioso, Franck Siriani, Laurent Capelluto, que parece estar na cidade por motivos pessoais, causando desconforto e dúvidas na maioria dos personagens.

Foto: Divulgação Netflix

 

Com tantos crimes e mistérios, percebemos a ligação afetiva dos moradores com a floresta, que geralmente é a principal culpada pelos crimes, mas, que na verdade, só ajuda a desenrolar as investigações mostrando moradores complicados e cheios de segredos.

A série traz vários personagens e situações que precisam ser desvendadas, num verdadeiro “labirinto” de drama e suspense. Alguns deles, de maior importância, ajudam ou atrapalham a Major, causando confusão e momentos em que acreditamos que não existam soluções, mas como toda boa heroína, Laurene nos surpreende com sua intuição e astúcia.

A arte e fotografia da série é muito bem-feita, com cenários sombrios e assustadores, com excelente direção, ótima atuação dos personagens e com um mistério sufocante e revelador.

Para quem gosta de séries policiais e de suspense, vale a pena conferir. Após assistirem, deixem a opinião nos comentários.

A série está disponível na Netflix e a segunda temporada acaba de ser lançada.

 

 

Compartilhe
Share

Related posts

RESENHA – NASCIDA À MEIA NOITE – C.C. HUNTHER

RESENHA - NASCIDA À MEIA NOITE - C.C. HUNTHER


RESENHA - NASCIDA À MEIA NOITE - C.C. HUNTHER

“Kylie Galen está na pior. Seus pais vão se divorciar, seu namorado acaba de romper com ela e, uma noite depois de ser presa por estar na festa errada, com as pessoas erradas e na hora errada, sua mãe a manda para Shadow Falls -um acampamento para adolescentes problemáticos, localizado numa...

Macunaíma: O retrato cultural de uma nação

Macunaíma: O retrato cultural de uma nação


Macunaíma: O retrato cultural de uma nação

******************************NÃO contém spoiler****************************** Macunaíma: O Herói Sem Nenhum Caráter Autor: Mário de Andrade Editora: Penguin Companhia / Gênero: Clássicos brasileiros / Idioma: Português / 232 páginas Bordão do protagonista: "Ai que...

Pequenas Realidades: Bizarro, medíocre & decepcionante.

Pequenas Realidades: Bizarro, medíocre & decepcionante.


Pequenas Realidades: Bizarro, medíocre & decepcionante.

******************************NÃO contém spoiler****************************** Autora: Tabitha King / Tradução: Regiane Winarski Editora: Darkside Books / Gênero: Thriller Psicológico / Idioma: Português / 420 páginas Publicado pela primeira vez no Brasil em 1985 pela extinta editora...

Leave a comment