Mundo das Resenhas
CRÍTICA – UPGRADE: ATUALIZAÇÃO (Com Spoilers) CRÍTICA – UPGRADE: ATUALIZAÇÃO (Com Spoilers)
CRÍTICA – UPGRADE: ATUALIZAÇÃO (2018)   DETALHES DO FILME Nos cinemas : 1º de junho de 2018 Em DVD ou streaming : 28 de... CRÍTICA – UPGRADE: ATUALIZAÇÃO (Com Spoilers)

CRÍTICA – UPGRADE: ATUALIZAÇÃO (2018)

 

CRÍTICA - UPGRADE: ATUALIZAÇÃO (Com Spoilers), critica do filme upgrade atualizaçãoDETALHES DO FILME

  • Nos cinemas : 1º de junho de 2018
  • Em DVD ou streaming : 28 de agosto de 2018
  • Elenco : Logan Marshall-Green , Rosco Campbell , Richard Cawthorne
  • Diretor : Leigh Whannell
  • Estúdio : Madman Entertainment
  • Gênero : Ação / Violência
  • Tempo de execução : 95 minutos

UPGRADE: Atualização conta a história de Gray (Logan Marshall-Green), que é um homem que odeia a tecnologia, mas vive em um futuro próximo de alta tecnologia… 

Depois que Gray perde sua esposa (Melanie Vallejo) e acaba ficando tetraplégico após um “assalto”, um gênio recluso chamado Eron (Harrison Gilbertson) dá a Gray um implante que permite que ele possa voltar a andar. 

Porém, o dispositivo também tem uma IA que dão a capacidade habilidades para Gray poder caçar seus agressores. 

Enquanto isso, uma detetive muito inteligente (Betty Gabriel) está em seu encalço.

 

É BOM?

Este filme de ficção-científica / ação é extremamente inteligente, alucinante e, às vezes, muito violento. 

Upgrade: Atualização é um filme que você não consegue tirar os olhos da tela enquanto não ver Gray achando seus algozes. 

É bem pensado e até mesmo engraçado. 

E é uma mescla surpreendentemente eficaz de vários gêneros – super-herói (à la No Limite do Amanhã), ficção científica (no estilo de Matrix), vingança (pense em Busca Implacável ), comédia (Lembro-me de Hacook) e terror (pelo efeitos meio fracos, comparo a Stitches, haha). 

CURIOSIDADE:

De acordo com o site americano Deadline, Upgrade vai virar um seriado, que se passará diretamente após os eventos ocorridos no filme que assistimos na Netflix.

No entanto, Upgrade consegue criar um gênero próprio; ele segue a direção de suas influências sem ser derivado de qualquer outro filme que eu tenha conhecimento. Mas que apesar de todos elogios, tem as suas falhas, apesar de um final muito bom.

As atuações também são muito boas do Protagonista, e mesmo para o estranho e suspeito Eron. 

Até mesmo a voz de Stem, o implante, é enganosamente habilidosa. 

Gray consegue realmente interpretar uma pessoa fisicamente capaz, logo depois um tetraplégico, e ainda depois um homem que está sendo controlado meio que conscientemente por um computador, e segundos após se tornar um super-lutador e atleta, semelhante a uma máquina.

Gray consegue agir enquanto realiza proezas físicas que surpreendem até a ele mesmo, incluindo lutar contra seu próprio corpo. 

As demandas emocionais também são incomuns para um filme de gênero. Logan Marshall-Green está pronto para expressar felicidade, tristeza profunda, raiva, medo e perplexidade – tudo organicamente e em contexto. 

Esses elementos, as consequências das ações de Grey e o sangue extremo são mais do que suficientes para tirar Upgrade um pouco do gênero de ficção-científica ou até mesmo de super-herói, mas o filme também está muito bem traçado. 

Há reviravoltas suficientes para manter as coisas interessantes sem forçar a credulidade do espectador. 

 

Para aqueles que têm estômago forte, Upgrade pode ser uma surpresa muito agradável.

 

A PARTIR DAQUI TEREMOS SPOILERS DO FILME

RESSALVAS:

Vamos lá, antes de mais nada, eu quero dizer aqui que amei o filme, assisti do começo ao fim e senti os medos, revoltas e confrontos do nosso protagonista, como se fosse minha. 

Comemorei em momentos em que ele conseguia dar um jeito naqueles que causaram todos os males da sua vida.

Porém, tenho que assumir que o final foi meio que uma maneira obrigatória para ser aceitável para o público ficar não ficar com raiva.

 

  1. quase pensei que o final tinha sido um sonho mesmo de Gray, no qual ele acorda no hospital com sua esposa, e tudo aquilo que aconteceu foi apenas um sonho.
  2. Um final ainda melhor para Upgrade: Achei que o final explicito, com Stem mostrando a Gray que ele aceitou ficar escondido em um canto da mente dele, deixando Stem com o controle total do corpo dele, ficou meio fraco. Poderia ter algum final que deixasse em aberto, algo no estilo do final de Battle Royale, seria um final muito mais interessante para o público ficar com dúvidas na cabeça e o filme poder se tornar até mesmo um cult…
  3. Uma pergunta que não quer calar: Por que Stem fez tudo para enganar Gray? Somente para matar Eron? Me poupe, Eron não foi nada difícil para Gray achar… Foi um trabalho muito grande pra algo que Stem poderia ter feito tão facilmente, mas é claro que ele queria testar tudo, mas ainda assim fico na mente que teriam outras maneiras mais fáceis e que dariam menos trabalho para Erom… 

 

CONSIDERAÇÕES FINAIS:

 

Upgrade é um ótimo filme para todos assistirem, como disse anteriormente, tem muitos elementos bons (tirando alguns efeitos especiais de terceira qualidade…). Mas não é indicado para crianças, adolescentes e mesmo pessoas que não gostam muito de ver sangue.

Mas tirando isso, é um filme que ganhou meu respeito e minha classificação positiva.

Recomendo.

 

CRÍTICA – UPGRADE: ATUALIZAÇÃO (Com Spoilers)

Você também pode avaliar a obra, vote! .
0 / 5 Avaliações: 4 2

Your page rank:

Compartilhe
Share

Wesley

Formado em Letras, fascinado pelos livros de Harlan Coben e também escreveu alguns livros, como Sobrevientes do Apocalipse, A Porta Oculta e Sete Almas

0 0 votos
Article Rating
Inscrever.
Notificação de:
guest

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

0 Comentários
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários
Share
0
Adoraria ver seu comentário ♥x
()
x
%d blogueiros gostam disto: