Mundo das Resenhas
Nova York – A Vida na Grande Cidade: “A personificação do poder da nona arte.” Nova York – A Vida na Grande Cidade: “A personificação do poder da nona arte.”
******************************NÃO contém spoiler**************************** Quando o assunto é quadrinhos, Will Eisner é encarado como leitura obrigatória. Ele não é somente considerado o pai das graphics... Nova York – A Vida na Grande Cidade: “A personificação do poder da nona arte.”

******************************NÃO contém spoiler****************************

Quando o assunto é quadrinhos, Will Eisner é encarado como leitura obrigatória. Ele não é somente considerado o pai das graphics novels, como inspirou a criação da maior premiação de quadrinhos, que inclusive leva seu nome. Lê-lo deve de fato ser encarado como obrigação.  “Nova York: A Vida na Grande Cidade”, a caprichada edição lançada pela Companhia das Letras em 2009, reúne 4 “graphic novels” deste gigante da nona arte; sendo elas: “Nova York: A Grande Cidade”, “O Edifício”, “Caderno de Tipos Urbanos” e “Pessoas Invisíveis. ” São histórias excepcionais tanto em suas concepções quanto em suas execuções.

(https://www.pinterest.es/pin/162411130294744509/

Will Eisner prova que seu talento em contar histórias beirava o absurdo. Ele prova que era um excelente observador, além de ser um excelente desenhista e um excelente roteirista. Em “Nova York: A Grande Cidade” e em “Caderno de Tipos Urbanos”, o autor cria narrativas que apresentam situações comuns nas grandes cidades. Apesar de parecer pouco interessante lendo o que escrevi, o autor entrega tudo de maneira tão imersiva, que seus textos e desenhos nos puxam para dentro das páginas e faz com que nos sintamos mais um de seus personagens.

Em “O Edifício”, o autor me impressionou. Ele narra a vida de 4 pessoas, todas ligadas de alguma maneira com um prédio famoso da cidade. O desenvolvimento narrativo possui uma carga emocional que entrega ao leitor momentos reflexivos e emocionantes. As jornadas dos personagens são verossímeis e muitas poderão trazer identificações. O desfecho é impecável e eu fiquei tão impactado que esta graphic novel específica se tornou umas das melhores que já li.

“Pessoas invisíveis” é mais um choque de realidade; e junto com as demais histórias nos faz enxergar o que muitas vezes não queremos enxergar. Os textos expõem situações aparentemente absurdas e criticam o descaso do ser-humano com o ser-humano. Lendo, percebemos antes mesmo do autor esfregar em nossas caras, que vivemos nosso dia-a-dia muitas vezes sendo vistos, mas não percebidos. Ou sendo percebidos, mas não sendo vistos. No meio de tanta gente, de tanto empurra-empurra, de tanto barulho, de tantas cobranças, vivemos nossas vidas e tratamos os outros como se nada fossem. Um mendigo, um vizinho, um animal… na correria que se inicia logo pela manhã, todos são normalmente ignorados.

Eisner transforma tudo em personagens; os sons, os cheiros, os movimentos, os locais. É uma viagem completa pela cidade de Nova York, não romantizando nada. Tudo é mostrado com realismo, sentimentalismo e muitas vezes negativismo. Lendo uma HQ como essa, me pergunto como muitas pessoas conseguem encarar quadrinhos como sendo algo desinteressante e leitura para crianças? Agora entendo porque Will Eisner era/é venerado por todos que apreciam uma boa arte.

Suas páginas são como a tela de um quadro onde Eisner é o pintor que brincava livremente com o espaço e explorava a fundo a arte sequencial, mas não a distorcendo, deixando-a confusa. É tudo impressionante! Fico feliz de finalmente ter conhecido este gênio.

 

Você também pode avaliar a obra, vote! .
0 / 5 Avaliações: 0 0

Your page rank:

Compartilhe
Share

Fernando Lafaiete

O que vocês devem saber sobre mim? Me Chamo Fernando Henrique Lafaiete, mas vocês podem me chamar de China. Apelido este, dado pelos meus melhores amigos. Sou viciado em leitura, sou poliglota, auditor de hotel, professor de inglês, fã de fantasia, fã de livros policiais, fã de YA, fã terror e fã de clássicos. Luto ao máximo contra o preconceito literário que alimenta a conduta dos pseudo-intelectuais e sou fã de animes e qualquer coisa que envolva super-heróis. Amo escrever todo tipo de texto, em especial resenhas. Espero que minhas opiniões sejam de alguma valia para todos que tiverem acesso as mesmas. Sou sempre sincero e me comprometo a dividir minhas opiniões da maneira mais verdadeira possível. Agradeço o convite para fazer parte do grupo de resenhistas do site e que minha presença aqui seja duradoura.

0 0 votos
Article Rating
Inscrever.
Notificação de:
guest

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

0 Comentários
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários
Share
0
Adoraria ver seu comentário ♥x
()
x
%d blogueiros gostam disto: