Título e Capa 5
Escrita / Enredo 4
Originalidade 3
Personagens 3
Final 4

******************************NÃO contém spoiler****************************** Autor: Stephen Grahan Jones Editora: Gallery – Saga Press / Gênero: Horror – Terror psicológico / Idioma: Inglês / 319 páginas O que se pode esperar encontrar em um terror indígena? Ao iniciar a leitura de The Only Good Indians, tome cuidado, ela estará te observando, te manipulando enquanto aguarda o momento ..

Summary 3.8 Ótimo
Título e Capa 0
Escrita / Enredo 0
Originalidade 0
Personagens 0
Final 0
Summary rating from user's marks. You can set own marks for this article - just click on stars above and press "Accept".
Accept
Summary 0.0 Ruim

The Only Good Indians – Stephen Grahan Jones | Do terror de Jones, só sei que nada sei.

******************************NÃO contém spoiler******************************

Autor: Stephen Grahan Jones

Editora: Gallery – Saga Press / Gênero: Horror – Terror psicológico / Idioma: Inglês / 319 páginas

O que se pode esperar encontrar em um terror indígena? Ao iniciar a leitura de The Only Good Indians, tome cuidado, ela estará te observando, te manipulando enquanto aguarda o momento certo de agir. Fugir do passado não é uma possibilidade e devemos estar cientes que sangue se paga com sangue. Quando o mal se levantar, não haverá para onde ir e seus rastros ela seguirá. Brutal, reflexivo, crítico e talvez assustador. Se é o que procura em bom livro de terror, talvez a obra do momento no gênero onde Stephen King é rei, seja leitura pra você. Se irá te agradar, te incomodar e te fazer sentir medo até no mais fundo de sua alma, dependerá de sua imersão e crença que o mal de fato existe independente do contexto que estivermos inseridos.

A obra do autor nativo norte-americano Stephen Grahan Jones, é diferente de quase tudo que já li. Me despertou sentimentos complexos que me perturbaram e abrasou minha curiosidade acerca do real significado do que é o mal, e do que é o bem dentro de um contexto onde tais significados se subvertem com muita facilidade. Um livro que não exatamente me assustou, mas que me divertiu, me tediou e em certos momentos me chocou. Com uma escrita bem elaborada, o autor tece com calma e prepara bem o terreno antes de nos entregar momentos de insanidade onde o mal e a loucura dominam a narrativa, justificando com louvor o adjetivo que muitos leitores atribuem a tal obra: BRUTAL.

Quando quatro grandes amigos nativos norte-americanos quebram uma tradição e realizam uma caça ilegal de cervos em um lugar sagrado para seus antepassados, acabam despertando uma força incontrolável que tudo que desejará é vingança. Perseguidos pela mesma dez anos depois de tal acontecimento, se verão em desespero em não saber como lidar com algo que está além da compreensão humana e que pode significar um perigo imensurável que os levará a enfrentar o mal de frente.

Não sei dizer exatamente se gostei da leitura. Em certos momentos me vi pensativo sobre a sagacidade e inteligência de Jones em inserir críticas pesadas e reflexões profundas sobre cultura de identidade, reorganização social, ancestralidade, tradições e racismo. Não trata-se apenas de uma obra de terror que tem por objetivo exclusivamente em chocar o leitor com cenas de violência gráficas. O autor nos força a pensarmos sobre os assuntos supracitados enquanto nos afundamos em uma trama obscura, misteriosa, sanguinária, mitológica (por falta de uma palavra melhor) e bastante imaginativa. As oscilações narrativas as quais me deparei e que fizeram parte de minha jornada de leitura, me confundiram ao ponto de eu realmente não saber definir com exatidão minha opinião real sobre a famigerada obra que muitos parecem venerar. Talvez eu a tenha amado e detestado na mesma proporção… vai saber.

Tem momentos muito bons, é bem escrito, traz representatividade indígena (o que ainda  é raro no meio literário) e entrega um final que muito me agradou, apesar de o considerar extremamente esquisito e que talvez represente com assertividade a cultura indígena as quais os personagens fazem parte; não saberei dizer. Não farei coro aos demais leitores que amaram a obra em sua plenitude ou quase nesse nível, afirmando que The Only Good Indians (aliás, que título irônico, ácido e regado de crítica cultural e social, genial de fato) é uma obra magnífica que você não deverá deixar passar. Mas posso afirmar sem medo de errar que trata-se de uma narrativa que navega com fluídez entre o terror puro, simples e psicológico, trazendo momentos viscerais de butalidade e reflexões humanas que poderão te deixar extasiado. Diferente, estranho e por vezes “assustador”, The Only Good Indians é o tipo de livro que quanto mais eu penso, mais confuso fico. Se esta resenha é uma indicação ou não, é mais uma indagação cuja resposta deixarei a encargo de vocês. Minha única certeza é que o autor continuarei lendo; do resto só sei que nada sei.

Avaliação:

0 / 5 Avaliação: 0
Compartilhe
Share

Related posts

CORTE DE ASAS E RUÍNAS – SARAH J. MAAS

CORTE DE ASAS E RUÍNAS - SARAH J. MAAS


CORTE DE ASAS E RUÍNAS - SARAH J. MAAS

O esperado terceiro volume da série best-seller Corte de espinhos e rosas, da mesma autora da saga Trono de vidro. Mais uma vez, Sarah J. Maas não desaponta. Em Corte de asas e ruína, a guerra se aproxima, um conflito que promete devastar Prythian. Em meio à Corte Primaveril, em um perigoso jogo...

Odisseia – Homero | Um presente dos deuses aos efêmeros.

Odisseia - Homero | Um presente dos deuses aos efêmeros.


Odisseia - Homero | Um presente dos deuses aos efêmeros.

******************************NÃO contém spoiler****************************** Autor: Homero / Tradutor: Christian Werner Editora: Cosac Naif / Poesia Épica / Idioma: Português / 640 páginas No céu, os poderosos e ardilosos deuses que astuciosamente manipulam e regem a vida dos mortais...

Psicopata Americano – Bret Easton Ellis | O que dizer sobre a tortura que me foi ler este livro?

Psicopata Americano - Bret Easton Ellis | O que dizer sobre a tortura que me foi ler este livro?


Psicopata Americano - Bret Easton Ellis | O que dizer sobre a tortura que me foi ler este livro?

******************************NÃO contém spoiler****************************** Autor: Bret Easton Ellis  Editora: Darkside Books / Gênero: Terror Psicológico / Idioma: Português / 432 páginas A obra de Bret Easton Ellis sofreu constantes rejeições por parte das editoras até que seu...

Deixe um Comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.