Mundo das Resenhas
WandaVision – DISNEY+ | O Nascimento de uma lenda. WandaVision – DISNEY+ | O Nascimento de uma lenda.
4.5
******************************NÃO contém spoiler****************************** É inegável a decepção de muitos ao se deparar com uma das personagens mais poderosas dos quadrinhos sendo tratada e retratada... WandaVision – DISNEY+ | O Nascimento de uma lenda.

******************************NÃO contém spoiler******************************

É inegável a decepção de muitos ao se deparar com uma das personagens mais poderosas dos quadrinhos sendo tratada e retratada nos cinemas com limitações que a nerfavam de forma bastante incômoda e porque não dizer inadmissível? Muitos se perguntavam quando chegaria o momento de Wanda Maximoff no MCU. Como trabalhar uma personagem extremamente poderosa e quando ela alançaria seus admiráveis e temidos poderes? Com momentos capazes de saciar uma pequena parcela dos fãs, a jornada de tão amada superheroína foi sendo construída aos poucas, tendo seus traumas, inseguranças e momentos de ira sendo apresentados parcialmente e aparentemente sem pesar a mão e sem deixar evidente o tão frágil psicológico da heroína em questão. Se nos quadrinhos ela foi capaz de sozinhas exterminar todos os mutantes da terra ao pronunciar apenas três palavras, e enfrentar de frente a força Fênix, nos cinemas ela parecia ser apenas mais uma no meio de tantos outros. Mas eis que nos foi anunciado WandaVision, a série que prometia se aprofundar nos traumas e poderes da instável Feiticeira Escarlate, tendo como base um dos melhores arcos da personagem, o tão amado e comentado Dinastia M.

Diferente de tudo que já nos foi apresentado no momento, a série diferentona e com cara de séries dos anos 80/90, com ar de sitcom, vem para suavizar, iniciar de vez a fase 4 da Marvel (na verdade reforçar o que já havia sido iniciado) nos cinemas e começar a mostrar do que nossa querida feiticeira é capaz. Com episódios bastante cômicos e com um início divertido, confuso e lento, a série nos imerge em um clima de cunho psicológico bastante acentuado, com piadas e atuações em certos momentos caricatas, e com diversas referências ao quadrinhos, principalmente no que tange a construação da personagem em si. Os episódios iniciais são interessantes, cumprem o prometido de nos entregar algo diferente do até então visto nos cinemas e nos instiga, nos movendo com cautela e assertismo aos próximos episódios. Em certo momento tanta piada e falta de ação começam a cansar, nos fazendo questionar o objetivo da narrativa que parece não levar a lugar nenhum.

Todavia, os roteiristas e diretores pareciam saber o que estavam fazendo, elevando significativamente o nível dos episódios finais, nos entregando menções que alimentam as teorias dos fãs e que nos animam para o que virá a partir de agora na tão aguardada fase 4. Nos entrega todo o potencial da personagem central? Não. Mas dá um pontapé inicial que empolga e nos deixa no mínimo curiosos. Explora todas as camadas do arco o qual se inspira? Também não. Mas trabalha suas camadas primárias de forma satisfatória. As atuações também estão excelentes e os diversos climas dos episódios se mesclam bem, indo da comédia, pro suspense e pro drama de forma equilibrada e orgânica, fazendo de WandaVision a inovação que o MCU necessitava. Irá agradar a todo mundo? Obviamente que não. Mas inovar é sempre necessário e sem sombras de dúvidas o sucesso do momento se torna desde já uma peça fundamental para os fãs da Marvel  – e também para os telespectadores desavisados – que desejarem entender toda a plenitude do que se constrói a partir da série aqui resenhada. WandaVision nos entrega o nascimento de uma lenda. O surgimento de um poder que muito quero ver ser explorado com afinco nas próximas produções. Que em Doutor Estranho 2: No Multiverso da Loucura nos seja entregue uma Feiticeira Escarlate a ser temida, a ser amada e a ser venerada; tudo que os fãs sempre aclamaram. A hora de Wanda Maximoff parece ter chegada. WandaVision é uma série obrigatória, aqui, agora e sempre!

Você também pode avaliar a obra, vote! .
0 / 5 Avaliações: 0

Your page rank:

Compartilhe
Share

Fernando Lafaiete

O que vocês devem saber sobre mim? Me Chamo Fernando Henrique Lafaiete, mas vocês podem me chamar de China. Apelido este, dado pelos meus melhores amigos. Sou viciado em leitura, sou poliglota, auditor de hotel, professor de inglês, fã de fantasia, fã de livros policiais, fã de YA, fã terror e fã de clássicos. Luto ao máximo contra o preconceito literário que alimenta a conduta dos pseudo-intelectuais e sou fã de animes e qualquer coisa que envolva super-heróis. Amo escrever todo tipo de texto, em especial resenhas. Espero que minhas opiniões sejam de alguma valia para todos que tiverem acesso as mesmas. Sou sempre sincero e me comprometo a dividir minhas opiniões da maneira mais verdadeira possível. Agradeço o convite para fazer parte do grupo de resenhistas do site e que minha presença aqui seja duradoura.

No comments so far.

Be first to leave comment below.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Share
%d blogueiros gostam disto: