Mundo das Resenhas
Amigas para sempre – Série da Netflix inspirada no livro Firefly Lane Amigas para sempre – Série da Netflix inspirada no livro Firefly Lane
4
Direção: Maggie Friedman Roteiro: Maggie Friedman Elenco: Katherine Heigl, Sarah Chalke, Ali Skovbye, Roan Curtis, Ben Lawson Ano: 2021 País: EUA Duração: 1 temporada... Amigas para sempre – Série da Netflix inspirada no livro Firefly Lane

Direção: Maggie Friedman

Roteiro: Maggie Friedman

Elenco: Katherine Heigl, Sarah Chalke, Ali Skovbye, Roan Curtis, Ben Lawson

Ano: 2021

País: EUA

Duração: 1 temporada | Episódios 60min 

Gênero: Drama, Comédia, Romance 

Livro : Amigas para sempre | E-Book

 

A série Amigas para sempre, nome dado a adaptação produzida pela Netflix, teve como inspiração a história de Firefly Lane escrita pela autora Kristin Hannah e logo após seu lançamento tem feito sucesso no catálogo. A comédia dramática trás diversos personagens cheios de personalidade, muitos questionamentos dos problemas da vida contidiana e também situações mais sérias que ocorridas na infância podem desencadear uma série de traumas psicológicos e bloqueios emocionais afentando claramente a vida adulta dos personagens.

No enredo dirigido por Maggie Friedman, que já se fez muito presente no gênero de drama, vamos acompanhar as melhores amigas Tully (Katherine Heigl ) e Kate (Sarah Chalke) desde a adolescência, em 1974, até décadas depois de uma longa e confusa amizade. A série transita entre três linhas temporais de forma muito fluida e simples, para deixar a trama mais explicativa, assim vontando no passada em várias situações para explicar o presente, ou indo para o futuro e voltando para o presente dando alguns indícios do que poderia ter levado aquela determinada cena. É uma ótimo artifício para a série, todavia utilizado em execesso em alguns momentos.

Nessa volta para o passado as personagens são intepretadas por Ali Skovbye (Tully Hart) e Roan Curtis (Kate Young) que estão impecáveis em seus respectivos papéis, mantendo a força da amizade e a característica das personagens alinhadas com suas versões adultas, o que dá certa vivacidade para a série, pois a amizade é construída com intensidade ainda nessa etapa de suas vidas.

O começo de uma longa amizade

Tudo inicia quando Tully se muda com a sua mãe para a pequena cidade, indo morar em uma aréa mais afastada e um pouco rural, a Alameda dos Vagalumes, Firefly Lane em seu nome original da obra escrita. A gatora tem uma personalidade extrovertida, corajosa, confiante e um pouco temperamental, mas ainda assim muito cativante. Tully passa por varias situações complicadas ainda jovem por ter uma mãe que não estava nem um pouco preparada para ser mãe e tinha problemas com alcool e drogas, e ela se vê na necessidade estar controlando o que passa ao seu redor e se mostrar menos vunerável o possível.

Logo somos apresentados a Kate, sua vizinha, de personalidade tímida, simpática, insegura, totalmente amável e sincera. Aparentemente com uma familia muito unida, sua mãe atenciosa, seu pai divertido e seu irmão mais velho. Porém como nunca se julga um livro pela capa, haviam inúmeras situações e dramas acontecendo com todos dentro de sua casa, fazendo com que a Kate senti-se uma estranha com sua própria família durante a adolescência, resultando em uma passividade ainda maior.

Em suas vidas adultas, onde se passa o presente da história, Tully é uma apresentadora de TV fomosa, bem sucedida profissionalmente, mas se mostra solitária em determinos momentos. Ainda solteira e sem filhos, que ela deixa claro não querer, ela se apoia na companhia da amiga e de sua família, porém ao longo da série vemos muitos traços de bloqueio emocional na apresentadora.

Kate por outro lado, se casou após a faculdade e deixou a carreira para se dedicar a maternidade, mas sua vida vira de ponta cabeça quando ela e seu marido começam um processo de divórcio e ela se sente perdida de si mesma dentro do casamento e da maternidade, admirando ainda mais a carreira da amiga. Ambas se espelham muito em aspectos ou na vida da outra, procurando o que falta em si, podendo ser confundido com inveja no início da série.

Considerações finais

O execução do enredo apresenta algumas falhas, como já citada acima, voltar no tempo diversas vezes tornando isso cansativo em certos momentos é uma delas. O plot (reviravolta) apresentado fica forçado demais criando uma dúvida no espectador, e que na realidade não era algo que faria nenhuma diferença dentro da trama e para o suposto acontecimento que realmente é o foco do último episódio, deixado como gancho para a próxima temporada.

Ainda assim a série detém ótimos cenários, figurinos e ambientações dos anos 80 e 90, um roteiro bem costurado em que todos os personagens, mesmo os secundários, são explorados saindo do superficial e está repleta alívios cômicos. A relação de Tully e Kate, juntamente com a atuação incrível que as atrizes desempenharam, conduzem toda a série, assim entramos na jornada emocionante de descoberta e mudanças das melhores amigas.

 

Comprando pelo nosso link Link Amazon você está apoiando o trabalho do Mundo das Resenhas.

 

Você também pode avaliar a obra, vote! .
0 / 5 Avaliações: 0 0

Your page rank:

Compartilhe
Share

Sara Manines

0 0 votos
Article Rating
Inscrever.
Notificação de:
guest

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

0 Comentários
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários
Share
0
Adoraria ver seu comentário ♥x
()
x
%d blogueiros gostam disto: