Título e Capa 5
Escrita / Enredo 5
Originalidade 4
Personagens 4
Final 4

Olá meus amigos, finalmente estou aqui novamente. Dessa vez vou falar sobre umas das series que mais me empolgaram esse ano, ainda mais baseado em um mundo no qual eu vivi, me refiro ao mundo “karateca”. Parece que foi ontem quando eu era um mero aluno de artes marciais que treinava numa sala de aula ..

Summary 4.4 Incrível
Título e Capa 1
Escrita / Enredo 1
Originalidade 1
Personagens 1
Final 1
Summary rating from 1 user's marks. You can set own marks for this article - just click on stars above and press "Accept".
Accept
Summary 1.0 fraco

Cobra Kai-Netflix

Olá meus amigos, finalmente estou aqui novamente.

A rivalidade continua!

Dessa vez vou falar sobre umas das series que mais me empolgaram esse ano, ainda mais baseado em um mundo no qual eu vivi, me refiro ao mundo “karateca”. Parece que foi ontem quando eu era um mero aluno de artes marciais que treinava numa sala de aula todas as segundas, quartas e sextas as sete horas da noite. Como era legal aquele momento emocionante da minha vida. Momento em que finalmente tinha encontrado um esporte no qual não tinha dificuldades em executar nenhum movimento.

O karatê é algo muito importante e que fez ser o que sou hoje, ainda mais quando precisava me defender do bullying na escola. Sem dizer que nos conhecemos melhor como pessoa e descobrindo nossos limites. Ainda mais quando se precisa enfrentar um campeonato de karatê e sabendo dos riscos de se machucar.

Como todo karateca, é claro, que assisti a todos os filmes do karate kid, inclusive o numero 4 e aquele kung fu kid também. Ambos filmes tem suas qualidades e defeitos. Mas agora, fazer o que Cobra Kai fez, garanto que não.

Para começar, a série traz os mesmos atores que conhecemos no passado e, é claro, que somente pelos personagens que eles fizeram. Me refiro a Daniel Larusso e Johnny Lawrence. Protagonistas e antagonistas. Lutaram e se odiaram durando um filme inteiro. Tudo por causa de rivalidades (mulher também kkkk). Confesso que sempre temos um adversário quando se fala em artes marciais. Eu tinha o meu rival e toda vez que estava nos campeonatos o procurava e torcia para cair na mesma chave que ele para tentar finalmente nos enfrentarmos. Claro que no meu caso não aconteceu. Mas agora em Cobra Kai acontece… Rapaz, que série maravilhosa é essa, sei que já disse, mas foi uma excelente série.

O que se passa nessa série?

Basicamente revivemos um passado inteiro de três filmes e todo o impacto que teve o karatê, as derrotas e vitórias na vida deles. Sim, de um lado temos o campeão de vendas automotivas e ex-campeão de karatê, Daniel Sam, do outro o valentão Johnny, que viveu uma vida medíocre e que parou no tempo, de tal maneira que nem tinha interesse em se estabilizar na vida, nem buscar uma “televisão grande” ou mesmo celular novo. Com uma vida tão ruim acabou perdendo a vontade de fazer muitas coisas interessantes.

Então acompanhamos a historia dessas duas figuras, que mesmo depois de anos, ainda vivem uma rivalidade, mesmo que silenciosa por anos e anos. E como no primeiro filme, uma briga entre valentões acaba fazendo um deles, já velho, se tornar um Sensei. Não, não é o “Daniel Sam”, e sim Johnny. Mas não de primeira, mas sim depois de perder tudo que lhe restava, com isso tudo e várias outras coisas que nos deixam muito chateado, o dojo Cobra Kai retorna, mas não para sair batendo em muitos por ai, mas sim para fazer com que os jovens tenham uma vida mais cheia de confiança e para serem mais durões.

Mas aí que que está toda a trama da série, ou seja, como conseguir ser equilibrado num mundo rodeado de gente que não se ajuda; nosso protagonista Johnny encontra a dificuldade para ensinar jovens que ainda estão se descobrindo e sendo moldados. Momentos que em muitas vezes o próprio sensei descobre que um dia já foi como os que começou a ensinar, ou seja, oprimido. Então depois disso vemos mais um conflito na vida de um homem já cheio de problemas e tentando ainda se ajeitar na vida.

Alunos vs Alunos

A série não é só sobre Cobra Kai, mas também sobre Miyagi-Do o estilo do bem. Que ensina o caminho mais tranquilo para resolver as paradas da vida. Só que não é bem assim também, ou seja, temos uma história na qual quem são os que mais aprendem são os adultos de ambos os lados. Com a missão de fazer jovens se tornarem mais fortes e independentes. Mostrando em ambos os lados que a vida é como uma espiral, com momentos baixos e altos. E nisso tudo o equilíbrio é fundamental. Mas aconselho a vocês assistirem a essa maravilha de obra, trazendo nostalgia e diversão.

A produção da série ficou impecável com coreografias totalmente pés nos chão em quesito a lutas e tudo mais. Podemos ver que todos os envolvidos atuaram com todo carinho e dedicação, inclusive Ralph Maccio (Daniel Larusso) e Willian Zabka (Johnny Lawrence) que atuam sendo os mesmos personagens que foram há mais de 30 anos. Isso faz com que a nostalgia seja ainda mais elevada, ainda mais quando retornam na antiga casa do mestre Miyagi e seus carros clássicos antigos. Mas não só eles, mas os novos personagens entregam muito bem o papel que fizeram. E sem dizer também a trilha sonora totalmente anos 80. nos fazendo ficar muito mais animado com o que a série veio nos fazer ver, ou seja, karatê, brigas e rivalidades misturados com mensagens sobre a vida e de equilíbrio mental misturado com nostalgia.

E vocês? Já assistiram? Gostaram? já lutaram alguma vez?

Comentem o que acharam da série!

Nos vemos por aí em algum Dojo Cobra Kai!

Avaliação:

0 / 5 Avaliação: 0
Compartilhe
Share

Related posts

Bom Dia, Verônica. (Netflix)

Bom Dia, Verônica. (Netflix)


Bom Dia, Verônica. (Netflix)

Outro dia estava navegando pela Netlfix depois de ter acordado numa insônia daquelas chatas. E lá estava eu rolando as abas e deslizando pelas menus da plataforma que mais trás séries brasileiras que nos cativam. Então num daqueles clipes antes de cada filme ou série surgiu Bom Dia...

O Diabo de Cada Dia (Netflix) | As nuances do mal em uma boa adaptação.

O Diabo de Cada Dia (Netflix) | As nuances do mal em uma boa adaptação.


O Diabo de Cada Dia (Netflix) | As nuances do mal em uma boa adaptação.

*********************************NÃO contém spoiler****************************** CONFIRA A RESENHA DE O MAL NOSSO DE CADA DIA CLICANDO AQUI *** Roteiro: Antonio Campos & Paulo Campos Direção: Antonio Campos / Produção: Jake Gyllenhaal, Randall Poster, Riva Marker, Max Born / Gênero...

Mulan (Disney +) | Vale U$ 30?

Mulan (Disney +) | Vale U$ 30?


Mulan (Disney +) | Vale U$ 30?

******************************NÃO contém spoiler***************************** Filme: Mulan (Live-Action) Direção: Niki Caro / Gênero: Ação, aventura / Duração: 1h55min Uma mulher corajosa, determinada a proteger a família e sua honra, decidida em se colocar no lugar do pai, entrar em uma...

Deixe um Comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.