Mundo das Resenhas
Crítica do filme Ele é Demais Crítica do filme Ele é Demais
3.5
Olá, pessoal. Hoje vamos falar sobre um filme que acabou de ser lançado na Netflix. Ele é Demais. O filme se trata de um... Crítica do filme Ele é Demais

CRITICA DO FILME ELE É DEMAIS - NETFLIXOlá, pessoal. Hoje vamos falar sobre um filme que acabou de ser lançado na Netflix. Ele é Demais.

O filme se trata de um remake do sucesso dos anos 90/2000 com o nome bem semelhante, Ela é Demais.

No filme original, a trama se passa com um garoto popular no colégio e que resolve fazer uma aposta com os amigos, que ele consegue pegar qualquer garota e transformá-la na rainha do baile de formatura.

Já no remake, somos trazidos à nossa época atual e para o gênero oposto. Uma garota muito popular nas redes sociais, decide fazer uma aposta com as amigas que consegue transformar qualquer fracassado do colégio em no rei do baile.

A TRAMA

Em Ele é Demais, a digital influencer Padgett Sawyer (Adison Rae) acaba descobrindo a traição do seu namorado de longa data, Jordan Van Dranner (Peyton Meyer), que é um aspirante a cantor.

Logo após descobrir a traição, Padgett acaba viralizando nas redes sociais de uma maneira bem ruim e acaba perdendo um grande contrato que tem com uma empresária.

Para tentar recuperar o contrato e os seus seguidores perdidos, ela decide fazer uma aposta com suas amigas: ela diz que consegue pegar qualquer fracassado da escola e transformá-lo no novo rei do baile de formatura.

Mas conforme ela vai conhecendo e se relacionando com Cameron Kweller (Tanner Buchanan) ela começa a mudar seu ponto de vista tanto sobre ele quanto sobre ela mesma.

NOSSA RESENHA

Diferentemente de adaptações de livros para filmes, eu normalmente não consigo falar com vocês fazendo tantas comparações, pois como se trata de tipos totalmente diferentes, eu sempre perdoo os filmes que não conseguem ser fiéis às suas obras, mas quando se trata de um remake de filmes, eu sempre vou comparar.

Me perdoem os jovens que assistiram e amaram o novo filme da Netflix, mas ele não chega nem a se comparar com o Ela é Demais.

Tanto no enredo quanto nas atuações, o filme dos anos 90 é muito superior…

Porém, analisando de forma isolada, esse filme ele foi muito bem produzido e tem uma trama até que boa, principalmente quando se trata de referências ao filme anterior, quanto à referência de uma outra série da Netflix que um dos atores faz parte…

Algo que me chamou muito a atenção, foi que no filme Ela é Demais, a garota  escolhida na aposta era pra transformá-la em uma Linda Mulher. Porém nesse filme, o garoto escolhido para ser o rei do baile, não é feio… Tanto que até mesmo após Cam cantar junto com Padgett na festa, a executiva liga para Padgett e diz que ele é ajeitadinho…

Acredito eu que elas não escolheram ele por ser feio, mas sim por ele ser exatamente o oposto do ex-namorado de Padgett.

Cameron é um excluído na escola, se arruma de uma maneira nada “popular” e não tem nada de redes sociais, até mesmo as fotos que ele tira ficam escondidas no seu quarto escuro.

CONEXÕES ENTRE OS 2 FILMES

Crítica do filme Ele é DemaisSomente para começar, eu consegui ver algumas conexões que fazem o filme Ele é Demais ser uma espécie de continuação do Ela é Demais.

Pois a mãe de Padgett, Ana Sawyer (Rachel Leigh Cook) se trata de ser a mesma atriz que fez o primeiro filme, porém para não mostrar que é uma continuação, eles mudaram o nome dela, que no primeiro filme era Laney Bogs.

Outro ator do primeiro filme também faz parte do segundo filme, Mathew Lillard que, no filme atual, se chama Bosch, mas no filme original era um pouco parecido (Brock Hudson).

A música tema do filme também permaneceu a mesma, porém agora ela foi tocada pela cantora Cyn e também foi usado um remix da música:

Kiss Me – Sixpence None the Richer (Filme Original)

Kiss Me / Kiss Me Remix – Cyn (Filme Atual)

CONSIDERAÇÕES FINAIS

Ela é Demais é um filme que vale a pena ser assistido tanto pelos jovens quanto para os adultos que assistiram ao filme original. Apesar de não ser tão bom quanto.

Pois os jovens que estiverem assistindo no momento e não conhecem o filme original, vão ver um filme que fala muito da realidade atual deles. 

Já para quem é mais velho, com certeza vai ver muitas cenas e o enredo que o farão pensar que estão voltando no tempo.

Já para quem gosta de Cobra Kai e quer ver o Robbie Keene em ação novamente, pode ter certeza que verão referências súteis à série quanto uma luta bem legal no estilo Cobra Kai.

Crítica do filme Ele é DemaisSó pra não esquecer: O final do filme com certeza te deixará com algumas lágrimas nos olhos.

Você também pode avaliar a obra, vote! .
0 / 5 Avaliações: 5 3

Your page rank:

Compartilhe
Share

Wesley

Formado em Letras, fascinado pelos livros de Harlan Coben e também escreveu alguns livros, como Sobrevientes do Apocalipse, A Porta Oculta e Sete Almas

5 1 vote
Article Rating
Inscrever.
Notificação de:
guest

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

0 Comentários
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários
Share
0
Adoraria ver seu comentário ♥x
()
x
%d blogueiros gostam disto: