Mundo das Resenhas
O Massacre da Serra Elétrica: O Retorno de Leatherface | Netflix O Massacre da Serra Elétrica: O Retorno de Leatherface | Netflix
2
*******************************NÃO contém spoiler******************************* O Massacre da Serra Elétrica: O Retorno de Leatherface é uma confusão que não precisaria existir e que não acrescenta em... O Massacre da Serra Elétrica: O Retorno de Leatherface | Netflix

*******************************NÃO contém spoiler*******************************

O Massacre da Serra Elétrica: O Retorno de Leatherface é uma confusão que não precisaria existir e que não acrescenta em nada na franquia. Produzido e vendido como uma continuação “direta” do clássico slasher de 1974, a nova aposta da Netflix em parceria com a Legendary Pictures nos entrega um roteiro bagunçado, repleto de situações estúpidas e personagens cujas motivações são completamente sem sentido.

Desrespeitando os elementos clássicos da franquia, o novo filme se equilibra entre diálogos ruins e cenas absurdas, que questionam a inteligência dos telespectadores, não conseguindo ao menos se sustentar de maneira plausível como um mero filme de terror. O enredo que apresenta um grupo de quatro amigos que decidem abrir um bazar na cidade fantasma em que ocorreu o massacre do primeiro filme, apresenta sequencias de cenas que ora funcionam e remetem aos clássicos do gênero, e ora se perdem em momentos bizarros que tentam criar conecções desconexas.

Personagens que são em sua maioria a personificação da burrice, diálodos rasos, gritaria, correria, muita morte e sangue, já são os aspectos que um bom fã de terror slasher espera e deseja encontrar. Contudo, O Massacre da Serra Elétrica: O Retorno de Leatherface é tão absurdamente ruim, que se perde nas linhas distorcidas do roteiro e acaba se tornando uma piada.

As relações e os cenários onde elas são apresentadas e se desenvolvem, são genéricas. As discussões propostas são desnecessárias quando analisamos o contexto da obra, e o script e seus três atos são mal ajambrados. Tudo parece ter sido jogado de maneira aleatória apenas para montar uma narrativa qualquer.

Em termos de qualidade essa suposta continuação é um terror (na mais sincera analogia). Poucas cenas se salvam, mas que infelizmente não possuem a força necessária na totalidade do longa, e que unidas ao todo se tornam peças perdidas na bagunça do roteiro. O remake de 2003 vale a pena, mas essa “versão” atual é apenas um filme genérico para não se assistir ou para se assistir e esquecer logo em seguida. Mais uma oportunidade perdida que reflete o quanto o mundo cinematográfico está recheado de gente incompetente. Uma pena!

 

[stellar]
Compartilhe
Share

Fernando Lafaiete

O que vocês devem saber sobre mim? Me Chamo Fernando Henrique Lafaiete, mas vocês podem me chamar de China. Apelido este, dado pelos meus melhores amigos. Sou viciado em leitura, sou poliglota, auditor de hotel, professor de inglês, fã de fantasia, fã de livros policiais, fã de YA, fã terror e fã de clássicos. Luto ao máximo contra o preconceito literário que alimenta a conduta dos pseudo-intelectuais e sou fã de animes e qualquer coisa que envolva super-heróis. Amo escrever todo tipo de texto, em especial resenhas. Espero que minhas opiniões sejam de alguma valia para todos que tiverem acesso as mesmas. Sou sempre sincero e me comprometo a dividir minhas opiniões da maneira mais verdadeira possível. Agradeço o convite para fazer parte do grupo de resenhistas do site e que minha presença aqui seja duradoura.

0 0 votos
Article Rating
Inscrever.
Notificação de:
guest

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

0 Comentários
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários
Share
INSCREVA-SE NO NOSSO CANAL DO YOUTUBE, RESENHAS DE LIVROS, FILMES, SÉRIES E ANÁLISES
0
Adoraria ver seu comentário ♥x
()
x
%d blogueiros gostam disto: