Título e Capa 5
Escrita / Enredo 5
Originalidade 4
Personagens 5
Final 5

******************************NÃO contém spoiler***************************** Autores: Garth Ennis e Darick Robertson Editora: Devir Livraria – série: Amazon Prime / Gênero: Drama – Aventura  Inspirada no universo de heróis da DC Comics, The Boys, história criada por Garth Ennis e Darick Robertson vira o universo dos heróis de ponta cabeça e explora camadas pouco vistas nas histórias em ..

Summary 4.8 Incrível
Título e Capa 0
Escrita / Enredo 0
Originalidade 0
Personagens 0
Final 0
Summary rating from user's marks. You can set own marks for this article - just click on stars above and press "Accept".
Accept
Summary 0.0 Ruim

The Boys – Série e HQs (Amazon Prime – 1ª Temporada) – Garth Ennis e Darick Robertson | Alguns heróis precisam de limites.

******************************NÃO contém spoiler*****************************

Autores: Garth Ennis e Darick Robertson

Editora: Devir Livraria – série: Amazon Prime / Gênero: Drama – Aventura 

Inspirada no universo de heróis da DC Comics, The Boys, história criada por Garth Ennis e Darick Robertson vira o universo dos heróis de ponta cabeça e explora camadas pouco vistas nas histórias em quadrinhos de super-heróis. Com muitas críticas e muito erotismo, a narrativa de The Boys navega pela ironia em um mundo onde ser herói é um status desejado e que precisa ser mantido. Através de manipulações midiáticas, os heróis de Ennis forjam salvamentos, vivem de campanhas publicitárias, cometem crimes de todos os tipos e saem impunes; e vivem como celebridades. Ser um herói de fato não é exatamente o objetivo. Com a aclamação de alguns e a revolta de outros, os super-humanos se veem envoltos com traumas de infância, pressões familiares, corrupção, abusos psicológicos e sexuais, e a pressão de se moldarem para fazerem parte de um sistema predatório. Enquanto os super-heróis alimentam suas vaidades e colaboram para a política corrupta da companhia que os gerencia, um grupo de humanos inconformados conhecido como Os Rapazes (*The Boys) liderado por um robusto e violento homem conhecido como Billy Açougueiro, se unem para tentar desvendar os mistérios sobre os poderosos humanos, ao mesmo tempo que passam por processos de luto e autoconhecimento.

Muito elogiada pela crítica, a obra de Ennis e Robertson ganhou em 26 de julho de 2019 uma série na Amazon Prime adaptada por Erik Kripke (composta por 8 episódios de uma hora cada um). Protagonizada por Karl Urban (Billy Açougueiro), Jack Quaid (Hughie Campbell) e Antony Starr (Capitão Pátria), a série se destaca com afinco pelo excelente trabalho realizado tanto nas partes técnicas quanto nas atuações. Apesar das diversas alterações realizadas do material original para o que vemos na série, a essência dos personagens e da trama estão bem presentes e são bem exploradas. Os efeitos especiais são magníficos e a série desenvolve bem os temas propostos pela obra. Não trata-se de uma história com milhares de cenas de ação. Mas sim de uma narrativa onde o que vemos são as consequências das ações dos supostos salvadores da humanidade (seja no sentido físico quanto no sentido psicológico). Algo visto por exemplo no sombrio filme Batman vs Superman… Mas em The Boys com um ritmo mais acelerado e mais dinâmico (Inclusive tem uma cena bem parecida com uma do filme de Zack Snyder, além de diversas outras referências).

A série apresenta bons personagens, bons diálogos e boas cenas de ação. Equilibrando drama com momentos cômicos, a série supracitada realmente hipnotiza pela qualidade entregue. Algumas cenas são pesadas e podem servir como gatilho para algumas pessoas, então já fica o aviso. Contudo, nada se compara com o que temos nas HQs. Se você já viu a série e ficou incomodado (a) com algumas questões, se prepare se pretende ler o material original. Além da narrativa clássica – “The Boys: Os Rapazes” – composta por 72 volumes (até onde tenho conhecimento) e que serve de base para o que vemos na série, também temos histórias complementares como “The Boys  – Os Rapazes: Herogasm” lançada em 2009 e focada na parte erótica e com um fundo político, protagonizada pelo Capitão Pátria. Temos também “The Boys – Os Rapazes: Rapazinho das Montanhas” lançada em 2010 focada em Hughie Campbell e “The Boys – Os Rapazes: Açougueiro, Padeiro, Fabricante de Castiçais”  lançada em 2010 focada no emblemático e polêmico Billy Açougueiro. Indico demais as histórias em quadrinhos, principalmente as complementares. Mergulhamos fundo na mente dos personagens e os entendemos quase que por completo. Nas HQs eles são mais complexos e possuem atitudes que além de incomodarem muito mais, possuem mais peso e chegam a chocar tamanho suas cargas emocionais. Não entrou na minha lista de HQs favoritas, mas é sem sombra de dúvidas uma série excelente para se acompanhar seja nos quadrinhos ou em sua elogiada adaptação. Pesada, reflexiva, chocante e necessária. The Boys mostra o lado sombrio do heroísmo e prova que alguns heróis realmente precisam de limites.

HQs de The Boys (arco principal: 72 volumes – Herogasm: 6 volumes – Rapazinho das Montanhas: 6 volumes – Açougueiro, Padeiro, Fabricante de Castiçais: 6 volumes)

Avaliação:

0 / 5 Avaliação: 0
Compartilhe
Share

Related posts

A ELITE – KIERA CASS

A ELITE - KIERA CASS


A ELITE - KIERA CASS

A Seleção começou com 35 garotas. Agora restam apenas seis e a competição para ganhar o coração do príncipe Maxon está acirrada como nunca. Só uma se casará com o príncipe e será coroada princesa de Illéa. Quanto mais America se aproxima da coroa, mais se sente confusa. Os momentos que passa com...

Mulan (Disney +) | Vale U$ 30?

Mulan (Disney +) | Vale U$ 30?


Mulan (Disney +) | Vale U$ 30?

******************************NÃO contém spoiler***************************** Filme: Mulan (Live-Action) Direção: Niki Caro / Gênero: Ação, aventura / Duração: 1h55min Uma mulher corajosa, determinada a proteger a família e sua honra, decidida em se colocar no lugar do pai, entrar em uma...

Cobra Kai-Netflix

Cobra Kai-Netflix


Cobra Kai-Netflix

Olá meus amigos, finalmente estou aqui novamente. Dessa vez vou falar sobre umas das series que mais me empolgaram esse ano, ainda mais baseado em um mundo no qual eu vivi, me refiro ao mundo "karateca". Parece que foi ontem quando eu era um mero aluno de artes marciais que treinava numa...

Leave a comment

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.