Mundo das Resenhas
A Caça: “Meu EU adolescente teria amado.” A Caça: “Meu EU adolescente teria amado.”
3
******************************NÃO contém spoiler****************************** Autora: M. A. Bennett Editora: Arqueiro / Gênero: Thriller psicológico / Idioma: Português / 240 páginas   Nove Estudantes – Três... A Caça: “Meu EU adolescente teria amado.”

******************************NÃO contém spoiler******************************

Autora: M. A. Bennett

Editora: Arqueiro / Gênero: Thriller psicológico / Idioma: Português / 240 páginas

 

Nove Estudantes – Três jogos sangrentos – Um final de semana mortal

A Caça: "Meu EU adolescente teria amado."O que poderia acontecer de tão assustador em uma escola de alta elite? O que um simples convite esconde? Quando Greer Macdonald entra para S.T.A.G.S, um conceituado colégio interno, ela nunca poderia imaginar que sua vida mudaria; não necessariamente de forma positiva. Com uma escrita simples, M. A. Bennett cria um universo regado de referências pops onde o terror e o suspense caminham lado a lado. Vamos aos poucos ficando curiosos sobre os desdobramentos da narrativa, mesmo que a maioria das revelações que nos são entregues não passem de obviedades atrás de obviedades.

Iniciei a leitura de “A Caça” sem saber praticamente nada da história. Pesquisando de forma despretensiosa, me deparei com a capa que me agradou e isso bastou para que eu começasse a lê-lo. Não possuía grandes expectativas, e mesmo assim o livro conseguiu me decepcionar. Não que ele seja de todo ruim, mas não é mais o tipo de livro que costuma me agradar. Tudo muito juvenil, com referências claras a “Meninas Malvadas” e “A Elite” (adoro ambos), milhares de citações a livros e tantos outros filmes e séries, além de nos ser entregue uma protagonista pra lá de burra e completamente manipulável. (Ficou confuso esse parágrafo? Pode ser. Mas é reflexo da minha opinião confusa sobre este livro).

Os diálogos mesclam entre o sem graça e o tenso, indo de cenas interessantes a cenas que dão sono. Alguns momentos de tensão são bem construídos e conseguiram de fato me prender. Outros me deram tanta preguiça que muitas vezes comecei a me questionar se não seria mais válido se eu abandonasse a leitura e embarcasse em algo mais agradável (algo que fiz apenas uma única vez em toda minha vida como leitor).

O mistério por trás da caça, o misterioso jogo onde poucos possuem a chance de participar; é bacaninha, mas é repleto de cenas absurdas e forçadas em um nível que foi difícil relevar. Com temas como preconceito social, vingança, adaptação ao novo e amizade, a obra de Bennett parece mais como um filme da Sessão da Tarde do início dos anos 2000. É divertido, interessante, óbvio e fraco em seu cerne. Um livro que precisa e deve ser lido como um passatempo e como algo imemorável.

Terminei a leitura nem odiando e nem amando. E no final ainda descobri que “A Caça” é o primeiro volume de aparentemente uma série (ou seria uma trilogia?). Lerei os demais volumes? Talvez. Terminei curioso pra saber o que mais vem por aí. Mas a decepção também ficou. Uma ebulição de pensamentos e questionamentos que ainda estou digerindo.  Entre mistérios e revelações, o mais interessante é provavelmente o mais óbvio de todos. Talvez a caça não seja apenas um mero jogo, mas algo muito mais cruel do que imaginamos.

PS. Os direitos já foram comprados para a produção de um filme ou série. 

 

 

Você também pode avaliar a obra, vote! .
0 / 5 Avaliações: 0 0

Your page rank:

Compartilhe
Share

Fernando Lafaiete

O que vocês devem saber sobre mim? Me Chamo Fernando Henrique Lafaiete, mas vocês podem me chamar de China. Apelido este, dado pelos meus melhores amigos. Sou viciado em leitura, sou poliglota, auditor de hotel, professor de inglês, fã de fantasia, fã de livros policiais, fã de YA, fã terror e fã de clássicos. Luto ao máximo contra o preconceito literário que alimenta a conduta dos pseudo-intelectuais e sou fã de animes e qualquer coisa que envolva super-heróis. Amo escrever todo tipo de texto, em especial resenhas. Espero que minhas opiniões sejam de alguma valia para todos que tiverem acesso as mesmas. Sou sempre sincero e me comprometo a dividir minhas opiniões da maneira mais verdadeira possível. Agradeço o convite para fazer parte do grupo de resenhistas do site e que minha presença aqui seja duradoura.

0 0 votos
Article Rating
Inscrever.
Notificação de:
guest

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

0 Comentários
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários
Share
0
Adoraria ver seu comentário ♥x
()
x
%d blogueiros gostam disto: