Mundo das Resenhas
Batman Ano Um – Frank Miller | Quando a lenda renasceu! Batman Ano Um – Frank Miller | Quando a lenda renasceu!
5
********************************NÃO contém spoiler******************************** CONFIRA A RESENHA DE THE JOKER (CORINGA 1975 – 1976) CLICANDO AQUI *** Autor: Frank Miller / Ilustrador: David Mazzucchelli /... Batman Ano Um – Frank Miller | Quando a lenda renasceu!

********************************NÃO contém spoiler********************************

CONFIRA A RESENHA DE THE JOKER (CORINGA 1975 – 1976) CLICANDO AQUI

***

Autor: Frank Miller / Ilustrador: David Mazzucchelli / Colorista: Richmond Lewis

Editora: Panini / Idioma: Português / 148 páginas

Entre os imensos prédios, entre a criminalidade latente que cresce dia a dia, e entre os diversos elementos sombrios que formam a selva de pedra conhecida como Gothan City, um vigilante mascarado ressurge. Se é fã de quadrinhos, de heróis e super-herós, Já deve ter lido, relido, ou ao menos ouvido falar de Batman – Ano Um, um do grandes clássicos da DC e uma preciosidade criada por nada menos do que o fabuloso quadrinista Frank Miller. Uma obra-prima que merece os elogios que recebeu e que ainda recebe, seja pela crítica especializada ou pelos apreciadores fervorosos do personagem. Uma HQ tão incrível que reentrega o Homem-Morcego de forma impecável, sem distorcer suas principais características e o reafirmando como um dos maiores personagens já criados de todos os tempos.

Criado em 1939 por Bob Kane e Bill Finger, o justiceiro mascarado passou ao longo dos anos a ser encarado por alguns como alguém a ser repaginado, recriado ou reciclado. Para alguns, Batman estava saturado, assim como seus companheiros da famosa tríade dos heróis, Superman e Mulher-Maravilha. Uma visão bastante equivocada, que apesar de suas errôneas afirmações, deram origem em 1986 a narrativa atemporal que dá voz a resenha que aqui escrevo. Uma narrativa envolvente, com personagens tridimensionais, com uma ambientação viva em sua plenitude, com traços e colorizações espetaculares e com um desenvolvimento a ser no mínimo admirado.

Utilizando a mesma base das histórias antecessoras, Miller desenvolve com maestria a origem e primeiros passos de Bruce Wayne como Batman. Toda a dramaticidade e profundidade psicológica dos personagens são bem trabalhadas e exploradas a fundo. Suas relações, motivações, medos e certezas são bem delineadas e vão ganhando maiores proporções com o virar das páginas. Acompanhamos Batman em sua jornada por justiça, interagindo com alguns famosos vilões e encarando de frente toda a corrupção de sua cidade natal. Criando empatia nos leitores e fazendo com que nos apeguemos não somente ao protagonista, como também ao demais personagens que orbitam ao seu redor, Frank Miller se prova como alguém que merece o título que muitos colocam sobre si; o intitulando como o melhor dos melhores.

Parafreaseando uma citação de 1988 de Denny O’Neil, Frank Miller realmente foi a escolha certa para recriar o personagem em Batman – Ano Um. Afinal de contas, quem melhor do ele para trabalhar no alvorecer do herói depois de tê-lo destrinchado em seu crepúsculo na tão magnífica HQ Batman: O Cavaleiros das Trevas? Uma perguntando retórica, que só reafirma a assertividade na escolha de Miller na elaboração do ressurgimento de Bruce Wayne e seu alter ego Batman. Batman – Ano Um é um diamente bruto, lapidado com cuidado ao ponto de se tornar um tesouro a ser venerado por todos. Uma história que se equilibra em todas as suas tonalidades narrativas e que se comprova como mais uma obra que nasceu para sobreviver ao tempo e suas interpéries. Uma narrativa fabulosa por si só, que prova que lendas nunca morrem, mas ressurgem ainda mais fortes do que quando foram.

 

 

Você também pode avaliar a obra, vote! .
0 / 5 Avaliações: 0 0

Your page rank:

Compartilhe
Share

Fernando Lafaiete

O que vocês devem saber sobre mim? Me Chamo Fernando Henrique Lafaiete, mas vocês podem me chamar de China. Apelido este, dado pelos meus melhores amigos. Sou viciado em leitura, sou poliglota, auditor de hotel, professor de inglês, fã de fantasia, fã de livros policiais, fã de YA, fã terror e fã de clássicos. Luto ao máximo contra o preconceito literário que alimenta a conduta dos pseudo-intelectuais e sou fã de animes e qualquer coisa que envolva super-heróis. Amo escrever todo tipo de texto, em especial resenhas. Espero que minhas opiniões sejam de alguma valia para todos que tiverem acesso as mesmas. Sou sempre sincero e me comprometo a dividir minhas opiniões da maneira mais verdadeira possível. Agradeço o convite para fazer parte do grupo de resenhistas do site e que minha presença aqui seja duradoura.

0 0 votos
Article Rating
Inscrever.
Notificação de:
guest

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

0 Comentários
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários
Share
0
Adoraria ver seu comentário ♥x
()
x
%d blogueiros gostam disto: