Título e Capa 3
Escrita / Enredo 4
Originalidade 5
Personagens 4
Final 4

Larry, o Lomax está morto. Não sei o porquê, mas eu me amarro em filmes antigos, e principalmente filmes desconhecidos. Um Morto Muito Louco é um filme muito conhecido, mas somente para as pessoas que viveram na década de 80 e 90, hoje em dia poucos conhecem, pois o filme não passa mais como passava ..

Summary 4.0 Incrível
Título e Capa 0
Escrita / Enredo 0
Originalidade 0
Personagens 0
Final 0
Summary rating from user's marks. You can set own marks for this article - just click on stars above and press "Accept".
Accept
Summary 0.0 Ruim

Crítica – Um Morto Muito Louco [Nostalgia]

Resenha critica - Um Morto Muito Louco - Capa do DVD BlurayLarry, o Lomax está morto.

Não sei o porquê, mas eu me amarro em filmes antigos, e principalmente filmes desconhecidos. Um Morto Muito Louco é um filme muito conhecido, mas somente para as pessoas que viveram na década de 80 e 90, hoje em dia poucos conhecem, pois o filme não passa mais como passava na televisão aberta. Esse filme era nível A Lagoa Azul na sessão da tarde, toda semana tinha que passar… 

O enredo do filme é muito bom, pois mesmo que aconteçam coisas muito loucas, as cenas são engraçadas e imprevisíveis. Então, se nunca assistiram esse filme, melhor você parar por aqui, pois daqui pra frente é código vermelho em relação aos spoilers.

A história se passa com dois amigos que querem subir de cargo na seguradora em que eles trabalham, então, para mostrar trabalho, eles fazem plantões em fins de semana; e em um domingo que eles estão fazendo hora extra, Richard descobre uma fraude nas apólices de seguros. E para eles tentarem subir de posição rapidamente, mostram os documentos que comprovam as fraudes diretamente para seu gerente: Bergie Lomax. Mas o que eles não sabem é: quem fez as fraudes nas apólices de seguro da empresa é o próprio Bergie Lomax, que por ver que Larry (Andrew McCarthy) e Richard (Jonathan Silverman) descobriram seu segredo, convida os dois amigos para um fim de semana em sua casa-de-praia; mas o que os amigos Larry  e Richard  nem desconfiam é que Lomax quer que eles vão até sua casa de praia para matá-los. Só que lomax é assassinado antes de conseguir matar a dupla de funcionários.

Quando os dois amigos chegam à casa de Lomax, descobrem que ele está morto, mas antes que eles acionem a polícia, chegam a casa de praia, muito convidados de uma festa que Lomax ia dar naquele dia. E com medo de que pensem que foi eles quem assassinaram Bergie Lomax, eles decidem fingir que Lomax ainda está vivo.

Tudo isso é apenas o começo de uma comédia muito bem elaborada, tanto que 4 anos depois desse primeiro filme, foi lançado a sequência, que por si só é mais engraçada até que a primeira, mas que tem um enredo ainda mais louco, e ainda mais improvável que o segundo… Só que isso é assunto para outra resenha.

Indico esse filme para todos que gostam de uma comédia de besteirol, que não tem muito sentido, mas que contém suas cenas engraçadas e muito originais. Um fato positivo a ser citado nesse filme é a ausência de pornografia e conteúdos eróticos. Então esse filme pode ser assistido por toda família, apesar de um pouco de conteúdo violento. Pois mesmo nas partes onde há mortes, são partes engraçadas.

Pois a crítica que tenho a dar é essa, assistam a esse belo clássico de comédia e divirtam-se.

Para nos incentivar a continuar a escrever, não esqueçam de comentar sua opinião do filme ou da própria crítica.

Resenha Critica - Filme Um Morto Muito Louco

Confiram oTrailer das Antigas

 

RESENHA CRÍTICA DO FILME UM MORTO MUITO LOUCO 

Compartilhe
Share

Related posts

Starters – Lissa Price: Vale a Pena a leitura? #12

Starters - Lissa Price: Vale a Pena a leitura? #12


Starters - Lissa Price: Vale a Pena a leitura? #12

STARTERS DE LISSA PRICE - FINAL DIGNO DE UM OSCAR Resenha postadas originalmente em: 07 de Janeiro de 2015. Em STARTERS, um míssil esporo varreu todos os cidadãos não vacinados e deixou apenas adolescentes e os muito velhos vivos. Os idosos são chamados de Enders, eles administram...

RESENHA – NASCIDA À MEIA NOITE – C.C. HUNTHER

RESENHA - NASCIDA À MEIA NOITE - C.C. HUNTHER


RESENHA - NASCIDA À MEIA NOITE - C.C. HUNTHER

“Kylie Galen está na pior. Seus pais vão se divorciar, seu namorado acaba de romper com ela e, uma noite depois de ser presa por estar na festa errada, com as pessoas erradas e na hora errada, sua mãe a manda para Shadow Falls -um acampamento para adolescentes problemáticos, localizado numa...

Macunaíma: O retrato cultural de uma nação

Macunaíma: O retrato cultural de uma nação


Macunaíma: O retrato cultural de uma nação

******************************NÃO contém spoiler****************************** Macunaíma: O Herói Sem Nenhum Caráter Autor: Mário de Andrade Editora: Penguin Companhia / Gênero: Clássicos brasileiros / Idioma: Português / 232 páginas Bordão do protagonista: "Ai que...

Leave a comment