Mundo das Resenhas
Estilhaça-me, Tahereh Mafi Estilhaça-me, Tahereh Mafi
Um toque é o bastante. Com apenas um toque, Juliette Ferrars é capaz de fazer um homem adulto se ajoelhar de dor e implorar... Estilhaça-me, Tahereh Mafi

Um toque é o bastante. Com apenas um toque, Juliette Ferrars é capaz de fazer um homem adulto se ajoelhar de dor e implorar por misericórdia. Um único toque de Juliette pode matar. Ninguém sabe por que a garota tem um poder tão impressionante, o qual ela acredita ser uma maldição, um fardo que uma pessoa sozinha seria incapaz de carregar. Contudo, o Restabelecimento enxerga essa característica como um dom e passa a vê-la como uma oportunidade – uma oportunidade de usá-la como arma letal. Porém, Juliette tem seus próprios planos. 

Primeiro livro da série.

A história se passa no futuro, onde a população usufruiu tanto dos recursos naturais da Terra, que não sobrou quase nada. O clima é confuso, os pássaros não cantam mais. Não há comida para todos, não há água suficiente e as pessoas são obrigadas a aceitar as regras e as leis impostas pelo Restabelecimento.

Em meio a esse cenário caótico, vive Juliette Ferrars, uma adolescente intrigante, presa há meses em um hospício onde, além de não ter contato com o mundo de fora, vive em péssimas condições. Passa fome, frio, toma banho quando pode e dorme em uma cama terrível. Embora esteja em um hospício e se considere, muitas vezes, louca, essa não é a única característica curiosa da jovem. Ela tem um dom (se é que podemos chamá-lo assim), com apenas um toque, Juliette pode matar uma pessoa.

“Às vezes acho que a solidão em meu interior vai explodir pela pele e às vezes não sei se chorar ou gritar ou rir durante a histeria vai resolver alguma coisa. Às vezes me pego tão desesperada por tocar por ser tocada por sentir algo que tenho quase certeza de que vou cair de um penhasco em um universo alternativo onde ninguém jamais será capaz de me encontrar”.

Após ficar aprisionada por 264 dias ela recebe um companheiro de cela. A princípio, não se dão bem. O rapaz é arrogante, rouba sua cama e a deixa dormindo no chão. Juliette não responde suas perguntas e nem mesmo fornece seu nome, primeiro, porque ela está com medo dele e de machucá-lo, segundo, porque ela literalmente não é boa em relacionamentos humanos – a garota nunca teve amigos, porque as pessoas a consideram um monstro, ela já matou uma criança acidentalmente e os próprios pais a abandonaram por medo e vergonha do que a filha é.

O que Juliette não sabe é que Adam Kent, seu companheiro, faz parte do Restabelecimento e está ali para avaliar suas faculdades mentais e certificar seus superiores de que ela pode ser recrutada para o Restabelecimento e, assim, ser usada como uma arma.

“— Ando pensando nisso há um bom tempo, mas queria ter certeza de que você não era mesmo psicótica. O isolamento não foi exatamente um bom indicador, embora você tenha se saído muito bem. — Ele abre um sorriso que diz que eu deveria me sentir grata por seu elogio. — Enviei Adam para ficar com você como um último gesto de precaução. Queria ter certeza de que você não era volátil, de que era capaz de realizar interações humanas básicas e de se comunicar. Devo dizer que fiquei bastante satisfeito com os resultados”.

Sendo obrigada a conviver com Warner (o comandante do distrito para onde foi levada), a jovem percebe que o mundo não é nada do que imaginava, afinal, o Restabelecimento vive muito bem, com luxo e comida em abundância, embora seja um sistema amedrontador, onde os soldados, muitas vezes, são punidos com a morte. Ela também descobre habilidades que jamais sonhou possuir e que, se quiser ser livre, terá que enfrentar Warner e fugir.

Estilhaça-me é um livro interessante, com uma proposta inovadora, mas que poderia ter desenvolvido melhor algumas cenas (principalmente porque em boa parte do livro acompanhamos as desculpas da protagonista, que parece sentir pena de si mesma e Adam sendo extremamente irritante).

No geral, a narrativa é leve, há muitas reviravoltas e até conseguimos enxergar uma pequena evolução de Juliette em sua busca por aceitação e descoberta pessoal. Há romance, violência, distopia e muita ação.

[stellar]
Compartilhe
Share

Sthephanie Figueiredo

0 0 votos
Article Rating
Inscrever.
Notificação de:
guest

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

0 Comentários
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários
Share
INSCREVA-SE NO NOSSO CANAL DO YOUTUBE, RESENHAS DE LIVROS, FILMES, SÉRIES E ANÁLISES
0
Adoraria ver seu comentário ♥x
()
x
%d blogueiros gostam disto: