Mundo das Resenhas
Godzilla vs Kong – HBO MAX| Para quem torcer? Godzilla vs Kong – HBO MAX| Para quem torcer?
4
******************************NÃO contém spoiler******************************* Direção: Adam Wingard – Roteiro: Max Borenstein e Eric Pearson Duração: 1h53min Quando dois dos monstros mais famosos do cinema finalmente... Godzilla vs Kong – HBO MAX| Para quem torcer?

******************************NÃO contém spoiler*******************************

Direção: Adam Wingard – Roteiro: Max Borenstein e Eric Pearson

Duração: 1h53min

Quando dois dos monstros mais famosos do cinema finalmente se encontram para uma batalha de nível imensurável e muito mais do que aguardada pelo fãs do monsterverso da Warner Bros., fica difícil – quase impossível – segurar as expectativas. Um filme dessa magnitude não teria e nem poderia decepcionar os fãs em nenhum aspecto, nos entregando algo que fosse a exemplificação exata da perfeição.

Contudo, devo salientar que apesar de ser um filme muito bom, Godzilla vs Kong possui alguns pontos que poderiam ter sido melhores trabalhados. A trama segue a linha narrativa dos filmes anteriores, apresentando algumas referências e reintroduzindo alguns dos personagens já conhecidos das obras anteriores. O que são pontos assertivos para a contextulização do filme e dos telespectadores. Os efeitos especiais são fenomenais, assim como os efeitos sonoros e as cenas de ação (apenas dois momentos me incomodaram por serem cenas um pouco escuras demais). Três pontos que elevam e muito o nível do que nos é entregue e nos prende à narrativa do início ao fim.

Todavia, seguindo o raciocínio do começo do parágrafo anterior, alguns pontos deixam a desejar. Alguns personagens estão no filme sabe-se lá porquê. Alguns trechos e cortes de uma cena para outra servem apenas para preencherem algumas das camadas narrativas, que sinceramente? Me pareceram deslocadas. Alguns diálogos são demais esteriotipados, assim como alguns dos personagens. Em um filme de batalha entre dois monstros colossais e celébres da cultura pop, teria sido muito mais inteligente se alguns momentos humanos tivessem sido cortados. O ressurgimento de alguns dos personagens se prova também ao longo do filme desnecessário. O que me faz ser mais um que defende a quase extinção de humanos nesse tipo de filme. Sobretudo em um onde o que queremos ver são lutas e mais lutas entre as criaturas que dão à obra o seu título. E o que dizer da historiografia a respeito da anscestralidade e relação de Kong e Godzilla? Confesso que fiquei com a sensação que faltou profundidade nesse quesito. O que é apresentado exerce o que precisa exercer dentro da narrativa, colaborando para o caminhar da trama. Mas como fã deste universo queria ter visto um pouco mais.

A direção é bacana e o filme não decepciona no geral, conseguindo manter o nivelamento dos filmes anteriores (Godzilla (2014), Kong: A Ilha da Caveira (2017) e Godzilla: O Rei dos Monstros (2019)). Apesar de algumas coisas muito mal explicadas e alguns momentos absurdos (abstraindo obviamente o fato de se tratar de um filme de monstros gigantes), Godzilla vs Kong cumpre o papel do que ele foi feito para ser. Em síntese, um filme com boas sequencias de ação, um roteiro bacana e um desfecho satisfatório. Não me foi um filme 100%, mas me foi um 90% bem aproveitado que me deixou com o desejo de ver em um futuro próximo, mais deste fabuloso universo em que macacos e lagartos gigantes são reis.

 

Você também pode avaliar a obra, vote! .
0 / 5 Avaliações: 0

Your page rank:

Compartilhe
Share

Fernando Lafaiete

O que vocês devem saber sobre mim? Me Chamo Fernando Henrique Lafaiete, mas vocês podem me chamar de China. Apelido este, dado pelos meus melhores amigos. Sou viciado em leitura, sou poliglota, auditor de hotel, professor de inglês, fã de fantasia, fã de livros policiais, fã de YA, fã terror e fã de clássicos. Luto ao máximo contra o preconceito literário que alimenta a conduta dos pseudo-intelectuais e sou fã de animes e qualquer coisa que envolva super-heróis. Amo escrever todo tipo de texto, em especial resenhas. Espero que minhas opiniões sejam de alguma valia para todos que tiverem acesso as mesmas. Sou sempre sincero e me comprometo a dividir minhas opiniões da maneira mais verdadeira possível. Agradeço o convite para fazer parte do grupo de resenhistas do site e que minha presença aqui seja duradoura.

No comments so far.

Be first to leave comment below.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Share
%d blogueiros gostam disto: