Título e Capa 5
Escrita / Enredo 4
Originalidade 3
Personagens 5
Final 4

******************************NÃO contém spoiler****************************** Como entender a mente dos jovens? Como não se perder em seus dilemas e em suas constantes descobertas e ebulições psicológicas e sexuais? Como lidar com situações muitas vezes constrangedoras em um mundo onde a cobrança externa e pessoal tomam proporções exorbitantes? Em Sex Education, mais um dos inúmeros sucessos da Netflix; ..

Summary 4.2 Incrível
Título e Capa 0
Escrita / Enredo 0
Originalidade 0
Personagens 0
Final 0
Summary rating from user's marks. You can set own marks for this article - just click on stars above and press "Accept".
Accept
Summary 0.0 Ruim

Sex Education: Indecente e sábia?

******************************NÃO contém spoiler******************************

Como entender a mente dos jovens? Como não se perder em seus dilemas e em suas constantes descobertas e ebulições psicológicas e sexuais? Como lidar com situações muitas vezes constrangedoras em um mundo onde a cobrança externa e pessoal tomam proporções exorbitantes? Em Sex Education, mais um dos inúmeros sucessos da Netflix; série britânica criada por Laurie Nunn e que estreou em 11 de Janeiro deste ano, acompanhamos Otis (Asa Butterfield), um jovem desajustado, virgem e filho de uma terapeuta sexual; uma mãe protetora e viciada em relacionamentos casuais. Tendo que lidar com sua fobia ao sexo, o jovem se vê unido a Maeve (Emma Mackey), uma garota de personalidade forte e inteligente que o convence a se tornar o terapeuta sexual da escola. E é aí que todo o humor da série transborda e ganha o protagonismo da trama. Se gosta de American Pie e das inúmeras outras comédias de besteirol americano que existem por aí e que fizeram sucesso nos anos 90 e 2000, Sex Education é para você!

Com um roteiro pra lá de engraçado, vamos sendo apresentados aos personagens de maneira dinâmica onde comédia e drama andam lado a lado e onde cada situação nos diverte, nos faz dar altas gargalhadas e que nos fazem sentir inclusive vergonha alheia. Nos apegamos aos personagens, torcemos por eles e os deciframos ao longo dos episódios. Mas não é só de comédia que vive a criação de Nunn. Temos abordagens como homofobia, feminismo, literatura, Bullying, pressão parental e descobertas sexuais de todos os tipos. Não espere encontrar cenas leves onde situações são apenas mencionadas. Temos cenas de masturbação, sexo oral, e imagens de genitálias masculinas e femininas. Mas nada de forma vulgar e desrespeitosa que nos façam ter vontade de abandonar a série.

Os diálogos são bons e a direção é quase impecável. Alguns cortes de uma cena para outra poderiam ter sido evitados, mas nada disso atrapalha o desenvolvimento da trama ou da obra no geral. Os atores estão a vontade em seus respectivos papéis e a interação entre eles é incrível, o que colabora para a imersão do telespectador, quebrando a visão puramente ficcional. Mas  não é só de elogios que vive a série, afinal de contas, ela é de fato MUITO boa, mas não é perfeita. Falta aprofundamentos em assuntos importantes que são apresentados e trabalhados de forma muito superficial e muitas vezes negligente. Algo que deve e precisa ser mudado na próxima temporada.

A série apresenta personagens marcantes os quais tive vontade de ter como amigos na vida real. Como não adorar Eric (Ncuti Gatwa), o melhor amigo do protagonista que além de negro ainda é homossexual? Como não amar Aimee Gibbs (Aimee Woods), a garota mimada, mas que demonstra por diversas vezes ser uma pessoa de bom coração? Como não amar Jean (Gillian Anderson), a mãe do personagem central, que é protetora, engraçada e muitas vezes sem noção? Sinceramente? Gostei de todos os personagens, dos centrais aos coadjuvantes.

Sex Education é mais uma aposta certeira da Netflix, cuja minha ansiedade só aumenta para o lançamento da segunda temporada. Devo dizer que concordo com a crítica especializada que afirma: “”indecente, sincera e surpreendentemente sábia, Sex Education é uma brincadeira barulhenta através de um grupo de adolescentes cujas desventuras sexuais são tão cuidadosamente pensadas, que os adultos poderiam aprender uma coisa ou duas a partir deles”.

 

Compartilhe
Share

Related posts

Resenha HQ Star Wars – A Ameaça Fantasma

Resenha HQ Star Wars - A Ameaça Fantasma

Muito bem amigos, hoje trago-lhes minha impressão sobre os hqs de Star Wars. Sim, ainda tem espaço no meu coração para Star Wars. E dessa vez vai ser sobre o que achei das histórias em quadrinhos baseados nos filmes, laçado pela Panini Books É lógico que comecei pelo episódio 1, uma obra de...

Top 5 Studio Ghibli

Top 5 Studio Ghibli

Muito bem pessoas que ainda estão na quarentena. Hoje venho falar sobre um estúdio japonês no qual eu gosto muito do trabalho. Principalmente pelo fato de sempre ter uma animação fluida e totalmente diferente dos demais estúdios, e não é a toda que hoje é considerado um dos melhores estúdios de...

Castlevânia 3ª Temporada (NETFLIX)

Castlevânia 3ª Temporada (NETFLIX)

*********************NÃO contém spoiler******************** CONFIRA A CRÍTICA DA 1ª E 2ª TEMPORADAS CLICANDO AQUI *** Depois de duas temporadas muito boas, resolvi finalmente assistir a terceira temporada de Castlevânia na Netflix. Poderia dizer que o nível se manteve e que tal aguardada...

Leave a comment

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.