Mundo das Resenhas
Power (Netflix) | Genérico e aquém do esperado. Power (Netflix) | Genérico e aquém do esperado.
3
******************************NÃO contém spoiler****************************** CONFIRA A CRÍTICA DE THE OLD GUARD CLICANDO AQUI CONFIRA A CRÍTICA DE THE BOYS CLICANDO AQUI *** Filme: Project Power... Power (Netflix) | Genérico e aquém do esperado.

******************************NÃO contém spoiler******************************

CONFIRA A CRÍTICA DE THE OLD GUARD CLICANDO AQUI

CONFIRA A CRÍTICA DE THE BOYS CLICANDO AQUI

***

Filme: Project Power

Roteiro: Mattson Tomlin / Direção: Ariel Schulman e Henry Joost / Gênero: Ação e aventura / Duração: 1h51min

Project Power, divulgado no Brasil apenas como Power, é o mais novo filme de ação da Netflix. Estrelado por Jamie Foxx, a nova aposta da gigante de streaming é na verdade uma grande decepção (pelo menos foi pra mim), apesar de divertir em alguns momentos. Com conceitos muito parecidos com o de The Boys, a aclamada série da Amazon Prime, Power fica muito aquém do que poderia ser. Escrita por Mattson Tomlin e dirigida por Ariel Schulman e Henry Joost, não surpreende em momento algum. A fórmula é a mesma da série da concorrente… um cara durão e determinado a encontrar uma pessoa desaparecida, uma droga que dá superpoderes para quem a consome, pessoas ambiciosas por trás de sua comercialização e super-humanos descontrolados andando pela cidade e precisando ser barrados. Uma premissa interessante que mesmo não sendo inovadora, poderia ter sido melhor aproveitada. O problema ao meu ver, é que faltou uma direção mais audaciosa, uma fotografia mais impactante e efeitos especiais que impressionassem mais. Power possui muitas cenas escuras, um enquadramento de câmera muitas vezes desagradável e cenas de ação muito simples, pouco coreografadas e previsíveis.

Jamie Foxx e os demais personagens que o acompanha em sua insana busca são carismáticos e possuem química. Os diálogos são até que legais e as cenas cômicas funcionam quando são introduzidas. Todavia, as cenas de ação são fracas demais e não empolgam. Ou sofrem cortes abruptos poucos minutos após iniciarem, ou quando duram um pouco mais deixam o desejo de serem incompletas. Pelo elenco e proposta, esperava muito mais deste aguardado lançamento. Alguns dizem que o filme é inovador, só não consigo entender em que sentido. Não consegui enxergar nada que seja de fato uma grande inovação ou que possa ser surpreendente em algum aspecto analítico. Nem assuntos que possam servir de ebulição para debates interessantes e construtivos o filme traz à tona. Enquanto The Old Guard explora assuntos como a importância de aceitarmos a morte e bioética; e The Boys feminismo, abuso psicológico e sexuais, manipulações midiáticas entre tantos outros assuntos, Power fica apenas na superfície do gênero ação e acaba sendo apenas um filme fraco, raso e genérico.

Ainda pode render boas continuações se o universo for melhor estudado, estruturado e desenvolvido. Tem potencial, mas tem muita coisa a ser melhorada. Repleto de problemas e com boas cenas ocasionais, Power pode ser uma boa pedida para quem gosta de narrativas de “super-heróis” e que não espera uma produção no nível dos grandes blockbusters. Um filme mediano, que anda agradando alguns e desagradando tantos outros. Pra mim não passou de um filme decepcionante, que me impossibilitou de enxergar a inovação defendida por alguns. Não foi dessa vez, mas que venha uma continuação e que com ela eu consiga o que tanto desejo: ser surpreendido!

Você também pode avaliar a obra, vote! .
0 / 5 Avaliações: 0

Your page rank:

Compartilhe
Share

Fernando Lafaiete

O que vocês devem saber sobre mim? Me Chamo Fernando Henrique Lafaiete, mas vocês podem me chamar de China. Apelido este, dado pelos meus melhores amigos. Sou viciado em leitura, sou poliglota, auditor de hotel, professor de inglês, fã de fantasia, fã de livros policiais, fã de YA, fã terror e fã de clássicos. Luto ao máximo contra o preconceito literário que alimenta a conduta dos pseudo-intelectuais e sou fã de animes e qualquer coisa que envolva super-heróis. Amo escrever todo tipo de texto, em especial resenhas. Espero que minhas opiniões sejam de alguma valia para todos que tiverem acesso as mesmas. Sou sempre sincero e me comprometo a dividir minhas opiniões da maneira mais verdadeira possível. Agradeço o convite para fazer parte do grupo de resenhistas do site e que minha presença aqui seja duradoura.

No comments so far.

Be first to leave comment below.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Share
%d blogueiros gostam disto: