Mundo das Resenhas
Tocada pelas Sombras, Richelle Mead Tocada pelas Sombras, Richelle Mead
Tocada pelas Sombras, escrito por Richelle Mead – Terceiro livro da série: Academia de Vampiros   Rose Hathaway sabe que é um erro se... Tocada pelas Sombras, Richelle Mead

Tocada pelas Sombras, escrito por Richelle Mead – Terceiro livro da série: Academia de Vampiros

RESENHA Tocada pelas Sombras - Richelle Mead

 

Rose Hathaway sabe que é um erro se apaixonar por um de seus professores. Lissa, sua melhor amiga e última princesa do clã dos Dragomir, deve vir sempre em primeiro lugar. Como sua futura guardiã, Rose precisa protegê-la. Mas, infelizmente, quando se trata de Dimitri Belikov, algumas regras parecem existir apenas para serem quebradas…Neste terceiro volume da série Academia de Vampiros, as emoções estão à flor da pele. Justamente quando Lissa e Rose reencontram seu pior inimigo, Victor Dashkov, a um passo de sair de trás das grades, visões perturbadoras invadem a mente de Rose na figura de um velho amigo, prenunciando algo terrível à espreita da Escola São Vladimir.A tensão ronda o mundo dos vampiros mais do que nunca. Os Moroi estão divididos entre participar das batalhas com as próprias mãos ou deixar seus guardiões à própria sorte. Já os Strigoi desejam vingança pelas mortes causadas por Rose em Spokane. Numa sequência de tirar o fôlego, ela viverá seus piores pesadelos ao ter de escolher entre o amor de sua vida e sua melhor amiga.Será que essa escolha significa que apenas um deles sobreviverá?”Num mundo que parece tão saturado de livros de vampiros, Richelle Mead conseguiu criar um universo inteiro de personagens únicos e cativantes.”

Terceiro livro da série: Academia de Vampiros.

SÉRIE DE LIVROS ACADEMIA DE VAMPIROS

  1. O BEIJO DAS SOMBRAS
  2. AURA NEGRA
  3. TOCADA PELAS SOMBRAS
  4. PROMESSA DE SANGUE
  5. LAÇOS DO ESPÍRITO
  6. ÚLTIMO SACRIFÍCIO

 

  • A resenha pode conter alguns spoilers.

O final de Aura Negra, segundo volume da série, foi do jeitinho que a gente esperava. Muitas reviravoltas, sangue e uma luta épica de Rose Hathaway contra os perversos strigois. Não é preciso dizer que, como toda boa batalha, tivemos perdas terríveis, que impactaram diretamente no emocional de nossa querida dampirinha.

Rose precisa continuar, afinal, os morois vem primeiro e ela não pode deixar sua melhor amiga, Lissa Dragomir, desprotegida, o único problema é que Rose não é mais a mesma. Ela vive em constante estado de alerta, não consegue relaxar e, para piorar, sente uma raiva constante e está vendo o fantasma de Mason.

“Virei-me e atravessei o ginásio furiosa antes que algum deles pudesse responder. Ao fazer isso, me dei conta do quanto estava sendo uma menina mimada e irritante. No entanto, se eles houvessem acabado de ter uma participação involuntária na vida sexual da melhor amiga deles, tivessem visto um fantasma e mal tivessem conseguido dormir, eles também teriam se comportado como meninos mimados”.

Embora Rose esteja brava e paranoica a maior parte do tempo, a narrativa fluida e divertida continua a mesma. Rose ainda tem seu senso de humor cruel, continua implicando com Christian Ozera, mas a amizade com Lissa está sendo constantemente colocada à prova.

Lissa está cada vez mais feliz. Ela parou de se cortar, não tem mais depressão e finalmente está conseguindo “eliminar”seu lado sombrio, mas, a cada vez que melhora, Rose fica pior, fazendo com que Rose se questione sobre os sentimentos da melhor amiga e, por consequência, esconda acontecimentos, como seu relacionamento com Dimitri. O namoro de Lissa com Christian também não ajuda, pois, graças ao laço que compartilham, Rose é arrastada para situações constrangedoras, como quando a amiga tem relações íntimas.

O romance com Dimitri também é algo que se solidifica e, sejamos honestos, os dois personagens exalam química. Além de pensarem igual, há cumplicidade, senso de proteção e aquele desejo reprimido, que nos faz surtar a cada beijo roubado.

“O que nós tínhamos era amor. Nós éramos como duas metades de um inteiro, sempre prontos para apoiar o outro. Nenhum de nós era perfeito, mas isso não importava. Com ele, eu podia vencer essa raiva que me preenchia. Ele acreditava que eu era mais forte do que aquilo. E eu era”.

Tocada pelas Sombras é com certeza mais animado, eletrizante e cheio de descobertas do que Aura Negra. Além de todo o caminho que Rose irá percorrer para descobrir sobre a loucura de Anna e São Vladimir – destino esse que pode ser o seu, ela vai amadurecer muito, aprender cada vez mais sobre sua condição de ter sido beijada pelas sombras e, como sempre, cuidar de Lissa, principalmente com relação ao Espírito.

 

Você também pode avaliar a obra, vote! .
0 / 5 Avaliações: 0 0

Your page rank:

Compartilhe
Share

Sthephanie Figueiredo

0 0 votos
Article Rating
Inscrever.
Notificação de:
guest

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

0 Comentários
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários
Share
0
Adoraria ver seu comentário ♥x
()
x
%d blogueiros gostam disto: